HomeDiagramsDatabaseMapsForumSkyscraper Posters
     
Welcome to the SkyscraperPage Forum

Since 1999, the SkyscraperPage Forum has been one of the most active skyscraper enthusiast communities on the web. The global membership discusses development news and construction activity on projects from around the world, alongside discussions on urban design, architecture, transportation and many other topics. Welcome!

You are currently browsing as a guest. Register with the SkyscraperPage Forum and join this growing community of skyscraper enthusiasts. Registering has benefits such as fewer ads, the ability to post messages, private messaging and more.

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Notícias do Brasil - Imprensa Nacional

Reply

 
Thread Tools Display Modes
     
     
  #61  
Old Posted Oct 12, 2011, 12:22 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 6,627
TST determina fim da greve dos Correios a partir de quinta-feira


O Tribunal Superior do Trabalho (TST) determinou que os funcionários dos Correios retornem ao trabalho a partir da 0h desta quinta-feira (11/10), sob pena de multa diária de R$ 50 mil. Parados desde 13 de setembro, os sindicatos da categoria se recusaram a aceitar as diversas propostas da Empresa de Correios e Telégrafos (ECT) por não concordarem com o desconto no pagamento dos dias parados. Pela decisão do tribunal, contudo, sete dos 28 dias sem trabalhar serão abatidos dos vencimentos. Os demais 21 dias terão de ser compensados com trabalho extra aos fins de semana, a começar pelo próximo. A estimativa é que 185 milhões de correspondências deixaram de ser entregues e a estatal calcula que o serviço levará sete dias para ser normalizado.

O dissídio estabelece um reajuste de 6,87% a partir de agosto — mês que corresponde à data base da categoria — e aumento linear de R$ 80 a partir de outubro. Além disso, haverá aumento do vale refeição de R$ 23 para R$ 25 por dia, vale extra de R$ 563,50 e um vale cesta básica de R$ 140. Dessa forma, o TST manteve os pontos que haviam sido acordados entre a estatal e a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares (Fentect) em audiência realizada no último dia 4, mas que foi desautorizada nas assembleias levadas aos sindicatos. Outra tentativa de conciliação intermediada pelo TST ocorreu dia 7, mas dessa vez não houve consenso o que levou ao dissídio julgado ontem.

"Não identifiquei, entre as 6,6 mil páginas dos autos, provas de que a greve tenha tido ações abusivas por parte dos trabalhadores", declarou o relator do dissídio, ministro Maurício Godinho, que votou pela compensação de todos os dias, sem nenhum desconto. Já o presidente do TST, ministro João Oreste Delazen, votou pelo desconto de todos os 28 dias. "Houve falta de razoabilidade dos sindicatos. A solução poderia ter sido alcançada nas diversas propostas feitas pelos Correios, mas pessoas infiltradas usaram a categoria como massa de manobra para fins políticos", declarou. "O movimento sindical está podre. Se lhes foi dado o direito de greve, que o façam com seriedade", emendou o ministro Barros Levenhagen, que acompanhou o voto de Delazen. Devido à divisão de interpretações entre os ministros, a decisão considerou um termo médio, com o desconto de parte dos dias parados e compensação dos demais.











http://www.correiobraziliense.com.br...ta-feira.shtml
Reply With Quote
     
     
  #62  
Old Posted Oct 12, 2011, 12:24 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 6,627
Lei sobre desoneração de tablets é sancionada e preço deve cair 30%


A presidente Dilma Rousseff sancionou nesta terça-feira (11/10) a lei que concede isenção de PIS e Cofins na venda a varejo de tablets fabricados no Brasil. A intenção é reduzir em mais de 30% o preço final do produto ao consumidor. A lei entra em vigor a partir de quinta-feira (13/10).

Por esta lei, os tablets são definidos como "máquinas automáticas de processamento de dados, portáteis, sem teclado, que tenham uma unidade central de processamento com entrada e saída de dados por meio de uma tela sensível ao toque de área superior a 140 cm² e inferior a 600 cm² e que não possuam função de comando remoto".

