HomeDiagramsDatabaseMapsForum
     

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Regiões Metropolitanas Mundiais


Reply

 
Thread Tools Display Modes
     
     
  #1081  
Old Posted Jun 29, 2012, 1:25 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,902
Câmara aprova LDO e beneficia servidores públicos



Por volta das 2h desta sexta-feira (29), os deputados distritais aprovaram, em 2° turno e redação final, o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias para o exercício financeiro de 2013, que estima um orçamento de R$ 28,5 bilhões para o Distrito Federal. Com a aprovação do PL 926/2012, a Câmara Legislativa entra em recesso parlamentar, a partir da próxima segunda-feira (2). retomando suas atividades dia 1º de agosto.

O relator da LDO na Comissão de Economia, Orçamento e Finanças (Ceof), Agaciel Maia (PTC), explicou que a proposta "é uma norma ampla e que define os parâmetros para a elaboração da Lei Orçamentária Anual" e que "a lei autoriza o governo a aplicar recursos decorrentes de excesso de arrecadação orçamentária".

Em plenário, a LDO recebeu cinco emendas, relatadas pelo presidente da Ceof e aprovadas, por unanimidade, pelos parlamentares. Dentre elas, está a autorização para realização de concurso público na Câmara Legislativa e a criação de uma Gratificação de Atividade Técnica-Administrativa (GATA), no valor de R$ 200, para servidores da Secretaria de Saúde. "A GATA vai beneficiar 28,2 mil servidores, com um impacto de R$ 35 milhões", afirmou Agaciel.

De acordo com o Poder Executivo, autor da proposta, a nova lei vai aprimorar a administração do orçamento. A LDO 2013 prevê limites para repasse de verbas para festas e contenção de despesas com pessoal para ampliar a capacidade de investimento do GDF. Em audiência pública realizada na Câmara Legislativa, o secretário de Planejamento e Orçamento, Luiz Paulo Barreto, disse que "com a sobra do orçamento, será possível garantir maiores investimentos na educação, na saúde, no transporte e no Desenvolvimento Urbano."

Parâmetros
A LDO é uma proposta que estabelece os parâmetros para a elaboração das leis orçamentárias anuais do Distrito Federal. O texto para o ano de 2013 foi aprovado pelas comissões de Economia, Orçamento e Finanças (CEOF) e de Constituição e Justiça (CCJ) na terça-feira (26). O projeto chegou à Casa em maio e recebeu 145 emendas dos distritais.










http://www.jornaldebrasilia.com.br/s....php?id=410633
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #1082  
Old Posted Jun 30, 2012, 2:30 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,902
Número de permissões de táxis do DF é o mesmo desde 1979


TCDF exige aumento na frota e regularização das concessões


Pegar um táxi no Distrito Federal não é uma tarefa fácil. Atualmente, existem 3.400 táxis legalizados circulando na capital do País. Para o TCDF (Tribunal de Contas do DF), esse número não atende a demanda que cresceu ao longo dos anos, desde a concessão da última permissão, em 1979.


De acordo com o Tribunal de Contas, desde o início das atividades dos táxis no DF, não houve nenhuma “licitação pública para promover o serviço”

Um relatório do TCDF apontou que o serviço de táxis da capital precisa passar por processo licitatório para solucionar irregularidades. De acordo com a corte, desde o início das atividades dos táxis no DF, não houve qualquer “licitação pública para promover o serviço”. No último dia 17 de junho, o TCDF estipulou o prazo de 90 dias para que a Secretaria de Transporte do DF inicie o processo licitatório e solucione as irregularidades nas 3.400 permissões.

já distribuídas devem passar por um processo de análise e regularização, conforme exigiu o Tribunal de Contas.

A categoria não avalia a situação de forma positiva. A presidente do Sinpetaxi (Sindicato dos Permissionários de Táxis e Motoristas Auxiliares do DF), Maria Bonfim, entende que além da regularização das concessões é necessário um estudo na distribuição dos pontos dos permissionários do DF.

— Se simplesmente aumentar a frota só teremos um trânsito mais engarrafado. O que nós queremos e precisamos é de um estudo que avalie as condições de trabalho dos taxistas no DF. Sobrevivemos dos pontos próximos a tribunais, Aeroporto JK e Centro de Convenções.

A presidente do Sinpetaxi também reclama que existem muitos táxis piratas circulando livremente pela capital. Para ela, a ausência de fiscalização é garantia de impunidade.

— Além do descaso do governo com a nossa categoria, temos que brigar por espaço com os piratas. Eles circulam livremente porque sabem que não serão punidos.

Regularização

A Secretaria de Transporte terá que obedecer a exigência do TCDF e fazer um levantamento a respeito das transferências de concessão de táxi feitas irregularmente entre 2008 e 2009. A corte exigiu também a substituição dos veículos com mais de oito anos em circulação.

O relatório assinado pelo conselheiro Inácio Magalhães Filho recomenda que a secretaria deve criar processos exclusivos para cada permissão de táxi no DF. Além disso, manter, em meio digital, todos os documentos que regulamentam e permitam cada concessão.








http://noticias.r7.com/distrito-fede...-20120630.html
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #1083  
Old Posted Jun 30, 2012, 5:02 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is online now
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 21,686
O cartel de taxistas é extremamente forte, com o lobby junto ao GDF, eles jamais irão admitir essa licitação, até mesmo porque, vão alegar DIREITOS ADQUIRIDOS. Até aonde eu sei, direitos adquiridos é para funcionários públicos, e não para particulares.
Reply With Quote
     
     
  #1084  
Old Posted Jul 1, 2012, 9:24 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,902
Caça da FAB em voo rasante destrói fachada de vidro do STF




Prédio do Supremo foi isolado para retirada dos vidros; não houve feridos.
Acidente ocorreu durante troca da bandeira na Praça dos Três Poderes.



