HomeDiagramsDatabaseMapsForumSkyscraper Posters
     
Welcome to the SkyscraperPage Forum

Since 1999, the SkyscraperPage Forum has been one of the most active skyscraper enthusiast communities on the web. The global membership discusses development news and construction activity on projects from around the world, alongside discussions on urban design, architecture, transportation and many other topics. Welcome!

You are currently browsing as a guest. Register with the SkyscraperPage Forum and join this growing community of skyscraper enthusiasts. Registering has benefits such as fewer ads, the ability to post messages, private messaging and more.

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Infraestrutura & Transporte

Reply

 
Thread Tools Display Modes
     
     
  #1  
Old Posted Sep 20, 2011, 9:08 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 7,545
Transporte Terrestre Brasília - Movimentação no setor

Noticias, projetos na área de transporte terrestre na cidade de Brasília e RM
Reply With Quote
     
     
  #2  
Old Posted Sep 22, 2011, 1:50 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 7,545
Governo quer privatizar 5 mil km de estradas até 2014
Autor(es): agência o globo:Mônica Tavares
O Globo - 22/09/2011


BRASÍLIA. O governo quer conceder mais 5 mil quilômetros de rodovias federais à iniciativa privada até 2014. Os editais de licitação de 1.753,5 km já estão sendo analisados pelo Tribunal de Contas da União (TCU). A expectativa do ministro dos Transportes, Paulo Passos, é que até novembro o Tribunal libere os editais da BR-040, com 936,8 km, ligando Brasília a Juiz de Fora (MG), e da BR-116, com 816,7 km entre a divisa de Minas com o Rio até a divisa de Minas com a Bahia. Os leilões poderão ocorrer entre janeiro e fevereiro. Para as obras da BR-040, serão necessários mais de R$1,5 bilhão, e na BR-116, R$3 bilhões.

O diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Bernardo Figueiredo, disse que está sendo estudado qual o melhor modelo para licitar os outros 3 mil km de rodovias que serão complementares às já exploradas pela iniciativa privada. Poderá ser usada a concessão com cobrança de pedágio, como nos outros leilões, ou a concessão administrativa.

O edital de concessão da BR-101, no Espírito Santo, foi lançado ontem pelo Ministério dos Transportes e pela ANTT. O leilão da rodovia de 475,9 km, ligando Mucuruí (BA) à divisa de ES com RJ, será em 17 de novembro na Bovespa. Vence quem oferecer a menor tarifa para as sete praças previstas. A tarifa-teto dos pedágios vai variar entre R$2,22 e R$5,18

Fonte: http://clippingmp.planejamento.gov.b...=Bras%C3%ADlia
Reply With Quote
     
     
  #3  
Old Posted Sep 22, 2011, 1:50 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 7,545
Vamos ver mesmo, se sai do papel essa duplicação.
Reply With Quote
     
     
  #4  
Old Posted Sep 23, 2011, 12:45 PM
Arquivista Arquivista is offline
Registered User
 
Join Date: May 2011
Posts: 25
Deveriam duplicar Brasilia-Uberlândia
Reply With Quote
     
     
  #5  
Old Posted Sep 23, 2011, 2:42 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 7,545
Quote:
Originally Posted by Arquivista View Post
Deveriam duplicar Brasilia-Uberlândia
Ele vão duplicar de Catalão a Uberlândia e não a outra pista. Pois, por Catalão se pode acessar em pista duplicada desde Catalão até Brasília, via Goiânia e Anápolis.
Reply With Quote
     
     
  #6  
Old Posted Sep 23, 2011, 2:44 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 7,545
Faixa da EPNB e da BR-020 será usada só por coletivos em horários de pico

Adriana Bernardes

Publicação: 23/09/2011 07:03 Atualização: 23/09/2011 07:11

Nos próximos 120 dias, cerca de 70 mil usuários do transporte público do Distrito Federal ficarão menos tempo dentro dos ônibus. A partir de novembro, uma das faixas de rolamento da Estrada Parque Núcleo Bandeirante (EPNB) será usada prioritariamente pelos coletivos em horários de pico. E, em janeiro do ano que vem, o mesmo ocorrerá na BR-020, no trecho entre Sobradinho e a Ponte do Bragueto, acesso ao Lago Norte. Com a medida, o governo espera tornar o transporte público mais atrativo em comparação com o carro. As intervenções serão mínimas, e os recursos estão garantidos. O serviço será executado pelos servidores do GDF, o que dispensa a necessidade de licitação.