O texto foi enviado ao Congresso Nacional por meio de medida provisória, assinada pela presidente no final de maio, e sofreu algumas modificações.
















http://www.correiobraziliense.com.br...-cair-30.shtml
Reply With Quote
     
     
  #63  
Old Posted Oct 12, 2011, 12:49 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 6,627
Aquisição da Schincariol pela Kirin é aprovada pelo TJ


O Tribunal de Justiça negou pedido de parte dos acionistas e permitiu a venda da cervejaria para os japoneses


A japonesa Kirin agora pode colocar as mãos na Schincariol. A compra da cervejaria brasileira foi aprovada hoje pela Câmara Reservada de Direito Empresarial do Tribunal de Justiça de São Paulo. Os juízes entenderam que a venda ocorreu de maneira correta e respeitando os acionistas.

Anunciada no início de agosto, a venda de 50,45% da segunda maior cervejaria brasileira para a Kirin, foi fechada por um valor de R$ 3,95 bilhões, à vista, quantia bem acima de outra proposta feita pela SABMiller, de R$ 2 bilhões. Mas uma liminar concedida pela 1ª Vara Cível de Itu, no interior de São Paulo, determinou a suspensão do negócio.




Schincariol: decisão de hoje coloca cervejaria nas mãos dos japoneses


A liminar foi pedida pela Jadangil, empresa formada pelos irmãos José Augusto, Daniela e Gilberto Júnior, donos de 49,55% das ações da empresa e primos dos irmãos Adriano e Alexandre Schincariol, sócios majoritários que fecharam a venda com os japoneses. Os sócios contrários pediram a suspensão do negócios alegando que não tinham sido consultados sobre a negociação. E, como acionistas, teriam preferência na compra do controle da companhia.

Analisando os documentos, os juízes entenderam que os sócios vinham sendo informados da intenção de vender a empresa desde dezembro de 2010 e, por isso, aprovaram o negócio.

A decisão ainda cabe recurso, mas de acordo com fontes ouvidas por Época NEGÓCIOS, pelas características do processo e pelo placar da decisão (3 votos a zero), as chances de haver uma revisão são praticamente nulas.

Schincariol: minoritários vão recorrer de decisão do TJ

Os advogados da Jadangil, que reúne os acionistas minoritários da Schincariol, divulgaram comunicado no qual afirmam que já trabalham em um recurso contra a decisão da Câmara Reservada de Direito Empresarial do Tribunal de Justiça de São Paulo.

"Diante do surpreendente julgamento, a defesa dos minoritários informa que já elabora recurso contra a decisão". "A Câmara Reservada de Direito Empresarial admitiu que a venda das ações da Schincariol violou o direito de preferência dos acionistas minoritários mas, ao mesmo tempo, decidiu que, como a compradora já fez o depósito relativo à compra, por 'razoabilidade', o negócio irregular deve ser tocado em frente 'para não prejudicar a empresa', acrescentam os advogados.















http://epocanegocios.globo.com/Revis...A+PELO+TJ.html
Reply With Quote
     
     
  #64  
Old Posted Oct 12, 2011, 2:38 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 6,627
Filiada da Globo, RBS pode comprar portal iG




O presidente do iG, Pedro Ripper: “Estamos conversando com a RBS e mais dois ou três players



O grupo RBS, filiada da rede Globo no sul do país, pode comprar o portal iG, controlado pela Oi, disse o site Meio & Mensagem, nesta terça-feira.


De acordo com o site, existe um leilão em andamento para que a venda do portal de notícias seja efetivada. Além do RBS, há outras companhias interessadas em comprar o iG. No entanto, o grupo sulista é o mais cotado para adquirir o portal.

Pedro Ripper, presidente do iG, negou ao M&M que o portal esteja à venda, mas não descartou que existem várias conversas em andamento com o grupo RBS e outras empresas de mídia.


“Estamos conversando com a RBS e mais dois ou três players. São parcerias que fazem sentido e podem ser para canais (de conteúdo) ou para publicidade”, afirmou o executivo ao M&M.


Em 2008, a RBS comprou 90% da participação dos sites de entretenimento Guia da Semana e ObaOba.


