HomeDiagramsDatabaseMapsForumSkyscraper Posters
     

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Notícias do Brasil - Imprensa Nacional

Reply

 
Thread Tools Display Modes
     
     
  #121  
Old Posted Dec 6, 2016, 7:19 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 11,965
Bem que a IKEA poderia entrar com força no mercado nacional com essa aquisição
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #122  
Old Posted Dec 14, 2016, 12:22 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 17,225
Das Brot consolida seu crescimento em São Paulo e abrirá sua segunda unidade em menos de três meses


Das Brot consolida seu crescimento em São Paulo e abrirá sua segunda unidade em menos de três meses: A rede de franquia Das Brot continua seu crescimento a passos largos e abrirá sua segunda unidade em São Paulo, agora no bairro de Perdizes. A inauguração da loja está prevista para fevereiro de 2017.

A facilidade operacional, a elegância da unidade de Moema, e os ótimos resultados logo na abertura da loja trouxeram muitos investidores interessados, e em menos de três meses da abertura da loja já foi assinado um novo contrato de franquia para o bairro de Perdizes. “O planejamento para 2017 é a abertura de outras quatro lojas em São Paulo e a abertura do mercado em capitais como Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo Horizonte, Curitiba, Fortaleza e Brasília, sem descuidar do comprometimento com o desenvolvimento da marca Das Brot, da transmissão com excelência do nosso conceito e de proporcionar uma experiência gastronômica diferenciada aos clientes que desejam provar um pedaço da Alemanha sem sair do Brasil”, reforça o sócio Tiago Turatto.

Danilo Almeida de Araujo, franqueado na nova unidade de Perdizes, enfatiza que é importante à empatia imediata com a proposta e o perfil da franquia, sonhar o mesmo sonho idealizado pela marca, o que aconteceu na sua primeira visita a uma loja da rede Das Brot. “A operação enxuta dentro de uma loja compacta, baixo CMV e o ambiente aconchegante proporciona uma viagem cultural com um clima que faz toda a diferença no momento em que o cliente busca por um produto prático e de alta qualidade” afirma Danilo.

Com um retorno de investimento calculado entre 24 e 36 meses o negócio tem sido muito atrativo aos novos investidores, além é claro, de poder trabalhar em um negócio diferenciado com produtos de altíssima qualidade que estão conquistando o paladar dos brasileiros cada vez mais exigentes.

Os produtos Das Brot são feitos com ingredientes integrais, sem conservantes e submetidos ao mais rigoroso controle de qualidade, com quantidades balanceadas de fibras, carboidratos e sais minerais. Para saber mais sobre a história dessa arte de panificação que começou em 1688, na cidade alemã Hamburgo-Altona, acesse www.dasbrot.com.br. Investidores interessados podem entrar em contato pelo e-mail expansao@dasbrot.com.br

Fonte: http://www.suafranquia.com/noticias/...res-meses.html
Reply With Quote
     
     
  #123  
Old Posted Jan 24, 2017, 11:52 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 17,225
Empresa de Santa Maria abre franquia em Porto Alegre e tem plano ousado de expansão

Fábrica de linguiças premium pretende abrir filiais até em São Paulo e Brasília nos próximos dois anos


O ano de 2017 começou com o pé direito para a Linguiçaria Premium, que nos últimos cinco anos já conquistou boa clientela em Santa Maria com seus 60 tipos de linguiças especiais. Ontem, a empresa inaugurou sua primeira franquia, que funciona na Avenida Goethe, 42, loja 3, em Porto Alegre.

Na loja da Capital, são três sócios: Bibiana Malgarin, de Santa Maria, que já gostava dos produtos da empresa, e Mariana Rocha e Renato Marques, de lá. No primeiro momento, eles vão vender, na Capital, 30 das 60 variedades de linguiças especiais feitas aqui em Santa Maria, além de carnes nobres de cordeiro da marca santa-mariense Chibito.

Faculdades de Santa Maria oferecem 535 vagas em processos Extravestibular

Clandio Tolio Flores, sócio da Linguiçaria Premium, diz que esse é apenas o primeiro passo da expansão e que, nos próximos dois anos, pretende chegar a 15 franquias. Isso foi possível porque a empresa obteve o selo de inspeção sanitária nacional, que permite vender para todo o país. Já negocia com empresários de cidades como Santa Cruz do Sul, Caxias do Sul, Chapecó, Florianópolis, São Paulo e Brasília.