Um caça da Força Aérea Brasileira que fazia um voo rasante durante a cerimônia da troca da bandeira na Praça dos Três Poderes, em Brasília, destruiu na manhã deste domingo (1) a fachada de vidro do Supremo Tribunal Federal (STF). O prédio foi isolado. Ninguém ficou ferido.
No Senado, havia informações de que um dos prédios também havia sido danificado, mas a assessoria de imprensa afirmou que não houve danos. Uma equipe do Senado realizou uma vistoria no local.



Segurança olha fachada de vidro do Supremo destruída após passagem de caça da FAB em voo rasante neste domingo (1) (Foto: Fausto Carneiro/G1)


A Força Aérea divulgou uma nota oficial em que afirma que já iniciou a apuração dos fatos e irá ressarcir os prejuízos causados pelo acidente (leia a íntegra da nota abaixo).

A cerimônia contou com dois caças da FAB e uma apresentação da Esquadrilha da Fumaça. O evento teve início por volta das 10h. A troca da bandeira ocorre mensalmente. A apresentação dos aviões da FAB estava sob responsabilidade do Comando da Aeronáutica e da coordenação do Sexta Comando Aéreo Regional.
Os caças da FAB que participavam do evento eram modelos Mirage F-2000. Segundo as especificações do modelo na página da Força Aérea, o Mirage F-2000 pode atingir 2,2 vezes a velocidade do som, que é de mais de 330 metros por segundo.
“Um jato passou muito baixo, levantou poeira, tremeu o chão e o vidro quebrou, Não estava esperando”, disse o estudante Lucas da Silva, que acompanhava a cerimônia.
Chegou a abrir [a copa] das árvores. Assustou”, afirmou Ismail da Silva, que viu o momento em que os vidros foram estilhaçados. A baixa altitude do caça também foi notada pelo vendedor de água Matheus Carvalho. “Eu estava distraído e do nada ele apareceu. Ele estava muito baixo”, disse.
"Eu fiquei assustada, porque eles vêm do nada", disse Delmary Vasconcelos, que mora em Brasília há um mês e também acompanhava a cerimônia da troca da bandeira. Ela disse que só reparou que os vidros haviam sido quebrados após a passagem dos caças. "O barulho não dá para ouvir nada. Eu estranhei que ele estava muito baixo", disse.
Veja a íntegra da nota da FAB
"FAB esclarece ocorrência durante sobrevoo de caças em Brasília

Homem fala ao telefone junto a janela com vidros
quebrados no STF (Foto: Fausto Carneiro/G1)


O Centro de Comunicação Social da Aeronáutica informa que hoje (01/07), por volta de 10h20min, durante a solenidade de troca da Bandeira Nacional, na Praça do Três Poderes, em Brasília, duas aeronaves Mirage 2000 executaram sobrevoo do local. No momento da passagem, uma onda de choque causou danos às vidraças de alguns órgãos públicos.
O Comando da Aeronáutica já iniciou a apuração das circunstâncias do fato e irá ressarcir os prejuízos decorrentes.
Brasília-DF, 1º de julho de 2012.
Brigadeiro do Ar Marcelo Kanitz Damasceno
Chefe do Centro de Comunicação Social da Aeronáutica"















http://g1.globo.com/distrito-federal...ro-do-stf.html
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #1085  
Old Posted Jul 4, 2012, 12:41 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,902
Salários na web revelam que médico da rede pública recebe mais de R$ 70 mil



Justiça permite que o GDF coloque as informações de novo no site






Há uma semana travou-se uma pendenga judicial entre sindicalistas e governo para definir quem está com a razão sobre a divulgação dos salários dos funcionários públicos na internet. As entidades que representam os servidores acham que a medida é invasiva, perigosa, constrangedora. O Executivo sustenta que a iniciativa é em homenagem à transparência. No meio da guerra, os dados vieram a público na última quarta-feira. Ontem, sumiram da internet. E hoje devem estar de volta à web. A disputa para ver quem tem razão ainda carece de uma decisão definitiva do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), mas o fato é que já é possível fazer algumas leituras a partir do que foi mostrado até agora. Por exemplo, o contracheque de um médico da ativa do GDF em maio informa remuneração de R$ 70 mil; 14 deles ganharam acima de R$ 40 mil no período e todos esses receberam mais de R$ 15 mil de horas extras em um mês.


No Distrito Federal, há 6.302 médicos que trabalham para o Governo do DF. Na categoria, existem variações de salários. Os que ganham menos estão em início de carreira e não têm titularidade: R$ 5,8 mil. Os mais antigos, já perto de se aposentar, chegam a remunerações de mais de R$ 40 mil em função do pagamento de horas extras. Segundo o Correio apurou (veja fac-símile), há pelo menos 14 profissionais da saúde cujos contracheques apontaram remunerações acima desse valor. São 12 doutores e duas doutoras com horas extras entre R$ 15.995,07 e R$ 18.719,64 que somadas aos salários — já no teto da remuneração constitucional — acumulam um vencimento para lá de generoso.










http://www.correiobraziliense.com.br...r-70-mil.shtml
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #1086  
Old Posted Jul 4, 2012, 2:33 PM
M.K. M.K. is offline
BANNED
 