Nos dois trechos, o governo vai colocar tachas no asfalto para isolar a pista. A sinalização horizontal e vertical vai alertar os demais condutores que a prioridade de tráfego naquela faixa de rolamento é dos ônibus. As baias serão ampliadas, e os estudos, em fase de conclusão, vão definir em quais momentos haverá restrição para os demais carros. A princípio, ela ocorrerá sempre nos horários de maior fluxo. “A intenção é garantir uma via livre para os coletivos nos períodos de maior demanda. Vamos investir em campanhas educativas e na orientação dos motoristas. Mas também vamos fazer a fiscalização ostensiva e, posteriormente, instalaremos radares para multar quem desobedecer a restrição”, adianta o secretário de Transportes, José Walter Vazquez Filho.

O corredor prioritário da EPNB terá início embaixo do viaduto do Pistão Sul de Taguatinga. Abrangirá ainda um trecho da Estrada Parque Indústria e Abastecimento (Epia) — na altura do Setor de Postos e Motéis —, seguirá pela Estrada Parque Guará (EPGU) e terminará um pouco depois do Zoológico de Brasília. A partir de lá, os ônibus avançarão pela W3 Sul, L2 Sul, Eixo Rodoviário Sul e Avenida das Nações. Ao todo, o percurso terá 12km. A expectativa é de que o tempo de viagem seja reduzido em 20 minutos por dia — 10 minutos na ida e 10 minutos na volta.

A mudança deverá beneficiar cerca de 40 mil usuários. Inclui moradores de Taguatinga, de Samambaia, do Riacho Fundo 1 e 2, do Núcleo Bandeirante, de Arniqueiras, Águas Claras, Santa Maria, do Gama e de parte do Entorno. Moradora do Riacho Fundo 2, a esteticista Alzira Ferreira de Matos, 30 anos, se animou com a possibilidade de gastar menos tempo dentro do ônibus. “Se isso não ficar só na promessa, pode ser muito bom. Mas sabe o que realmente mudaria a vida da gente? Ônibus novos, limpos e pontuais. Isso, sim, é um sonho”, pontua.


Mudanças a partir do Viaduto da EPNB: a previsão é de que o governo instale no local tachas no asfalto para isolar a pista aos ônibus

Gargalo

As mesmas intervenções serão executadas na BR-020, entre Sobradinho e a Ponte do Bragueto, num total de cerca de 13km. A expectativa é que 30 mil usuários sejam beneficiados pela mudança. Além dos moradores de Sobradinho 2, dos condomínios, do Lago Oeste e da Fercal, quem vive na região de Planaltina sentirá a diferença. O tempo de redução da viagem ainda não foi calculado. A segunda etapa do projeto será na BR-020 e vai começar em 60 dias, logo após o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) concluir a obra de recapeamento.

Segundo Vazquez, esses dois locais foram escolhidos por serem considerados críticos. “A prioridade para os ônibus vai aliviar um pouco o gargalo de hoje até que o Veículo Leve sobre Pneus seja concluído. Para a Saída Sul e a continuação da EPTG, teremos recursos do PAC da Mobilidade. As obras da Saída Norte serão iniciadas apenas em 2015. Por isso, escolhemos esses dois locais para atender a uma demanda imediata até que os grandes projetos fiquem prontos”, destaca Vazquez. O projeto é elaborado pela Secretaria de Transportes, em parceria com o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), o Departamento de Trânsito (Detran) e o Transporte Urbano do DF (DFTrans).

Ao saber dos planos do governo, a auxiliar de escritório Lúcia Maria Montes, 45 anos, mostrou-se descrente. “Não acredito que isso vai mudar muita coisa. O que precisamos é de mais ônibus. Vamos esperar para ver como isso vai funcionar na prática. Quero me surpreender”, conta.

Na opinião de José Leles de Souza, presidente do Instituto de Certificação e Estudos de Trânsito e doutor em engenharia de transportes, qualquer medida que dê prioridade ao transporte de massa ajuda a melhorar o serviço. No caso específico do DF, ele avalia que os corredores prioritários anunciados pela Secretaria de Transportes são medidas paliativas e não resolverão os inúmeros problemas do sistema. “Esse pode ser o início de uma política de prioridade do transporte coletivo de passageiros. Mas resultados efetivos só vão aparecer se eles forem expandidos para toda a cidade”, adverte.

Alternativa
Em 26 de agosto do ano passado, o governador Agnelo Queiroz lançou o projeto do VLP. Ele prevê a construção de corredores exclusivos para ônibus em 42km de extensão no Eixo Sul de Brasília, ligando Santa Maria, Gama, ParkWay e Entorno Sul ao Plano Piloto por uma via específica para coletivos. O sistema atenderá 600 mil passageiros diariamente e 20 mil por hora em horários de pico. Haverá integração com o metrô.