Atualizada às 17h10:


Procurado, o grupo RBS, por meio de sua assessoria de imprensa, afirmou que não tem planos para comprar o iG.





http://info.abril.com.br/noticias/me...1102011-34.shl
Reply With Quote
     
     
  #65  
Old Posted Oct 13, 2011, 1:55 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 6,627
Hacker invade blog do Planalto e pede aprovação da Ficha Limpa



No lugar da homepage, o invasor colocou uma foto da marcha contra a corrupção e pediu que os brasileiros "salvem o Brasil"



Informações do blog mantido pelo governo Dilma estavam fora do ar


São Paulo - Um hacker, que se identificou pela conta @DonR4UL no Twitter, invadiu a página do Blog do Planalto, mantido pela Presidência da República. No lugar da homepage, o invasor colocou uma mensagem pedindo a aprovação da Lei Ficha Limpa, que impede a eleição de candidatos com condenações judiciais.

A página do Blog do Planalto exibia nesta manhã uma foto da marcha contra a corrupção que ocorreu ontem, com manifestantes usando vassouras verdes e amarelas na passeata.

O hacker pediu que os brasileiros "salvem o Brasil" e também colocou uma frase da letra da música "Sociedade Alternativa", de Raul Seixas: "Faz o que tu queres. Há de ser tudo da Lei". A mensagem principal colocada na home do Blog do Planalto foi: "POLITICO DEVE SER ÍNTEGRO, INCORRUPTÍVEL ! FICHA LIMPA JÁ! VOTO ABERTO NO CONGRESSO!".

@DonR4UL se identificou como o "hacker beleza", fazendo referência a outra música de Raul Seixas, "Maluco Beleza".

Até o momento, as informações do blog mantido pelo governo Dilma estão inacessíveis.








http://exame.abril.com.br/tecnologia...planalto-do-ar
Reply With Quote
     
     
  #66  
Old Posted Oct 14, 2011, 12:16 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 6,627
Tok&Stok está procurando um comprador, diz jornal



Rede de móveis contratou o banco BTG Pactual, de André Esteves, para tocar as negociações



Tok&Stok: rede busca um comprador


A Tok&Stock está à venda e contratou o banco BTG Pactual para interceder nas negociações, segundo informações divulgadas pelo jornal Valor Econômico, desta sexta-feira

A rede, com mais de 30 anos de operação, ainda é controlada por seus sócios-fundadores, Regis e Ghislaine Dubrele. O valor do negócio deve girar em torno de 800 milhões de reais, montante similar ao faturamento das 34 lojas que a Tok&Stock possui, em 12 diferentes estados do país.

Ainda de acordo com o jornal, era de interesse dos controladores da rede abrir o capital da empresa e assim, com a venda da totalidade de suas ações, saírem do negócio. No entanto, as incertezas no mercado engavetaram a possibilidade do IPO.

Fontes próximas ao casal Dubrele, ouvidas pelo Valor, afirmaram que eles tinham planos de sair da operação ao completar 60 anos de idade. Os dois já passaram dos 60. Hoje, as operações da rede estão nas mãos de Paul Dubrele, filho dos fundadores.

Procurados, a Tok&Stok e o BTG não comentam a informação







http://exame.abril.com.br/negocios/e...dor-diz-jornal
Reply With Quote
     
     
  #67  
Old Posted Oct 15, 2011, 1:43 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 6,627
Bancários fecham acordo e greve pode acabar na terça-feira


No segundo dia de negociações, os bancários e as principais instituições financeiras conseguiram chegar a um acordo de reajuste salarial de 9% para pôr fim à greve, que já dura 18 dias.

Agora, os bancários vão levar a proposta para votar o fim da greve em assembleias na segunda-feira, voltando ao trabalho já na terça.

Ambos os lados cederam, mas conseguiram garantir um reajuste salarial de mais de 1% acima da inflação, diferentemente dos trabalhadores dos Correios, que terminaram a greve, por ordem da Justiça, quase sem aumento real.

Será o oitavo ano em que os bancários terão aumento real.