Join Date: Jan 2007
Location: §¡კ₪@דч®ɛ€...۩™ -> աաա
Posts: 3,934
^ Acredito que assim com esses salários de mais de € 28 mil por mês, possivelmente nao existam mais doentes no DF, os políticos que os contrataram devem pensar assim. Acho que o salário da Angela Merkel aqui é menor, pelo menos o oficial, o inoficial é sempre mais. Eu acho que o nome desses medicos tem que ser super transparente para todo o Brasil ver como eles sao corruptos. Mas o sistema permite. Entao lamentavelmente os impostos pagos pela populacao vao pra eles. Gostei da notícia dos avioes. Pena que nao bateram nos predios. É o mundo ainda é dos mais sabidos, que sabem ganhar dinheiro. Tem que ser divulgado mesmo para esses médicos serem sequestrados e devolver o dinheiro aos bandidos, afinal ladrao que rouba ladrao tem mil anos de perdao.
Reply With Quote
     
     
  #1087  
Old Posted Jul 4, 2012, 4:25 PM
HLbsb's Avatar
HLbsb HLbsb is offline
Registered User
 
Join Date: Sep 2011
Posts: 402
Quote:
Originally Posted by MAMUTE View Post
Salários na web revelam que médico da rede pública recebe mais de R$ 70 mil





O que salta os olhos não é esse salário de R$70 mil, levando-se em conta que recebeu eventuais (férias, ou coisas do gênero). O que me deixou curioso é o fato de um aposentado ganhar R$ 16.000 de hora extra. Como???

Além disso, sindicatos corporativistas só estão conseguindo liminares do TJDF (antro de corrutpos), mas já perderam a batalha final. A Lei de Acesso a Informação é federal e o STF foi um dos primeiros órgãos a divulgar os salários de todos os servidores. Já existe entendimento unânime na corte de que a informação precisa, com nome dos servidores, deve ser divulgada amplamente na internet. Ela alegação de segurança pessoal não passa de balela. Se querem privacidade basta abandonarem o cargo público, que não lhes pertence!!!

Nada de cobrir os nomes, como o Correio fez. Em alguns meses cai a decisão precária do desembargador, que sequer tem competência para a decisão proferida. Todos os nomes deverão constar ao lado desses salários. Aí poderemos cobrar de volta as horas-extra de quem não está cumprindo nem o ordinário, quiçá o extra... É o que mais se vê nos hospitais e postos de saúde do DF!!!

Agora, gostaria muito de ver também o nome desse aposentado que ganha R$ 16.000 de hora extra!!! Há, no mínimo, forte indício de desvio...

Last edited by HLbsb; Jul 4, 2012 at 4:45 PM.
Reply With Quote
     
     
  #1088  
Old Posted Jul 4, 2012, 11:22 PM
Fullgencio's Avatar
Fullgencio Fullgencio is offline
Registered User
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília (DF)
Posts: 112
DF diz que acordo garante continuidade das obras no Noroeste
A licença tinha sido suspensa temporariamente pelo Ibram


Acordo garante a continuação das obras do Setor Noroeste, no Distrito Federal. A edição desta quarta-feira (4) do DODF (Diário Oficial do Distrito Federal) traz o Termo de Compromisso firmado entre o Ibram (Instituto Brasília Ambiental) e a Terracap, o que, segundo o GDF (Governo do Distrito Federal) permitirá a continuidade dos trabalhos no setor e a liberação das primeiras unidades habitacionais.

O documento apresenta à Terracap as condições de validade da Licença de Instalação concedida pelo órgão ambiental para a implantação do novo bairro residencial.

A licença tinha sido suspensa temporariamente pelo Ibram, em cumprimento à recomendação do MPF (Ministério Público Federal) e com base em manifestação do ICMBio (Instituto Chico Mendes). Por determinação do governador Agnelo Queiroz, os técnicos do Ibram analisaram a recomendação do Ministério Público para proceder às adequações necessárias.

Após a averiguação, Ibram e Terracap passaram a trabalhar na elaboração do Termo de Compromisso, no qual a estatal se compromete a cumprir itens como o adequado descarte de resíduos e a intensificação da retirada de entulhos e dos processos de limpeza em estruturas que garantem a conservação do Lago Paranoá. Também fará, no prazo de 60 dias, a elaboração de cronograma de implementação das obras de infraestrutura do Parque Burle Marx.

O acordo resultou na redução em 40% do valor das multas aplicadas à empresa pelo Ibram, conforme previsto em Lei Distrital.

Fonte
Reply With Quote
     
     
  #1089  
Old Posted Jul 4, 2012, 11:43 PM
Fullgencio's Avatar
Fullgencio Fullgencio is offline
Registered User
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília (DF)
Posts: 112