Fonte: http://www.correiobraziliense.com.br...-de-pico.shtml
Reply With Quote
     
     
  #7  
Old Posted Sep 24, 2011, 1:30 PM
GMF's Avatar
GMF GMF is offline
Registered User
 
Join Date: Jun 2011
Posts: 132
ESTRADA QUADRUPLICADA

Após o conflituoso julgamento pelo plenário da Câmara dos Deputados, Jaqueline Roriz quer retomar a rotina parlamentar e levantar temas de trabalho. Acha que é necessário enfrentar a saturação do trecho da BR-040 entre Brasília e Cristalina, em Goiás. Quer a construção de uma nova rodovia ou a quadruplicacão do atual trecho, totalmente saturado.

OPÇÃO PARA O AEROPORTO JK

Não é só. Jaqueline quer também que o aeroporto de Luziânia seja ampliado e se transforme em alternativa ao Aeroporto Juscelino Kubitschek de Brasília, também saturado. "Sei que as autoridades aeroviárias já estudam essa possibilidade, mas é fundamental que isso ocorra logo", disse. Para Jaqueline, com o Aeroporto de Luziânia e uma via expressa ligando-o diretamente a Brasília, haveria condições de firmá-lo, a curto prazo, como opção. Estaria para a capital como Viracopos está para São Paulo.

FONTE: http://www.linearclipping.com.br/fec...codnot=1909318
Reply With Quote
     
     
  #8  
Old Posted Sep 24, 2011, 1:31 PM
GMF's Avatar
GMF GMF is offline
Registered User
 
Join Date: Jun 2011
Posts: 132

Senti um forte viés eleitoreiro, mas tudo bem.
Reply With Quote
     
     
  #9  
Old Posted Sep 24, 2011, 4:04 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 7,545
Quote:
Originally Posted by GMF View Post
ESTRADA QUADRUPLICADA

Após o conflituoso julgamento pelo plenário da Câmara dos Deputados, Jaqueline Roriz quer retomar a rotina parlamentar e levantar temas de trabalho. Acha que é necessário enfrentar a saturação do trecho da BR-040 entre Brasília e Cristalina, em Goiás. Quer a construção de uma nova rodovia ou a quadruplicacão do atual trecho, totalmente saturado.

OPÇÃO PARA O AEROPORTO JK

Não é só. Jaqueline quer também que o aeroporto de Luziânia seja ampliado e se transforme em alternativa ao Aeroporto Juscelino Kubitschek de Brasília, também saturado. "Sei que as autoridades aeroviárias já estudam essa possibilidade, mas é fundamental que isso ocorra logo", disse. Para Jaqueline, com o Aeroporto de Luziânia e uma via expressa ligando-o diretamente a Brasília, haveria condições de firmá-lo, a curto prazo, como opção. Estaria para a capital como Viracopos está para São Paulo.

FONTE: http://www.linearclipping.com.br/fec...codnot=1909318
Dois pontos, acho que a senhora roriz está voando. Primeiro. a BR 040 vai ser duplicada e pedagiada. Então vão duplicar de Luziânia até Sete Lagoas.

Outro ponto, vir querer criar um aeroporto em Luziânia, CURRAL ELEITORAL de RORIZ. Se já existe um projeto PRONTO e em vias de começar a obra. Então ela deve estar dopada com lexotan e gardenal.
Reply With Quote
     
     
  #10  
Old Posted Sep 24, 2011, 4:05 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 7,545
Quote:
Originally Posted by GMF View Post

Senti um forte viés eleitoreiro, mas tudo bem.
Só você sentiu? Todos os projetos que ela propos, já estão em implementação. Agora se ela tivesse a inteligência de se criar outra rota de ligação entre Brasília e Goiânia tendo Luziânia como passagem, até seria sensato.
Reply With Quote
     
     
  #11  
Old Posted Sep 24, 2011, 4:48 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 7,545
Na verdade o que se precisa fazer, só no trecho entre a Santa Maria-DF e Luziania-GO é a construção de vias marginais com uma faixa no canteiro central exclusiva para ônibus. Isso se resolveria grande parte dos problemas na região de trafego.
Reply With Quote
     
     
  #12  
Old Posted Sep 26, 2011, 1:53 AM
HLbsb's Avatar
HLbsb HLbsb is offline
Registered User
 
Join Date: Sep 2011
Posts: 378
Quote:
Originally Posted by GMF View Post

Senti um forte viés eleitoreiro, mas tudo bem.