MPF investiga novos casos suspeitos de fraude habitacional em Santa Maria

Ele pretende construir ainda este ano uma fábrica no Distrito Industrial de Santa Maria para dar conta da demanda e empregar 20 pessoas.

fonte: http://diariodesantamaria.clicrbs.co...o-9566705.html
Reply With Quote
     
     
  #124  
Old Posted Feb 14, 2017, 11:53 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 17,225
Grupo italiano passa a produzir linha de móveis exclusivos na Bahia


Secretário Wagner com diretor da Natuzzi

A marca italiana Natuzzi resolveu escrever um novo capítulo na sua história com o Brasil. A partir de agora, a unidade fabril de Simões Filho, na Bahia, será a única em todo o mundo a fabricar a linha de móveis premium, Natuzzi Italia. Segundo Raul Folleti, diretor financeiro da marca, esta é a primeira vez no mundo que produtos feitos exclusivamente na Itália passam a ser produzidos fora do país de origem. "Isso é uma vitória enorme para nós porque significa vender os mesmos produtos a 35/40% a menos. O sofá que você acha na Itália, agora você acha aqui também. Tem a mesma receita, o mesmo código. Está no sistema mundial", afirma.

Nesta segunda-feira (13/02), o secretário de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner, visitou a 9ª edição do Congresso Natuzzi no Brasil que acontece na sua unidade fabril na Bahia até a próxima sexta-feira. Wagner, que foi recepcionado por Ottavio Milano, diretor presidente da marca na América do Sul, conheceu de perto a linha Itália que passou a ser produzida em Simões Filho. Na oportunidade também visitou a linha de produção que funciona no mesmo local.

De acordo com Milano, a fábrica baiana que já produz a linha Natuzzi Editions cresceu 45% nos últimos dois anos enquanto a área de móveis caiu 30%. "Treinamos funcionários para trabalhar com software italiano. Os desenhos e projetos dos nossos sofás são italianos, a ficha técnica é italiana. É um pedaço da Itália que está aqui. É um orgulho dizer que o projeto é italiano, o estilo é italiano, a firma é italiana, mas a mão de obra é brasileira", diz.

"Fico muito feliz em saber disso. Eu costumo dizer que a melhor qualidade baiana é a nossa mão de obra", afirma o secretário Wagner que completa dizendo: "A Natuzzi é patrimônio para Bahia. As empresas são símbolo do que um país consegue fazer", afirma.


Histórico

Milano, presidente da marca na América do Sul, afirma que a Natuzzi no Brasil passou por uma mudança de conceito. Até 2014 a marca tinha como estratégia focar na grande distribuição de sofás e poltronas com um valor agregado muito baixo, entretanto em 2015 mudou de estratégia e diminuiu a quantidade de produtos produzidos e aumentou o valor agregado.

"Em 2015, conseguimos produzir R$ 52 milhões com o mesmo número de funcionários que precisávamos em 2011 para produzir R$ 8 milhões. No último trimestre de 2016, contratamos aproximadamente 30 novos funcionários de produção e ampliamos o setor de varejo com a contratação de 2 arquitetas, e o setor de marketing com a contratação de uma assessora", afirma.

Hoje a unidade baiana tem 218 funcionários e além de atender o mercado brasileiro voltou a exportar para a América do Sul há dois anos. A marca conta com 21 lojas exclusivas da marca e até o final de 2017 planejam alcançar 38 somente da linha Natuzzi Editions no Brasil e pelo menos uma loja em mais quatro países, Paraguai, Argentina, Colômbia e Uruguai. Além disso, a expectativa é terminar o ano com quatro a sete da linha Natuzzi Italia.

A primeira loja Natuzzi Italia no Brasil foi aberta em dezembro passado, em São Paulo, na Avenida Gabriel Monteiro da Silva, uma das avenidas mais luxuosas de móveis de toda a América do Sul. Atém março serão abertas mais duas unidades, uma em Brasília e outra em Curitiba.

Fonte: http://bahiaja.com.br/economia/notic...a,98320,0.html
Reply With Quote
     
     
  #125  
Old Posted Feb 14, 2017, 11:53 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 17,225
Será que essa nova loja Natuzzi seria no CasaPark ou Park Designer?
Reply With Quote
     
     
  #126  
Old Posted Mar 16, 2017, 12:45 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 17,225
Oven Pizza inicia expansão da marca em aeroportos


Pizzaria irá inaugurar unidade no Aeroporto Internacional Afonso Pena no mês de maio A Oven Pizza chegará ao mês de maio com mais duas unidades confirmadas,incluindo uma no Aeroporto Internacional Afonso Pena. A outra loja será aberta também em Curitiba, no Shopping Estação.