Conplan autorizou Terracap a começar a segunda etapa do novo setor habitacional; bairro que pretende ser sustentável, deve abrigar cerca de 40 mil pessoas; no dia 14 de junho Ministério Público pediu a suspensão das obras
Menos de dez dias depois do Ministério Público ter recomendado a suspensão das obras do Noroeste, o Conselho de Planejamento Territorial e Urbano do Distrito Federal (Conplan) aprovou a segunda etapa do Setor de Habitação. Por 15 votos favoráveis contra três negativos e uma abstenção, a nova área para moradia poderá concluir sua construção.
O pedido havia sido feito há algumas semanas pela Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap) e, na reunião realizada no auditório da Secretaria de Habitação, Regularização e Desenvolvimento Urbano (Sedhab) na última quinta-feira 21 e sob a presidência do secretário interino Rafael de Oliveira, o projeto de parcelamento pode continuar.
O relator do projeto, o secretário interino de Governo, Gustavo Ponte de Leon, justificou seu voto argumentando que o Noroeste "segue a característica fundamental do Plano Piloto" e "é inovador quando integra concretamente a questão urbana e a questão ambiental".
Localizado no final da Asa Norte, o Noroeste será construído em duas etapas. A primeira começou em 2009. Ao todo, o setor terá 15 mil unidades habitacionais, espalhadas por 220 prédios, com capacidade para abrigar cerca de 40 mil pessoas. O Noroeste é considerado o primeiro bairro verde de Brasília e foi concebido em 1987 pelo arquiteto e urbanista Lucio Costa.
No último dia 14, o Ministério Público Federal do Distrito Federal recomendou a suspensão das obras, seguindo o embargo imposto em maio pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade.
Foram notificados o Instituto do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Ibram), a Companhia Imobiliária de Brasília (Terracap) e a Administração Regional de Brasília.

Fonte
Reply With Quote
     
     
  #1090  
Old Posted Jul 5, 2012, 11:44 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,902
Contracheques na web mostram que salários do TJDFT passam de R$ 230 mil



Não só o Executivo paga altos salários, como o Correio mostrou nessa quarta-feira (4/7). No Tribunal de Justiça, 76 servidores tiveram, em maio, remunerações acima de R$ 100 mil, somando valores eventuais. Um desembargador chegou ao dobro desse valor



A transparência de contracheques pode até ser constrangedora para parte dos servidores que ganham como altos executivos de grandes corporações, mas a exposição tem sido reveladora sobre a disparidade e as distorções salariais no serviço público. A folha de pagamentos do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios no mês de maio aponta remunerações generosas. Há vários salários de servidores, mesmo aqueles que não são juízes nem desembargadores, só limitados pelo teto constitucional. Da folha de pagamento do TJDFT, 85 ganham R$ 26.723,13, porque parte do salário é glosado em virtude do limite imposto ao funcionalismo. Em maio, há vários servidores que atingiram três dígitos e receberam em torno de R$ 100 mil, R$ 150 mil e até R$ 182.195,20, cifras pagas a analistas judiciário. Um juiz contou, no mesmo período, com R$ 220.843,72. Um desembargador recebeu R$ 230.807,21.


As informações estão na página do tribunal desde ontem e a divulgação é em cumprimento à Resolução 102 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que determinou a publicação dos dados referentes às remunerações de servidores. É possível consultar informações como o salário-base e penduricalhos, como os de auxílios-alimentação, creche, valores de cargos comissionados e ganhos eventuais em que estão as quantias mais altas. A liberação das informações do TJDFT ocorreu uma semana depois que o GDF divulgou a folha de pagamento dos servidores públicos locais na página da Secretaria de Transparência. A medida provocou uma controvérsia entre sindicalistas, que consideram a divulgação abusiva, e governo, segundo o qual a providência contribui para a fiscalização e o controle do orçamento oficial.












http://www.correiobraziliense.com.br...-230-mil.shtml
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #1091  
Old Posted Jul 5, 2012, 11:47 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,902
Agulhinhas para desafogar o trânsito




As intervenções serão feitas em duas quadras da Asa Norte e em três da Asa Sul


A Para facilitar o fluxo de carros em algumas quadras do Plano Piloto, as asas Sul e Norte ganharão cinco desvios que dão acesso aos eixinhos, sem que os motoristas precisem percorrer o trajeto das tesourinhas. Batizados de agulhinhas, as intervenções deverão custar R$ 3,5 milhões aos cofres públicos e serão construídos seguindo o mesmo modelo já existente nas quadras 113 e 213 Norte.



As agulhinhas são uma aposta do governo para diminuir os engarrafamentos e lentidões causadas pelo grande fluxo de veículos, principalmente nos horários de pico. As quadras 105/205 e 109/209 serão as únicas contempladas na Asa Norte. Já a Asa Sul ganhará três agulhinhas, na 105/205, 109/209 e 113/213.

Duas empresas privadas farão o serviço, cujo prazo de realização e entrega é de 90 dias. As obras serão organizadas e fiscalizadas pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) e, conforme o projeto, as alterações nas vias não causarão danos ou desrespeito ao tomamento da capital. “O governo fará um monitoramento para provar a eficiência dessas agulhinhas e, a princípio, só serão as três em cada asa. Isso não afeta o tombamento de forma alguma”, afirma o superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Alfredo Gastal.

De acordo com o secretário de Obras, David de Matos, os engarrafamentos e o grande número de veículos foram fatores determinantes para a implantação das agulhinhas. Conforme explica, o andamento dos procedimentos para a execução das obras já estão acelerados e dentro de poucas semanas devem se iniciar os trabalhos. “Em breve as pessoas verão uma maior fluidez no trânsito. Já temos a ordem de serviço pronta e estamos apenas aguardando o Departamento de Estradas de Rodagem, , instalar as placas de sinalização”, argumenta.

Mesmo em funcionamento há algum tempo, a modificação no trânsito da 113/213 Norte não é conhecida por grande parte da população. Estacionada a poucos metros da agulhinha, a professora Elaine da Silva é uma das pessoas que desconhecem a existência da novidade. “Nem sabia que existia isso aqui em Brasília. Com certeza vai facilitar o tráfego, mas falta informação aos motoristas”.