Inicialmente, os bancários pediam ganho real de 5%, índice que os bancos consideraram "impraticável".

Se aprovado, o aumento vale a partir de setembro. O piso para os bancários que exercem função de caixa passa para R$ 1.900, no caso de jornadas de seis horas. Para a função de escriturário, o piso passa para R$ 1.400.

O acordo prevê ainda aumento da PPR (Participação dos Lucros e Resultados) adicional de R$ 1.100 para R$ 1.400 e do teto da parcela adicional de R$ 2.400 para R$ 2.800.

"Foi um processo de negociação bastante longo, mas que finalmente levou a um acordo contruído na mesa de negociação", disse o diretor de Relações do Trabalho da Fenaban (Federação Nacional dos Bancos), Magnus Apostólico.

HISTÓRICO

De qualquer forma, a greve continua pelo menos até a segunda, atingindo o 21o dia de paralisação.

Ontem, os bancários tiveram a primeira reunião com os bancos desde o início da greve.

A paralisação deste ano já é a maior desde 2004, quando a greve durou 30 dias.

Neste ano, a greve teve forte adesão nos centros administrativos dos bancos. Segundo o Sindicato dos Bancários de São Paulo (ligado à CUT), a greve parou pelo menos 35 mil dos 170 mil bancários da região.


















http://www1.folha.uol.com.br/mercado...ca-feira.shtml
Reply With Quote
     
     
  #68  
Old Posted Oct 15, 2011, 1:46 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 6,627
Tomara que seja encerrada essa maldita greve
Reply With Quote
     
     
  #69  
Old Posted Oct 15, 2011, 1:48 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 6,627
Países exportadores de carros reclamam na OMC sobre alta de IPI


Além do Japão, a Coreia do Sul, a Austrália, os EUA e a União Europeia também manifestaram nesta sexta-feira, durante reunião do Comitê de Acesso ao Mercado da OMC (Organização Mundial do Comércio), preocupação contra a elevação do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) para carros importados pelo Brasil.

De acordo com a assessoria de imprensa do Itamaraty, foram intervenções curtas, feitas após o Japão levantar questionamento sobre o caráter protecionista da medida brasileira.

A reação, ainda na reunião, foi protocolar. Os brasileiros disseram que irão encaminhar a reclamação para Brasília e repetiram o discurso do Ministério da Fazenda: o aumento é temporário (vale somente até dezembro do ano que vem) e não um sinal de protecionismo, apenas uma forma de resolver uma distorção no mercado de carros no Brasil.

Não se trata ainda de uma disputa oficial entre os países, o que exigiria uma resposta formal do governo brasileiro. Mas é um sinal claro de que a medida incomodou muito as nações que exportam carros para o Brasil.

"O primeiro passo para um contencioso é levantar questionamento durante as reuniões dos comitês da OMC. Isso não quer dizer que a ação do Japão necessariamente virará um contencioso, mas esse costuma ser o caminho, tradicionalmente", explica o advogado especializado em direito internacional Rabih Ali Nasser.

"Quando um país se decide por esse caminho, procura o Órgão de Solução de Controvérsias da organização e apresenta um pedido de investigação", afirma.

A ação do Japão é a primeira contra o aumento do imposto na OMC. A reclamação não estava na pauta do comitê, que hoje fez uma de suas três reuniões anuais. Foi anexada fora do prazo e pegou de surpresa a representação brasileira.

CONTEÚDO NACIONAL

No dia 15 de setembro, o governo federal anunciou a elevação nas alíquotas de IPI para veículos que tenham menos de 65% de conteúdo nacional. Antes, o tributo variava de 7% a 25% e, com a medida, passou para 37% a 55%.

A mudança não deve atingir a maioria das montadoras japonesas, como Honda e Toyota. A reclamação foi lida de duas formas: pode ser a defesa de montadoras que não estão no Brasil ou um recado para que outros países não adotem medidas semelhantes, que de fato prejudicariam as grandes japonesas.