Há alguns anos o papai dela comprou uns 10km da margem da pista (fazenda) que liga esse aeroporto a barragem de corumbá. No começo desse ano o Perilo teve reuniões com empresários na região procurando um terreno para construir outro aeroporto, mas aparentemente a coisa não aconteceu, ou não seria viabilizada no prazo desejado por ele (2014). (Obs.: O Perilo quer terminar de enterrar o Rorô)

O Roriz não vai conseguir sair candidato ano que vem, mas isso nem é problema para as pretenções economicas presentes. Já há algum tempo existe o plano de viabilizar economicamente o aeroporto de Luziania, mas melhorar o acesso, lobby pretendido pela filhinha que será processada, é apenas uma questão secundária frente à distância e estrutura bem limitada do aeroporto.

Alem disso, dentro do DF existem muitos terrenos muito mais adequados. Seria até interessante um aeroporto no entorno, mas não em Luziânia... Na verdade, é digno de rir dessa menina, sem o menor traquejo político, ser responsável pelos interesses do velho.
Reply With Quote
     
     
  #13  
Old Posted Sep 26, 2011, 4:45 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 7,545
Eu li que o GDF vai enfim terminar a duplicação da DF 025, ou estrada parque dom bosco. Até nas proximidades da barragem do Paranoá. Eu quero saber, como o GDF vai duplicar a pista em cima da barragem.... Esqueceram, tombaram até a barragem do Paranoá...
Reply With Quote
     
     
  #14  
Old Posted Sep 26, 2011, 4:49 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 6,309
Esse negócio de tombamento em todo lugar já está atrazando a cidade
Reply With Quote
     
     
  #15  
Old Posted Sep 26, 2011, 5:53 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 7,545
Quote:
Originally Posted by MAMUTE View Post
Esse negócio de tombamento em todo lugar já está atrazando a cidade
Sabe o que eu li esses dias. Eles alegaram que tombaram a cidade para cumprir o que Lúcio Costa alegou a 50 anos atrás que a Capital Federal não fora feita para ser METROPOLE.

Cite qual CAPITAL FEDERAL em outros países que não se tornaram METROPOLES?
Reply With Quote
     
     
  #16  
Old Posted Sep 26, 2011, 7:46 PM
HLbsb's Avatar
HLbsb HLbsb is offline
Registered User
 
Join Date: Sep 2011
Posts: 378
O trem agora sai?

Governador Agnelo negocia implantação do trem entre DF e Entorno. Integração será no Guará. Projeto básico começa a ser feito


A criação de uma linha de passageiros entre o DF e o entorno, no sentido Luziânia, está cada vez mais próxima de ser concretizada. O governador Agnelo Queiroz esteve nesta segunda-feira, 19 de setembro, com o ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, para discutir a implantação de trens na região. No encontro foram avaliadas as possibilidades de estudos sobre o transporte interestadual, como a construção de BRTs (Bus Rapid Transit, ou ônibus de trânsito rápido).

O secretário de Transporte, José Walter Vazquez, lembrou na reunião que as obras terão um impacto grande no sistema urbano de Brasília, mas que a competência para legislar e fazer estudos sobre o transporte interestadual é do governo federal.

“Por isso estamos fazendo convênios. Para o trem, serão R$ 900 mil do GDF e mais R$ 3,9 milhões do governo federal. A partir daí teremos um projeto básico para a licitação”, adiantou. O projeto faz parte do Plano de Aceleração do Crescimento do Entorno e há a previsão de estações de integração no metrô do Guará e no terminal da Rodoferroviária”.


Guará como integração

O projeto elaborado pelo Ministério dos Transportes há cinco anos (publicado pelo Jornal do Guará na época) prevê extensão da rede até Luziânia, passando por Santa Maria e Valparaiso. De acordo com o projeto, a rede ferroviária seria integrada ao metrô na altura do Guará, na colônia Águas Claras, onde seria construida uma estação própria. Mas o ponto final continuaria sendo a Rodoferroviária, que seria reformada para continuar recebendo passageiros.

De acordo com o governador Agnelo Queiroz, a ideia é que, no futuro, o trem vá até Goiânia e Anápolis, interligando o DF ao Entorno e aos estados mais próximos. Isso vai desenvolver economicamente o Distrito Federal e melhorar o transporte público dessas regiões.