Pavimentação – As obras de recapeamento, fresagem, microrrevestimento, recomposição, reciclagem do pavimento dos eixinhos estão sendo realizadas no período de 21h às 5h e também é supervisionada pela Novacap. Nesta primeira etapa, o asfalto do Eixo W da Asa Sul, no sentido Aeroporto-Rodoviária, entre as quadras 116 e 102 já está modificado e tem a aprovação da população. “O ideal não é recapear, é substituir o asfalto. Mesmo assim, é válida toda e qualquer melhora nas pistas”, argumenta o aposentado Clóvis Oliveira.

Segundo estimativa do Departamento de Transito do DF, aproximadamente 80 mil veículos circulam diariamente pela via e, devido a esta demanda, a Secretaria de Obras garante que até o final de setembro 48 quilômetros de asfalto serão recuperados ao custo de R$ 20 milhões.












http://www.alo.com.br/noticias/ultim...Noticia=172522
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #1092  
Old Posted Jul 6, 2012, 7:48 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,902
População de capivaras cresce em torno do Lago Paranoá e preocupa moradores




Cerca de cem animais foram vistos só neste ano por policiais nos 40km de margens do Paranoá. Oficiais do Batalhão da PM Ambiental falam em controlar a natalidade, enquanto biólogos culpam o crescimento urbano pela presença delas



O maior roedor do mundo pesa 50kg em média, é herbívoro e gosta de viver em bandos, como este perto da Ponte das Garças. Há grupos ainda na QI 17, junto de um ribeirão, e na QL 16


A presença constante de grupos de capivaras às margens do Ribeirão do Gama — um dos braços do Lago Paranoá —, na altura da QI 17 do Lago Sul, levou Luiz Antônio Alves, 63 anos, a cercar parte de seu lote para impedir que a espécie volte a invadir o terreno. Ao longo dos 30 anos morando em um dos imóveis do Conjunto 4 da quadra, viu esses animais devorarem, por várias vezes, as plantações que ele cultivava no quintal de casa, situado a 20 metros do espelho d’água. “Tive de cercar, porque elas comiam tudo o que eu plantava. Inclusive, uma delas chegou até a cair dentro da piscina do meu vizinho”, lembrou ele. Mas, hoje, Luiz Antônio diz ter feito as pazes com os roedores. “Agora, eles não me atrapalham mais. Eu até acho bonitinho vê-los todos os dias”, assegurou.

As três décadas de convivência com famílias de capivaras fizeram com que Luiz Antônio percebesse um leve crescimento do número delas às margens do rio. Encontrar esses animais no Lago Paranoá e em outros cursos de água é tarefa fácil. Eles estão por toda parte. Quem pesca com frequência no lago artificial não se sente só. Se não tem a companhia dos amigos de pesca, são as capivaras que tornam a atividade menos monótona. “Vejo muitas capivaras. Elas são lindas e dóceis. Cada vez mais avisto elas, principalmente no fim da tarde. Gosto muito da presença desses bichinhos”, contou o militar aposentado Ailton Ferreira de Souza, 50 anos, que, há 10, pesca às quartas e às quintas-feiras, das 15h às 21h, próximo à Ponte das Garças.









http://www.correiobraziliense.com.br...oradores.shtml
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #1093  
Old Posted Jul 7, 2012, 12:33 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,902
Preparação de condutores não é suficiente para formar bons motoristas no DF




Os candidatos passam no exame do Detran, mas não se sentem seguros para dirigir


A formação de condutores de veículos é falha no DF, segundo especialistas, instrutores e os próprios motoristas. Só em 2011, 3.335 habilitações foram apreendidas no Distrito Federal e, desse total, 77 foram cassadas.

Segundo o pesquisador da UnB (Universidade de Brasília) Davi Duarte, especialista em segurança no trânsito, falta também acompanhamento do motorista pelo órgão fiscalizador de trânsito, o Detran (Departamento de Trânsito).

O especialista explica que, à medida que o condutor se sente relaxado para enfrentar as ruas, acaba se abrindo para riscos diferentes ao se sentir capaz de infringir as leis de trânsito, como, por exemplo, exceder a velocidade permitida ou furar um sinal vermelho.


Só em 2011, 3.335 habilitações foram apreendidas no Distrito Federal e, desse total, 77 foram cassadas

O estudante Tadeu Mendonça, 20 anos, habilitado para dirigir há menos de um mês, conta que, ao contrário do curso teórico, as aulas práticas foram falhas. Ele reclama da falta de comunicação dos instrutores de autoescola.

— O instrutor evita que o carro faça alguma manobra inadequada, mas não dá tantas instruções. Às vezes ele interferia sem avisar e não explicava a minha falha. Muitas vezes ele saia do carro e não me acompanhava enquanto eu treinava o estacionamento, ou falava ao telefone enquanto eu estava dirigindo. Faltou acompanhamento e mais interação.

As reclamações de Mendonça e dos colegas que fizeram autoescola junto com ele refletem no que mais tarde outros motoristas irão chamar de "barbeiragem". No último ano, o DF registrou 4.117 acidentes de trânsito com mortes.

De acordo o instrutor Alexandre Sales, que há seis anos dá aulas para condutores já habilitados, mas que se sentem inseguros para dirigir, o principal problema desses motoristas é a dependência gerada pelo carro da autoescola, que é adaptado com pedais no lado do passageiro para possibilitar a interferência do instrutor caso o aluno faça algo prejudicial ao trânsito ou que possa causar algum acidente.