A presidente Dilma Rouseff falou sobre a o aumento, hoje, em Porto Alegre: "Elevamos o IPI dos produtos, dos automóveis em geral. E, especialmente em relação àqueles produzidos no Brasil, gerando empregos brasileiros e com agregação de valor, nós reduzimos o mesmo imposto. Isso significa que nós damos muita importância à produção e à compra de automóveis pela população brasileira."

Na época do anúncio, o ministro Guido Mantega (Fazenda) afirmou que a medida poderia deixar os carrros de 25% a 28% mais caros.

EXCEÇÕES

O México e Argentina, que têm acordo automotivo com o Brasil, não estão incluídos na regra. Nesse caso, a exigência é de 60% de peças produzidas em quaisquer das duas partes: no Brasil e na Argentina ou no Brasil e no México.

Os carros do Uruguai também foram liberados da cobrança.






http://www1.folha.uol.com.br/mercado...a-de-ipi.shtml
Reply With Quote
     
     
  #70  
Old Posted Oct 17, 2011, 2:05 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 6,627
País pode crescer abaixo de 3% em 2011 e 2012, diz economista


BRASÍLIA – A economia brasileira corre risco “expressivo” de crescer abaixo de 3% neste e no próximo ano. Se isso ocorrer, terá desempenho bem pior que o esperado pelo governo e mesmo pelo mercado. O alerta é do economista-chefe do banco Credit Suisse, Nilson Teixeira, que prevê expansão do Produto Interno Bruto (PIB) em 2011 de 2,9%. Se não houver retomada expressiva da atividade econômica neste trimestre e no primeiro de 2012, probabilidade que ele considera baixa, o PIB pode avançar apenas 2,2% no ano que vem.



http://www.valor.com.br/brasil/10529...diz-economista
Reply With Quote
     
     
  #71  
Old Posted Oct 17, 2011, 12:08 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 8,774
Cadê os foristas do outro forum que curtiam as empresas de ratings e empresas de consultoria, que faziam planilhas falsificadas....
Reply With Quote
     
     
  #72  
Old Posted Oct 17, 2011, 1:19 PM
emblazius emblazius is offline
Flamenguista
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília
Posts: 308


Eu não curto o mercado. Estou fora desta. Mas a questão do crescimento se refere, creio, mais ao mercado externo (união européia e usa). Isso, sem planilhas e no achismo, deve estar afetando nossas exportações (o câmbio puxando pra baixo). O que ainda mantêm o nível de crescimento é o novo mercado consumidor, que por sua vez já esta atolado em dívidas.

Hoje o maior entrave é o famoso custo Brasil, sem rformas trabalhistas e tributárias a coisa fica amarrada mesmo. Junta-se a isso a corrupção que trava os investimentos públicos. Dinheiro tem, o problema é a gestão dos recursos aliada a corrupção.
__________________
Podemos escolher o que semear, mas somos obrigados a colher aquilo que plantamos
Reply With Quote
     
     
  #73  
Old Posted Oct 17, 2011, 1:53 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 8,774
Sem duvida, mas vem uma pergunta, e depois da reforma tributária e trabalhista. Se não derem certo, quais seriam os alvos a serem atacados. Não adianta fazer as reformas sem o principal. INFRAESTRUTURA. Veja o caos dos aeroportos. Isso porque não houve um crescimento continuo de 7% ao ano. Imagina se estivessemos crescendo 7% ao ano desde o primeiro governo LULA. Iria faltar energia, aeroporto, estrada, ferrovia, hidrovia e por ai vai.
Reply With Quote
     
     
  #74  
Old Posted Oct 17, 2011, 3:38 PM
emblazius emblazius is offline
Flamenguista
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília
Posts: 308
Pois é. Só para essa questão da Infra-Estrutura. Meu cargo, de economista, faz parte do Ciclo de carreiras estratégicas, não são típicas, são carreiras estratégicas. O Governo Federal pegou cinco cargos de sua estrutura e recompôs a tabea remuneratória defasada. Nada absurdo, mas foi uma recomposição salarial. Aliado a isso, os colocou todos em postos chave da Administração Federal.

Pq eu falo isso, pois é uma coisa de RH e gestão interna do Governo Federal, o qual eu participo como dirigente de uma associação.