Apenas com a implementação do primeiro trecho do trem, mais de 30 mil passageiros seriam beneficiados, segundo estimativas de técnicos do Ministério dos Transportes. A proposta surgiu há cinco anos, quando o Governo Lula anunciou a disposição de investir na implantação e recuperação do sistema ferroviário nacional. Na época, a proposta não interessou muito ao então Governo Arruda, que apenas a recebeu sem dar continuidade aos estudos.


Demanda

Quando começou a elaborar os estudos, o Ministério dos Transportes iniciou um processo de consulta pública sobre a revitalização do transporte ferroviário e recebeu as sugestões sobre a linha no DF. Essa linha seria parte do Programa de Resgate do Transporte Ferroviário de Passageiros, do Governo Federal.

Na proposta, o então diretor do Departamento de Transporte Ferroviário do Ministério dos Transportes, Afonso Carneiro Filho,afirmava que o custo de implantação da linha seria pequeno em relação a outros investimentos no setor ferroviário.

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) fará uma atualização do projeto para verificar o que precisa ser adequado ao transporte de passageiros. Segundo o diretor de Infraestrutura Ferroviária do órgão, Geraldo Lourenço, o ideal é que seja construida uma linha paralela à existente. “Até que a duplicação seja feita, trens de carga e de passageiros dividirão os trilhos”, explica.

Como o mais difícil e dispendioso é a construção das ferrovias, a aprovação dos projetos do DF seria a parte mais fácil. De acordo com os planos da União, a verba pública federal será utilizada apenas para a reativação do setor. A operação do sistema ficará a cargo ou da iniciativa privada ou dos governos locais. Como contrapartida, os estados recuperariam o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e a iniciativa privada seria beneficiada pela Lei Rouanet nos casos de trens de passeio e poderiam usar a carroceria para publicidade.

A implantação, entretanto, teria que ser negociada com a empresa Centro-Atlântica, que adquiriu o direito de explorar a linha, que foi privatizada em 2003.

Se aproveitar os trilhos existentes – parte da linha é utilizada no transporte de cargas, – o governo investiria apenas na construção de estações e na reforma dos vagões abandonados num depósito em São Paulo desde 1994, quando a linha foi desativada. O valor estimado pelos técnicos do Ministério dos Transporte é que esse custo ficaria em torno de R$ 15 a R$ 20 milhões.

Fonte: Jornal do Guará
Reply With Quote
     
     
  #17  
Old Posted Sep 26, 2011, 7:53 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 7,545
Eu não sei se seria viavel isso. Pois os 2 trechos são distintos.

Um tem intenção de fácil acesso a região metropolitana. Enquanto a outra, é acesso a duas regiões metropolitanas.

Enquanto o trecho Brasília-Luziânia teria uma movimentação de trens com regularidade superior do que a do trecho Brasília-Goiânia.
Reply With Quote
     
     
  #18  
Old Posted Sep 26, 2011, 10:41 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 6,309
Vou aguardar a definição dessa História, mas acho que o projeto é muito bom, se bem projetado...
Reply With Quote
     
     
  #19  
Old Posted Sep 26, 2011, 11:39 PM
HLbsb's Avatar
HLbsb HLbsb is offline
Registered User
 
Join Date: Sep 2011
Posts: 378
Quote:
Originally Posted by pesquisadorbrazil View Post
Eu não sei se seria viavel isso. Pois os 2 trechos são distintos.

Um tem intenção de fácil acesso a região metropolitana. Enquanto a outra, é acesso a duas regiões metropolitanas.

Enquanto o trecho Brasília-Luziânia teria uma movimentação de trens com regularidade superior do que a do trecho Brasília-Goiânia.
^^

Concordo! A ligação Brasília-Anápolis-Goiânia deve ser com um trêm de velocidade expressiva e sem muitas paradas (alem dessas cidades talvez o outlet premium), que substitua boa parte do movimento da BR-060.

Esse que está sendo discutido é transporte intrametropolitano. Não vejo como os dois projetos se fundirem...
Reply With Quote
     
     
  #20  
Old Posted Sep 26, 2011, 11:59 PM
Espartano_bsb Espartano_bsb is offline
Registered User
 
Join Date: May 2011
Posts: 377
Deve ter gente ganhando dinheiro com essa história de trem do entorno... Só pode!
Reply With Quote
     
     
This discussion thread continues

Use the page links to the lower-right to go to the next page for additional posts
   
Reply

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Infraestrutura & Transporte
Forum Jump


Thread Tools
Display Modes

Forum Jump


All times are GMT. The time now is 6:27 PM.

     

Powered by vBulletin® Version 3.8.7
Copyright ©2000 - 2014, vBulletin Solutions, Inc.