— Quando eles tiram a carteira de motorista e saem sozinhos ficam com medo do trânsito.

Além disso, Sales aponta que muitos candidatos não estão preparados para enfrentar o trânsito. Capacitados apenas para passar no teste, eles se sentem acomodados e amparados pelo cumprimento da carga horária exigida. O Conselho Nacional de Trânsito determina que o candidato cumpra 45 horas de aulas teóricas e 20 horas de aulas práticas.

Para o assistente de trânsito do Detran-DF, Raimundo Lago, é comum que a habilidade para dirigir seja conquistada apenas no cotidiano.

— No dia da prova, é verificado o grau de habilidade que o candidato tem para dirigir um veículo automotor na malha viária. Mas ele vai encontrar diversas situações que ele não encontrou no dia do exame e é com o dia a dia que ele vai se adequando.

O especialista em segurança no trânsito condena justamente esse modelo de teste aplicado pelo Detran. Para Duarte, o exame deveria ser mais rigoroso.

— Em alguns países, os exames chegam a durar até duas horas. O exame que é feito no Brasil é muito simples, dura cerca de 15 minutos. O examinador simplesmente olha se o condutor sabe dirigir e dirigir é muito mais do que manobrar um carro. É preciso avaliar como o condutor se comporta em situações de risco, em imprevistos que surgem no transito.

















http://noticias.r7.com/distrito-fede...-20120706.html
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #1094  
Old Posted Jul 7, 2012, 8:58 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,902
Em três meses, quase 1,8 mil edificações em locais irregulares foram demolidas no DF




Invasões e parcelamentos ilegais do solo são constantes no Distrito Federal há décadas, e deram origem a diversos problemas ambientais e urbanísticos. De acordo com a estimativa da Secretaria de Condomínios do DF, cerca de 800 mil moradores habitam áreas não regularizadas pelo governo. Números que podem crescer cada vez mais, à medida que novos parcelamentos de solo irregular são iniciados pela população, que ignoram a proibição de construir nas áreas ilegais.


Devido à dimensão do problema, ações contra o parcelamento irregular do solo têm sido constantes. Conforme os dados da Secretaria de Ordem Pública do DF (Seops), Águas Claras/Arniqueiras e Ceilândia foram os locais que mais tiveram atuações do Comitê de Combate ao Uso Irregular do Solo este ano. De janeiro a março – levantamento mais recente –, somaram 71 operações, com aproximadamente cem construções irregulares derrubadas.


Mas foram as regiões administrativas de São Sebastião, Sobradinho e Itapoã que tiveram mais edificações retiradas pelos agentes, com 1.393 construções derrubadas nos três locais até março deste ano.


Em comparação ao mesmo período do ano passado, houve um aumento de 78% no número de operações promovidas pelo comitê. Em todo o Distrito Federal, foram feitas 134 ações nos três primeiros meses desse ano, resultando em 1.791 edificações retiradas. A Seops, responsável por coordenar as ações, informou que será divulgado na próxima semana o balanço total das operações feitas no primeiro semestre deste ano.

“As operações estão acontecendo com mais frequência para não estimular essa prática de alguns, que vendem terras a pessoas que acabam as comprando de boa fé. Estamos atuando em áreas passíveis de regularização, para que essa grilagem não ocorra”, ressaltou o secretário de Condomínios, Wellington Luis.



Segundo ele, a omissão do Estado nos últimos anos em atender a demanda por moradias deu espaço para os grileiros agirem indiscriminadamente na venda e divisão de terras. Situação que se arrastou por anos, e sem qualquer controle.
“O DF não faz ideia do tamanho do problema. Hoje, praticamente metade da população tem algum problema com a regularização dos terrenos, de um jeito ou de outro. Se fizerem uma pesquisa mais aprofundada, talvez até ultrapasse os 800 mil”, declarou Luis.














http://www.jornaldebrasilia.com.br/s....php?id=411848
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #1095  
Old Posted Jul 8, 2012, 12:30 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,902
Empresários investem em franquias ou licenciamentos para expandir marcas




A forte demanda dos brasilienses por serviços e opções de lazer de qualidade tem atraído cada vez mais empresas para o Distrito Federal interessadas em abocanhar parte da maior renda per capita do Brasil. Apesar desse movimento migratório, os empreendedores locais também têm investido em modelos de negócio diferenciados a fim de expandir as marcas locais por meio de franquias ou licenciamentos. Especialistas dizem que, ao optar por uma das duas metodologias, o interessado tem mais segurança e subsídio para explorar uma atividade comercial, além de realizar o sonho de ser o próprio patrão.

O advogado e especialista em direito empresarial Jackson Domenico explica que os dois modelos de negócio são bem distintos e oferecem um bom retorno financeiro para os interessados (veja quadro). No caso das franquias, Domenico detalha que o investidor cria um vínculo com a empresa detentora da marca e tem um acompanhamento para implantar, operacionalizar e gerenciar a firma.


Além disso, recebe a transferência de tecnologia, o treinamento de empregados e comercializa produtos com aceitação no mercado. Dados da Associação Brasileira de Franchising indicam que o segmento de franquias no Brasil cresceu 16,9% em 2011 e atingiu o faturamento de R$ 88,8 bilhões. Para 2012, a entidade acredita que o ritmo de crescimento fique em torno de 15%.













http://www.correiobraziliense.com.br...r-marcas.shtml
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #1096  
Old Posted Jul 8, 2012, 11:43 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,902
Governo obtém mais recursos para habitação no DF



O governador Agnelo Queiroz sancionou na última sexta-feira (6) dois projetos de lei que irão trazer muitos benefícios sociais e econômicos para a cidade. O primeiro autoriza o Executivo a contratar financiamentos de até R$ 45 milhões junto à Caixa Econômica Federal para a construção de casas populares no Paranoá por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). O segundo diz respeito ao Parque Tecnológico Capital Digital e autoriza a destinação de terreno para o Banco de Brasília (BRB), que irá instalar o seu datacenter no local. Os projetos sancionados serão publicados na edição de amanhã (segunda-feira, 9 de julho) do Diário Oficial do DF (DODF).


