HomeDiagramsDatabaseMapsForumSkyscraper Posters
     

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Regiões Metropolitanas Mundiais

Reply

 
Thread Tools Display Modes
     
     
  #3161  
Old Posted Today, 12:07 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is online now
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 17,242
Parece que o Hospital Sirio Libanes desistiu de vez de abrir uma unidade em Brasília. Entrou com pedido no Pro DF. E claro, a burrocracia exigiu adivinha o que, o estudo de viabilidade econômica do hospital... Piada né.
Reply With Quote
     
     
  #3162  
Old Posted Today, 12:57 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is online now
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 17,242
Olha que interessante, enquanto médicos e CADE impediram da Copa D'or comprar hospitais em Brasília devido a concentração de mercado, olha que beleza que acabei de descobrir na internet. E até agora nem médicos e nem CADE deram um pio.



Na saúde, a nova menina dos olhos do Pátria


No último ano, silenciosamente, o Pátria Investimentos vem construindo um império da oftalmologia.

A gestora já comprou sete clínicas e hospitais especializados e colocou todos sob uma holding, a Hospital de Olhos do Brasil, que já se apresenta como “a maior empresa do setor na América Latina”.

O faturamento combinado das empresas adquiridas já chega a R$ 700 milhões, e a meta é faturar R$ 1 bilhão em 2018.

A estratégia do Pátria é conhecida no mercado financeiro como um 'roll up': o investidor escolhe um setor pulverizado e sai comprando empresas até construir massa crítica, pagando parte em dinheiro e parte em ações da holding.

É um modelo que já foi tentado na Brasil Brokers e na Brasil Insurance, por exemplo, e que sofre – às vezes de forma letal – se os interesses dos novos sócios não forem bem alinhados.

No caso da Olhos do Brasil, os médicos continuam à frente das clínicas e deixam de se preocupar com as áreas-meio. Além disso, passam a contar com a expertise do Pátria para achar um comprador para a holding ou levar o negócio para a Bolsa quando tiver musculatura suficiente.

A mais recente aquisição foi há dez dias, quando a holding fechou a compra do Grupo Inob, que tem dois hospitais em Brasília focados em processos de alta complexidade. Desde abril de 2016, a Olhos do Brasil já comprou o Instituto Olhos de Freitas, a DayHorc e a Clínica Villas, na Bahia; o Hospital Oftalmológico de Brasília (HOB); e o Hospital de Olhos Santa Luzia, em Alagoas.

Amaury Guerrero, ex-CEO da operação brasileira da Alcon – a divisão oftalmológica da Novartis – foi contratado neste ano para comandar o negócio.

Ao contrário da medicina diagnóstica, que já conta com diversos competidores consolidados e listados na Bolsa, os hospitais oftalmológicos ainda são um 'oceano azul' para investidores.

Trata-se de um negócio em que se ganha na consulta, no exame e nas cirurgias, que são normalmente de baixa complexidade.

“O paciente faz tudo em um lugar. Normalmente, são cirurgias rápidas e com certa escala. Não tem as margens dos procedimentos de alta complexidade, mas, por outro lado, corre-se muito menos risco de estouro de custo e é mais fácil de padronizar processos”, diz uma fonte que conhece o setor.

No ano passado, a UnitedHealth, dona da Amil, comprou a rede de 18 clínicas oftalmológicas do então presidente do Einstein, Claudio Lottenberg, por R$ 200 milhões. Meses depois, Lottenberg assumiu a presidência da UnitedHealth no Brasil.

A experiência mais recente do Pátria com um 'roll up' não faz brilhar os olhos.

A Alliar, empresa de medicina diagnóstica criada pelo Pátria com o mesmo modelo da Olhos do Brasil, nunca valeu mais que os R$ 20/ação de sua estreia na Bolsa, em outubro do ano passado. O papel chegou a cair para R$ 11,80 em março e hoje negocia na faixa dos R$ 16,50.

Fonte: http://braziljournal.com/na-saude-a-...lhos-do-patria
Reply With Quote
     
     
  #3163  
Old Posted Today, 1:43 AM
Mineiro Mineiro is offline
Registered User
 
Join Date: Dec 2016
Location: Brasília
Posts: 34
Quote:
Originally Posted by pesquisadorbrazil View Post
Formosa pode esquecer, como era de especuladores imobiliários tentando colocar tentáculos lá, só que dançaram, pensaram que Formosa era curral de Brasília.

O projeto se encontra natimorto.

Agora os projetos de Aguas Claras, Gama e Planaltina de PaulOOctavio, dependem de aprovação governamento, nem tanto de economia, pois inclusive, em várias reuniões de empresários, ele só aguarda o GDF liberar para lança-los.
falando em Formosa, aquele Taj Mahal, tem uns 4 anos de construção e só por agora terminaram a primeira torre.. e os shoppings de Planaltina e Gama, principalmente o do gama vai dar uma sacudida na economia de ambas!
Reply With Quote
     
     
  #3164  
Old Posted Today, 2:45 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is online now
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 17,242
E por falar em hamburguerias.... olha só essa....


Em Breve - 104 Sul

Detalhes da obra, mas sem data para inaugurar...

Reply With Quote
     
     
End
 
 
Reply

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Regiões Metropolitanas Mundiais
Forum Jump


Thread Tools
Display Modes

Forum Jump


All times are GMT. The time now is 5:32 AM.

     

Powered by vBulletin® Version 3.8.7
Copyright ©2000 - 2017, vBulletin Solutions, Inc.