A previsão para o fim do primeiro semestre é ter 14 franquias. A unidade no Aeroporto Internacional Afonso Pena será a primeira a atender ao público que frequenta aeroportos. “Entrar em um aeroporto é um divisor de águas da marca, e que a Oven Pizza começa a aparecer para um público ainda maior em nível internacional, gerando grande fluxo de investidores e potenciais franqueados.

É uma vitrine que vai posicionar a Oven de uma forma diferente no mercado, por isso o foco é abrir outras lojas em aeroportos”, explica o fundador da Oven Pizza, Rafael Soares.

Além de Curitiba, o mapa de expansão da rede de pizzaria inclui estudos para abrir lojas em aeroportos de São Paulo e Porto Alegre. A estratégia é fazer com que a marca seja conhecida em todo o país. Mais sete espaços ainda estão em negociação para a instalação da Oven Pizza.

O anúncio das novas unidades deve ocorrer nos próximos dias. Até o final do ano, a previsão é de que a Oven Pizza tenha uma unidade em Brasília, mais uma em São Paulo e Belo Horizonte e Londrina. Atualmente, a marca tem sete lojas entre as regiões Sul e Sudeste.


Fonte: http://www.tribunapr.com.br/blogs/be...merica-latina/
Reply With Quote
     
     
  #127  
Old Posted Apr 4, 2017, 1:09 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 17,225
Empresa nega que hospital em Cuiabá será filial do Einstein

Emanuel Pinheiro chegou a dizer que Cuiabá venceu concorrência com Campo Grande para trazer filial de hospital referência no Brasil


A empresa Trade Invest – Investimento e Desenvolvimento S/A, grupo de investimento e operações imobiliárias, emitiu nota na tarde desta segunda-feira (03) desmentindo as informações sobre a suposta instalação do Hospital Israelita Albert Einstein em Cuiabá. De acordo com a Trade Invest, em nenhum momento das reuniões que teve em Cuiabá foi mencionada a gestão da entidade Albert Einstein e, consequentemente, a instalação de sua sede no município.

A empresa destacou que que investe apenas na infraestrutura imobiliária, e não operam unidades hospitalares. “Não existem tratativas para implantação da filial do hospital israelita Albert Einstein em Cuiabá”, garante a empresa.

O modelo de negócio da Trade Invest preza pela abertura de licitação para a contratação de gestores independentes após a conclusão dos referidos investimentos imobiliários. O grupo prevê investimentos de R$ 500 milhões na cidade, na região do Sucuri, o que resultará na formação de “um novo bairro”.

Da mesma forma, a empresa esclarece que o empreendimento Trade Life Hospital Cuiabá é um projeto listado em um fundo de investimento imobiliário já registrado e homologado, em que estarão desenvolvendo e implantando uma rede hospitalar considerando inicialmente quatro cidades: Cuiabá (MT), Joinville (PR), Brasília (DF) e Campinas (SP).

A empresa também nega os valores e diz que se reuniu com o prefeito, secretários e Ministério Público, e atribui a informação divulgada pela prefeitura como “excesso de entusiasmo”. “Talves no excesso de entusiasmo, informação parcial ou qualquer outra em função da extrema fragilidade do sistema de saúde local, o projeto Trade Life Hospital Cuiabá tenha extrapolado as expectativas, gerando este infortúnio”, diz a nota.


COPARTICIPAÇÃO

Um dos diretores da unidade de saúde, o suplente de deputado federal José Augusto Curvo, o "Tampinha" (PSD), informou que o Trade Life terá a coparticipação do Albert Einstein. No entando, as cotas dele não estarão sob administração do hospital paulista.

“Acho que ele confundiu. O hospital tem a bandeira Trade Life e contará apenas com a coparticipação do Albert Einstein. O hospital será um investimento do Trade Invest e que depois venderá cotas e quem quiser ser investidor poderá comprar cotas também”, corrigiu.