O que ocorreu por bastante tempo foram engenheiros, arquitetos, economistas, estatísticos, estarem em setores não técnicos e meio.

Nos últmos 3 anos houve uma pequena, mas muito pequena mudança nisso.

O setor de infra-estrutura irá caminhar com uma carreira própria com as profissões de engenheiria, arquitetura, geólogos, economistas e estatísticos.

O problema, infelizmente, é que ainda não chegamos nos postos de decisão do Executivo, isso ainda esta politizado, na mão de indicação de deputados/senadores e partidos políticos.

As coisas estão mudando, devagar, mas nós do lado de dentro do governo, temos toda a intenção e sabemos o que precisa, o problema é que não nos deixam chegar ao poder decisório.

Em breve as entidades dos engenheiros e economistas irão soltar um Estudo técnico sobre a infra-estrutura nacional bem como sugerir atualizações na questão de recursos humanos. Esta em SP para edição e quando ficar pronto eu repasso.

Resumindo: o Governo Federal tem corpo técnico altamente qualificado para a função e dispõe de mecanismos para contratação externa de especialistas, porém, a politicagem TRAVA tudo aqui dentro!!!
__________________
Podemos escolher o que semear, mas somos obrigados a colher aquilo que plantamos
Reply With Quote
     
     
  #75  
Old Posted Oct 17, 2011, 7:13 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 6,627
Brasil vende 4 vezes mais carros novos que o México


Os brasileiros estão comprando quatro vezes mais carros que os mexicanos, apesar de pagarem praticamente o dobro do preço, revela uma comparação entre os números do setor automobilístico verificados em setembro nas duas maiores economias da América Latina.

Em setembro, cerca de 73.000 carros novos foram comprados no México, praticamente o mesmo nível de dez anos atrás, segundo a Associação da Indústria Automobilística Mexicana, que representa o setor. No Brasil, quarto maior mercado do mundo de veículos domésticos, as vendas de setembro ficaram em 294.000 unidades.


Isto significa que a venda de carros per capita do Brasil, com cerca de 200 milhões de habitantes, é praticamente o dobro da do México, cuja população é de 112 milhões. Em números brutos, os brasileiros compram quatro vezes mais carros que os mexicanos.


No México, um carro novo pode ser considerado barato em relação ao Brasil. Um subcompacto completo chega ao consumidor mexicano pelo equivalente a US$ 15.000, ao passo que no Brasil, onde o custo de financiamento também é mais elevado, o mesmo veículo é vendido pelo equivalente a quase US$ 30.000.


Guillermo Rosales, da Associação Mexicana de Distribuidores de Automóveis, diz que a matemática parece favorecer os mexicanos, cuja renda per capita é similar à do brasileiro. No entanto, uma observação mais a fundo expõe grandes diferenças entre os dois países: enquanto o México é inundado por carros usados baratos vindos dos Estados Unidos, a expansão da economia brasileira, ao contrário da mexicana, não está tão atrelada ao ciclo econômico norte-americano.


"Não podemos ignorar os cenários diferentes dos dois países", disse Rosales. "O Brasil vive hoje um momento parecido com o vivido pelo México nas décadas de 1960 e 1970, com expectativa de bonança econômica e a população mais pobre passando à classe média, com um melhor relacionamento entre governo, iniciativa privada e sociedade", avalia ele. O México, diz Rosales, "atravessa um acentuado pessimismo econômico".


Além disso, a disponibilidade de veículos importados de segunda mão oriundos dos EUA distorce o mercado de carros novos do México, pois deprime as vendas de carros usados e dificulta para os donos de carros a venda de seus veículos a um preço razoável, dizem fontes na indústria automobilística mexicana.