“Essas são iniciativas muito importantes para o desenvolvimento do Distrito Federal. Teremos a garantia de recursos para construir mais moradias destinadas à população que realmente precisa, e com toda a infraestrutura necessária. Isso representa dignidade para a nossa população”, ressaltou o governador Agnelo Queiroz. “E também vamos instalar no Parque Tecnológico o datacenter do Banco de Brasília. Lá já existem os datacenters da Caixa e do Banco do Brasil, mas o do BRB é fundamental para o nosso projeto de fazer do Banco de Brasília um banco voltado ao desenvolvimento regional. Precisamos investir em tecnologia para fortalecer esse tão importante agente de fomento para o crescimento econômico do DF e de toda a região Centro-Oeste”, acrescentou.


Os recursos destinados à área habitacional serão aplicados na execução das obras de infraestrutura do Projeto Habitacional de Interesse Social do Paranoá Parque. Está prevista a construção de mais de 5 mil unidades habitacionais na região, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). O valor financiado será investido em obras de terraplanagem, rede de drenagem, rede de abastecimento de água, rede coletora de esgotos sanitários, paisagismo e arborização, redes de distribuição elétrica, iluminação pública e pavimentação asfáltica, calçadas e meios-fios.


“Esta é mais uma ação de grande relevância para a Habitação no DF. Estamos trabalhando para zerar o déficit habitacional, com o lançamento de 100 mil unidades habitacionais. Já lançamos mais de 24 mil, todas em local com infra-estrutura completa. Além disso, priorizamos o desenvolvimento sustentável”, ressalta o secretário de Habitação, Rafael Oliveira.


As novas unidades do Paranoá fazem parte do programa federal Minha Casa, Minha Vida. Para ter acesso ao financiamento, os moradores do DF devem estar inscritos no programa Morar Bem, para terem direito às casas, que são financiadas pela Caixa Econômica Federal. Para participar, é necessário estar registrado no novo Cadastro Habitacional do DF, realizado pela Secretaria de Habitação, Regularização e Desenvolvimento Urbano (Sedhab) e atender aos pré-requisitos estipulados. Entre eles, morar no Distrito Federal nos últimos cinco anos, não ter outros imóveis e possuir renda mensal familiar de até 12 salários mínimos. O novo cadastro habitacional no DF foi criado nesta gestão e traz transparência e isonomia ao processo para aquisição da casa própria.


Datacenter – O governador Agnelo Queiroz sancionou ainda o projeto de lei que autoriza a alteração de uso e ajustes no terreno no Parque Tecnológico Capital Digital. O projeto prevê a destinação de área no local para a construção de um complexo computacional que abrigará a gestão, o desenvolvimento e a produção de Tecnologia da Informação do BRB, além de um datacenter próprio. Ele ficará próximo ao datacenter do Banco do Brasil e ao da Caixa Econômica Federal.


A garantia de um centro de tecnologia próprio para o BRB reforça as ações de fortalecimento e valorização do banco, principal agente financeiro do DF, promovidas por esta gestão. Além disso, é uma medida estratégica à modernização do BRB. O terreno ainda será comprado pelo banco, por meio da Terracap. A estimativa é de que as obras tenham início já no próximo ano.


“Esse é um dos principais investimentos que o GDF poderia fazer no BRB, já que atualmente uma das maiores necessidades da instituição é a atualização e modernização na área de Tecnologia da Informação (TI). A sanção desta lei traz para o BRB uma contribuição muito forte no sentido de modernização do banco. E o resultado final será a possibilidade deum atendimento mais ágil para os clientes”, destaca o diretor presidente do BRB, Jacques Pena.


Fonte: Agência Brasília












http://www.jornaldebrasilia.com.br/s....php?id=411937
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #1097  
Old Posted Jul 10, 2012, 12:04 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,902
Ladrões armados levam R$ 240 mil de mulher em shopping de Taguatinga



Vítima é funcionária de lotérica e levava dinheiro para depositar no banco Dois disparos foram efetuados no momento da fuga; ninguém se feriu.


Dois homens armados assaltaram a gerente de uma lotérica na manhã desta segunda-feira (9) em um shopping em Taguatinga Norte e levaram R$ 240 mil em dinheiro. De acordo com a polícia, o assalto ocorreu no momento em que a funcionária ia depositar o dinheiro da lotérica em um banco que fica no mesmo centro comercial.
Um dos homens estava armado com uma pistola .40 e efetuou dois disparos no momento da fuga. Ninguém ficou ferido. O delegado-chefe adjunto da 12ª Delegacia de Polícia de Taguatinga, Fábio Costa dos Prazeres, informou que um terceiro suspeito dirigia um carro preto que aguardava os assaltantes do lado de fora do shopping.
Segundo o delegado, provavelmente os assaltantes já tinham observado a rotina da gerente da lotérica e ficaram aguardando o momento em que ela seguiria para o banco para depositar o dinheiro. “O assalto foi planejado. Imaginaram que a pessoa tinha uma grande quantia em dinheiro por causa do movimento da sexta-feira e do sábado”, disse Prazeres.