Fonte: http://www.emnoticias.com.br/noticias/geral/35792/
Reply With Quote
     
     
  #128  
Old Posted Apr 4, 2017, 1:13 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 17,225
No outro forum, o povo nem espera para postar a matéria correta. Eu sei que o Albert Einstein tem projeto no Rio de Janeiro. Só e algum boato deles virem para Brasília, mas nada sério. Inclusive o local que o GDF ofereceu para eles, seria no SMDB. Subida para o Jardim Botânico. Mas depois que os moradores enjoados do Lago Sul se mobilizaram contra o Hospital se instalar ali, ficou só no boato mesmo a vinda deles para cá.
Reply With Quote
     
     
  #129  
Old Posted Apr 5, 2017, 1:28 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 17,225
Será que no pacote de Brasília, teremos o hotel da marca Hilton anexo ao Hospital Trade Life igual de Cuiabá?


Fonte: http://www.olhardireto.com.br/notici...ton-na-capital

Claro, se em Brasília sair algo do gênero será fora do Plano Piloto.

Last edited by pesquisadorbrazil; Apr 12, 2017 at 3:08 AM.
Reply With Quote
     
     
  #130  
Old Posted Apr 6, 2017, 2:45 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 17,225
Acabei de ficar sabendo que o projeto de Brasília, será construído numa área de 60 mil m2, e será lançado nos próximos 60 ou 90 dias. Será praticamente o mesmo conceito.
Reply With Quote
     
     
  #131  
Old Posted Apr 6, 2017, 7:58 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 17,225
Carrefour reinaugura três supermercados no País

Sob o conceito Nova Geração, duas lojas da bandeira Bairro estão localizadas na capital Federal e a terceira em Ribeirão Preto (SP)


O Carrefour reinaugurou sexta-feira passada (31/3) mais três supermercados da bandeira Bairro sob o conceito Nova Geração. As unidades estão localizadas nas cidades de Ribeirão Preto (SP) e Brasília (DF). De acordo com informações da varejista, o conceito Nova Geração refere-se a um projeto arquitetônico desenvolvido a partir de pesquisa qualitativa sobre o comportamento e as preferências do consumidor brasileiro.

Situadas no centro de Ribeirão Preto (SP) e nos bairros Asa Sul e Bom Motivo de Brasília (DF), as lojas Carrefour Bairro foram totalmente transformadas e exibem agora novo layout. Além disso, a unidade Asa Sul I será o primeiro supermercado Carrefour Bairro a operar em todo o Brasil sob o modelo 24 horas.

Atualmente, a bandeira Carrefour Bairro conta com 40 unidades no País, 14 delas já operando sob o conceito Nova Geração, nas cidades de São Paulo (SP), São Bernardo do Campo (SP), Campinas (SP) Indaiatuba (SP), Taubaté (SP), Itu (SP), Salto (SP), Vinhedo (SP), Ribeirão Preto (SP) e Brasília (DF).

Em 2016, nove supermercados foram reinaugurados sob o mesmo conceito. No caso dos hipermercados, atualmente a rede conta com 64 unidades totalmente renovadas. Segundo a companhia, as inaugurações fazem parte do plano de revitalização dos supermercados e hipermercados da rede que é impulsionada pelos bons resultados das lojas transformadas.

Fonte: http://www.sm.com.br/detalhe/ultimas...rcados-no-pais
Reply With Quote
     
     
  #132  
Old Posted Apr 7, 2017, 4:55 PM
fabiano's Avatar
fabiano fabiano is offline
Registered User
 
Join Date: May 2013
Location: Brasília
Posts: 1,039
Aonde raios fica localizado o bairro Bom Motivo? rsrsrs.
Reply With Quote
     
     
  #133  
Old Posted Apr 7, 2017, 7:49 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 17,225
Quote:
Originally Posted by fabiano View Post
Aonde raios fica localizado o bairro Bom Motivo? rsrsrs.
Creio que seja no Lago Sul...
Reply With Quote
     
     
  #134  
Old Posted May 7, 2017, 5:46 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 17,225


Breton expande no território brasileiro com franquias: Marca de móveis de alto padrão para áreas interna e externa amplia seu projeto de expansão

Reforçando a campanha de 50 anos da Breton, a marca amplia o projeto de expansão através de franquias em todo o território nacional, destacando regiões e municípios potenciais com no mínimo 500 mil habitantes. A meta estratégica de expansão tem como objetivo principal inaugurar até quatro lojas por ano nos próximos 5 anos, sendo elas instaladas em no mínimo 500m² de área de exposição.