As mesmas fontes avaliam que os brasileiros não enfrentam esse problema e apontam para o fato de o governo do Brasil ter restringido a importação de veículos usados. O Brasil também impulsionou as vendas de carros novos por intermédio da redução da carga tributária após a crise financeira de 2008, apesar de uma recente elevação dos impostos sobre veículos importados ter levado potenciais compradores a adiarem aquisições até que a medida saia de vigor no fim do próximo ano, prosseguem as fontes mexicanas. As informações são da Dow Jones.










http://www.istoedinheiro.com.br/noti...S+QUE+O+MEXICO
Reply With Quote
     
     
  #76  
Old Posted Oct 17, 2011, 8:19 PM
HLbsb's Avatar
HLbsb HLbsb is offline
Registered User
 
Join Date: Sep 2011
Posts: 383
Quote:
Originally Posted by pesquisadorbrazil View Post
Cadê os foristas do outro forum que curtiam as empresas de ratings e empresas de consultoria, que faziam planilhas falsificadas....
Quote:
Originally Posted by emblazius View Post


Eu não curto o mercado. Estou fora desta. Mas a questão do crescimento se refere, creio, mais ao mercado externo (união européia e usa). Isso, sem planilhas e no achismo, deve estar afetando nossas exportações (o câmbio puxando pra baixo). O que ainda mantêm o nível de crescimento é o novo mercado consumidor, que por sua vez já esta atolado em dívidas.

Hoje o maior entrave é o famoso custo Brasil, sem rformas trabalhistas e tributárias a coisa fica amarrada mesmo. Junta-se a isso a corrupção que trava os investimentos públicos. Dinheiro tem, o problema é a gestão dos recursos aliada a corrupção.
Quote:
Originally Posted by pesquisadorbrazil View Post
Sem duvida, mas vem uma pergunta, e depois da reforma tributária e trabalhista. Se não derem certo, quais seriam os alvos a serem atacados. Não adianta fazer as reformas sem o principal. INFRAESTRUTURA. Veja o caos dos aeroportos. Isso porque não houve um crescimento continuo de 7% ao ano. Imagina se estivessemos crescendo 7% ao ano desde o primeiro governo LULA. Iria faltar energia, aeroporto, estrada, ferrovia, hidrovia e por ai vai.
Que EUA e Europa estão comprando menos é fato faz tempo. A questão atual é que o prolongamento da crise nessas regiões já está afetando também a China, que já é o principal parceiro comercial do Brasil. Já vi previsões de que se a China passa a crescer menos de 8% aa teremos problemas sérios por aqui... Mas a China está com faca e queijo na mão e já começou a se mobilizar para resgatar a Europa.

Não faço a menor idéia se esses percentuais de crescimento apresentados pelo banco suíço são plausíveis. Claro que a precariedade estrutural influenciam, mas isso ocorre principalmente em momento expancionista. Se o Brasil tivesse a perspectiva de crescer 7% aa teria problemas estruturais graves limitando essa expansão. Mas o cenário nem é esse.

Também me pergunto até quando os gargalos estruturais persistirão, mas isso não tem muita relação com o desaquecimento da economia nesse momento. É fundamental ocorrer também uma reforma tributária, mas a guerra federativa no Brasil impossibilita qualquer avanço nesse sentido.

Pra falar a verdade, macroeconomia é muito chata e abstrata. Cada qual que cuide de suas economias e apenas se informe sobre o que está acontecendo no ambiente macro. Nem o presidente do FED, nem o ministro de finanças chines, menos ainda o presidente do BACEN. Nenhum desses é capaz de prever as relações macroeconomicas, mas ao menos tem as ferramentas para influenciar. Ainda assim tem sempre um economista achando que tem as respostas que podem salvar ou desacreditar um país inteiro
Reply With Quote
     
     
  #77  
Old Posted Oct 18, 2011, 1:27 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 6,627
Bancários de todo o País voltam ao trabalho


Assembleias realizadas hoje à noite em todo o Brasil decidiam pelo fim da paralisação e retorno imediato ao trabalho



A maioria dos funcionários aceitaram a proposta de reajuste salarial de 9%



Depois de 21 dias de greve, os bancários voltam amanhã ao trabalho. Assembleias realizadas hoje à noite em todo o Brasil decidiam pelo fim da paralisação e retorno imediato ao trabalho.

A maioria dos funcionários aceitaram a proposta feita pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) de reajuste salarial de 9% (1,5% de aumento real mais a inflação de 7,4% no período). Até às 20h45, algumas assembleias ainda estavam em andamento.