A polícia ainda não identificou os suspeitos. Imagens do circuito interno de TV do shopping auxiliará nas investigações.









http://g1.globo.com/distrito-federal...aguatinga.html
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #1098  
Old Posted Jul 10, 2012, 5:55 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,902
Brasília prevê investimentos de R$ 161 milhões em segurança até 2014


Com a chegada da Copa das Confederações e da Copa do Mundo, Brasília vai investir cerca de R$ 85 milhões na instalação de câmeras de monitoramento e de sistemas inteligentes. Além disso, haverá o investimento de R$ 76 milhões na criação do Centro de Comando e Controle Integrado (CCCI) para oferecer à Capital Federal uma central dotada de dezenas de monitores de vídeo de alta definição que receberão as imagens de centenas de câmeras espalhadas pelas ruas do Distrito Federal.

No total serão 12 unidades da Federação nas cidades-sedes da Copa do Mundo de 2014. O Governo Federal investirá cerca de R$ 1,17 bilhão para instalar centros de comando e controle nessas localidades. A expectativa é que os primeiros centros fiquem prontos para a Copa das Confederações, evento preparativo para a Copa do Mundo. Em junho de 2013.

Segundo o secretário extraordinário de Segurança para Grandes Eventos e delegado federal, Valdinho Jacinto Caetano, as cidades do Rio de Janeiro e Brasília serão centros nacionais e receberão as imagens de todo o país. "É possível que algumas cidades tenham hoje não um centro de comando e controle, mas um embrião dele. Nós vamos até lá, verificamos o que existe e calculamos o que é necessário para transformar isso no padrão Copa do Mundo", explicou o secretário.

O secretário de estado de Segurança Pública do Distrito Federal, Sandro Torres Avelar, destacou as ações tomadas até o momento para tentar garantir que a violência fique de fora do Mundial. “A cidade já teve treinos antiterrorismo no Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek e na Torre de TV. Estamos também oferecendo curso de proteção de autoridades para todas as forças de segurança. Além disso, desde maio deste ano, a Comissão Distrital de Segurança Pública se reúne para discutir o plano de segurança da capital para grandes eventos”, ressaltou.









http://www.correiobraziliense.com.br...ate-2014.shtml
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #1099  
Old Posted Jul 10, 2012, 5:57 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,902
Brasilienses tem maior renda per capita e são os maiores devedores do país



Todo mundo tem sonho de consumo. Quer ter um carro, uma casa e coisas de primeira linha. O problema é que alguns acabam comprometendo demais o orçamento familiar. Os brasilienses possuem a maior renda per capita do Brasil (média de R$ 5 mil) e também são os maiores devedores. Quando é feita uma relação entre o valor devedor com a quantidade de habitantes do Distrito Federal, cada pessoa tem uma dívida de mais de R$ 11 mil.

No entanto, isso não significa que não seja um bom pagador, uma vez que a taxa de inadimplência é de 4,6% – uma das menores do País, de acordo com dados do Banco Central. Ou seja, o brasiliense compromete sua renda com prestações, mas pagando em dia. Segundo especialistas, boa parte das pessoas entra na dívida por adquirir bens duráveis.

Foi o que aconteceu com o casal Girlayne Rudy e Carlos Alberto Guedes. “A família cresceu e vimos que era a hora de ter coragem e lutar por algo próprio. Foi então que decidimos vender dois carros, fazer um empréstimo e comprar um lote. E para construir, fizemos um refinanciamento e pegamos mais dinheiro”, explica a técnica em enfermagem.







http://www.jornaldebrasilia.com.br/s....php?id=412123
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #1100  
Old Posted Jul 11, 2012, 1:01 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,902
Postos do DF são condenados por cartel. Multa chegará a 5% do faturamento


Tribunal Regional Federal da 1ª Região confirma entendimento do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), do Ministério da Justiça. Revendedoras e sindicato combinaram ações para evitar a instalação de unidades pelos supermercados




Com base na Lei Antitruste, 98% dos postos e o sindicato serão multados por ação combinada contra o ingresso de novos agentes no mercado


A 6ª Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região acolheu ontem o recurso apresentado pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), do Ministério da Justiça, contra revendedoras de combustíveis do Distrito Federal por formação de cartel. Após a decisão adotada por unanimidade pelo TRF, o Cade agora está livre para executar uma multa correspondente a 5% do faturamento dessas empresas em 1998, ano anterior à instauração do processo administrativo no conselho.


Com base na Lei Antitruste, o Cade condenou, em 2004, 98% das revendedoras de combustíveis do Distrito Federal e o Sindicombustíveis-DF por terem combinado ações para prevenir a instalação de postos em supermercados. A mais importante dessas medidas foi a coordenação entre as empresas a fim de que fosse aprovada uma lei distrital impedindo a construção de postos, a exemplo do que fazem em outras cidades gigantes do comércio varejista, como o Carrefour e o Extra.











http://www.correiobraziliense.com.br...uramento.shtml
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
This discussion thread continues

Use the page links to the lower-right to go to the next page for additional posts
 
 
Reply

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Regiões Metropolitanas Mundiais
Forum Jump


Thread Tools
Display Modes

Forum Jump


All times are GMT. The time now is 3:11 AM.

     

Powered by vBulletin® Version 3.8.7
Copyright ©2000 - 2019, vBulletin Solutions, Inc.