Atualmente o plano de expansão conta com negociações em andamento para implementação de franquias nas cidades de Brasília, Campo Grande, Curitiba, Vitória, Salvador, Recife, Joinville e Londrina. Vale destacar que a procura de candidatos interessados ocorre sempre de forma espontânea. A Breton conta com sete lojas abertas entre próprias e franquias, sendo os franqueados mais recentes localizados nas cidades de Campinas e São José dos Campos.

Para ser um franqueado, a Breton busca empreendedores com ou sem experiência no ramo, que tenham o perfil da marca e se identifiquem com sua proposta de negócios. O investimento inicial parte de R$ 1 mil por m², mais o desembolso para a compra do showroom que compõe o capital de giro. A previsão de retorno está entre 18 e 24 meses e o lucro líquido estimado em 12% nas vendas mensais. Tradicionais empresários e lojistas do mercado moveleiro demonstram interesse no plano de expansão da Breton, e se antecipam para conversar sobre o modelo de franquia, sempre avaliando as possibilidades de juntar sua experiência ao sucesso da Marca.

A Breton presta assessoria completa aos franqueados, todo auxílio na identificação do ponto, orientação para a execução do projeto arquitetônico e layout, realização do planejamento econômico/financeiro, mercadológico e comercial, acesso aos métodos e procedimentos de administração e marketing, treinamentos em todas as áreas e acompanhamento comercial e operacional por consultor de campo. “Estudamos diariamente o nosso mercado de atuação. Buscamos conexões com as tendências mundiais relacionados aos universos do design, arquitetura, lifestyle e inovação para transmitir com segurança o know how da Breton, visando a concessão de franquias da marca para empreendedores que desejam replicar este modelo de negócio. ”, revela André Rivkind, Diretor de Franchising da Breton.

Sobre Breton
Fundada em 1967, a empresa brasileira Breton possui hoje 360 funcionários, 5 lojas próprias (4 em São Paulo e 1 no Rio de Janeiro) e 2 franquias (Campinas e São José dos Campos). Sob direção familiar desde seu início, a marca é reconhecida pela qualidade, design exclusivo e inovação de suas peças. Em seu mix de produtos estão móveis para áreas internas, externas, objetos de decoração e linha corporativa.

Fonte: https://www.suafranquia.com/noticias...franquias.html
Reply With Quote
     
     
  #135  
Old Posted Jul 6, 2017, 12:25 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 17,225
Avaliação é de Belmiro Gomes, presidente da bandeira Assaí. Para ele, há euforia com o formato, mas é preciso entender melhor o segmento


Campo Grande, Cuiabá e Brasília são algumas praças onde o cash & carry pode estar próximo do seu momento de saturação. A avaliação é de Belmiro Gomes, presidente do Assaí, bandeira do GPA. Segundo ele, há uma euforia exagerada com o formato, o que tem motivado um grande número de inaugurações do modelo.

“As pessoas focam o crescimento do segmento, mas não veem que há empresas do setor caindo em vendas e fechando lojas”, aponta o executivo. Ele lembra que o atacarejo é como qualquer formato. “Vai ter um período de ascensão, de maturação e de saturação. Nesse ponto, será necessário realizar uma oxigenação, eliminando lojas ineficientes e mantendo as que têm bons resultados”, analisa.

Só no ano passado, SM registrou a abertura de 143 unidades de atacarejo em todo o País, conforme dados do 46º Ranking de SM. Muitas dessas lojas pertencem a redes regionais que ainda não atuavam no segmento. “O varejo regional é mais especializado e focado no mercado em que atua. Mas o cash & carry tem suas especificidades e há empresas entrando no formato sem entender seus fundamentos”, acredita Gomes.

Consultores também alertam para esse problema. De acordo com eles, a abertura de lojas é vista pelos varejistas como a principal ferramenta para aumentar as vendas, mesmo num momento de crise. Com isso, dizem os especialistas, algumas redes acabam entrando no atacarejo sem conhecer bem a operação. Evidentemente, há companhias que estudaram bem o segmento e pesaram prós e contras antes de começar a abrir lojas do formato. Mas, em muitos casos, não é isso o que acontece.