A proposta já havia sido aprovada em capitais como São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Curitiba e Salvador, além de grandes centros como Campinas e Blumenau, entre outras.





http://exame.abril.com.br/economia/b...am-ao-trabalho
Reply With Quote
     
     
  #78  
Old Posted Oct 18, 2011, 2:49 AM
emblazius emblazius is offline
Flamenguista
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília
Posts: 308
Quote:
Originally Posted by HLbsb View Post
Que EUA e Europa estão comprando menos é fato faz tempo. A questão atual é que o prolongamento da crise nessas regiões já está afetando também a China, que já é o principal parceiro comercial do Brasil. Já vi previsões de que se a China passa a crescer menos de 8% aa teremos problemas sérios por aqui... Mas a China está com faca e queijo na mão e já começou a se mobilizar para resgatar a Europa.

Não faço a menor idéia se esses percentuais de crescimento apresentados pelo banco suíço são plausíveis. Claro que a precariedade estrutural influenciam, mas isso ocorre principalmente em momento expancionista. Se o Brasil tivesse a perspectiva de crescer 7% aa teria problemas estruturais graves limitando essa expansão. Mas o cenário nem é esse.

Também me pergunto até quando os gargalos estruturais persistirão, mas isso não tem muita relação com o desaquecimento da economia nesse momento. É fundamental ocorrer também uma reforma tributária, mas a guerra federativa no Brasil impossibilita qualquer avanço nesse sentido.

Pra falar a verdade, macroeconomia é muito chata e abstrata. Cada qual que cuide de suas economias e apenas se informe sobre o que está acontecendo no ambiente macro. Nem o presidente do FED, nem o ministro de finanças chines, menos ainda o presidente do BACEN. Nenhum desses é capaz de prever as relações macroeconomicas, mas ao menos tem as ferramentas para influenciar. Ainda assim tem sempre um economista achando que tem as respostas que podem salvar ou desacreditar um país inteiro
Perfeita análise. A China mantem nossa balança comercial positiva com as importações maciças de commodities. Obviamente essas abastecem o mundo, que esta em crise. A China sofre pressão do Tio Sam para para deixar de desvalorizar sua moeda. Essa é uma política que afeta as exportações, por isso a china esta literalmente shitting and walking pro Obama.

Só nos rest torcer para não ocorrer um jovo crash!!!

Sobre nosso crescimento/infraestrutura, isso é terrível, classe política vagabunda a nossa.
__________________
Podemos escolher o que semear, mas somos obrigados a colher aquilo que plantamos
Reply With Quote
     
     
  #79  
Old Posted Oct 18, 2011, 4:18 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 6,627
Concursos públicos poderão exigir exame antidoping



O exame antidoping poderá passar a ser exigido em testes de esforço físico realizados em concursos públicos. Essa recomendação consta de projeto de lei aprovado, nesta terça-feira (18), pela Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE). A matéria segue agora para votação, em caráter terminativo, pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).



A proposta determina ainda que o exame antidoping seja realizado conforme normas e procedimentos adotados pelas entidades brasileiras de administração do esporte olímpico, com divulgação obrigatória no edital do concurso.



A justificação é que o chamado doping constitui uma prática que permite vantagem desleal de um competidor sobre os demais e, num concurso público, acabaria por ferir o princípio constitucional de igualdade entre os candidatos.








http://www.jornaldebrasilia.com.br/s...370300&secao=N
Reply With Quote
     
     
  #80  
Old Posted Oct 18, 2011, 4:21 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 6,627
Se isso for aprovado, o que vai ter de maconheiro de universidade reclamando
Reply With Quote
     
     
This discussion thread continues

Use the page links to the lower-right to go to the next page for additional posts
   
Reply

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Notícias do Brasil - Imprensa Nacional
Forum Jump


Thread Tools
Display Modes

Forum Jump


All times are GMT. The time now is 12:16 PM.

     

Powered by vBulletin® Version 3.8.7
Copyright ©2000 - 2014, vBulletin Solutions, Inc.