Fonte: http://www.sm.com.br/detalhe/negocio...lgumas-cidades
Reply With Quote
     
     
  #136  
Old Posted Jul 6, 2017, 12:34 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 17,225
Eu concordo, se for pegar a quantidade de atacarejo e hiperemercados, a tempos já superou em unidades. Mas não devemos misturar Makro e Sams Club com atacarejo.
Reply With Quote
     
     
  #137  
Old Posted Jul 26, 2017, 10:57 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 17,225
Gigante do Setor Pet

Varejista Americana Petco Chega ao Brasil


A Petco, varejista americana especializada em produtos para animais, chega ao Brasil. A responsável pela importação será a Pet Trends, que investiu mais de R$ 3 milhões na parceria. No país, a rede irá vender artigos de suas marcas para cães e gatos. "Nosso trabalho com marcas como Outward Hound e Petstages, que todo ano lançam novos produtos, terá o acréscimo de produtos Petco como camas, brinquedos, sílica para gatos, coleiras, guias e cata-cacas. Mas essa parceria deve crescer. Além de novos produtos, estamos estudando a possibilidade da abertura de lojas físicas", revela Denise Debiasi, CEO da Pet Trends. No fim de agosto, os itens estarão à venda em sites como lolipet.com.br e em parte das 400 lojas cadastradas pela distribuidora na capital. Hoje, a Petco possui mais de 1.500 pontos de venda pelo mundo.

Fonte: http://www.gironews.com/redes-shoppi...tor-pet-43780/
Reply With Quote
     
     
  #138  
Old Posted Jul 28, 2017, 9:27 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 17,225
CARREFOUR TEM INTERESSE EM FAZER AQUISIÇÕES

Após levantar pelo menos R$ 4,5 bilhões em sua oferta inicial de ações (IPO) na semana passada, cujos recursos foram revertidos basicamente para pagamento de dívida, o Carrefour tem interesse em fazer aquisições e prevê ampliação e melhorias de 40 unidades já existentes, o que representa 10,5% do total de lojas que a varejista possui no Brasil.

Segundo Charles Desmartis, presidente do Carrefour Brasil, a varejista está mais confortável para investir porque reduziu drasticamente seu endividamento. “Pensamos muito se iríamos abrir a loja e o shopping agora ou adiar devido ao atual cenário econômico. O financiamento desse projeto já estava pago, mas o IPO ajudou na nossa decisão”, disse. Hoje, o Carrefour inaugura em São Paulo um hipermercado ‘conceito’ e o shopping Pamplona – ambos de propriedade da varejista e voltados ao público premium.

Entre as 40 unidades que serão parcialmente ou totalmente reformadas, 12 estão em São Paulo. Entre esses projetos estão, por exemplo, a loja da Marginal Pinheiros, na capital paulista, que será demolida para abrigar no mesmo terreno torres comercial e residencial. O projeto do prédio residencial seria tocado pela Odebrecht, mas há negociações em andamento para troca da construtora.

Em relação a outro investimento, o Cosmopolitano Shopping, em São Paulo, o grupo diz que o projeto segue em obras. O hipermercado que fica no local está em operação. O Valor antecipou em maio que a abertura do Cosmopolitano foi adiada por causa da crise econômica. Há ainda planos de modernização de unidades na Barra da Tijuca (RJ), Brasília e Recife, Minas Gerais, entre outros locais.

O valor do investimento para modernização das atuais unidades não foi revelado, nem tampouco o montante aplicado na loja conceito e no shopping Pamplona. O novo hipermercado do Carrefour tem um projeto arquitetônico com evolução em relação ao modelo tradicional. Há caixas para pagamento sem atendente e cupons de descontos que são liberados em displays ou pelo aplicativo do Carrefour, cujo desconto é dado de acordo com o perfil de compras do cliente.

Desmartis diz que a expectativa é que sejam realizadas seis mil compras por dia na loja da Pamplona, volume superior ao das demais unidades, mas ele não revela o volume de tíquetes da rede.

Após um ano e meio de obras, o Jardim Pamplona Shopping também abre as portas hoje. Segundo Fernando Lunardini, diretor-presidente do Carrefour Property Division, quase 100% das 83 lojas do empreendimento já tiveram seus contratos de locação fechados. Questionado sobre acordos de descontos em alugueis aos lojistas, Lunardini nega a negociação. “Conseguimos negociar nas mesmas condições de 2013 e pudemos escolher as lojas mais adequadas ao perfil do shopping”.

Na primeira fase, inaugurada hoje, são 25 lojas. Segundo Lunardini, os esforços são para que as demais lojas e restaurantes sejam abertos neste segundo semestre.

Fonte: Valor Econômico
Fonte: http://sbvc.com.br/carrefour-interesse-aquisicoes/
Reply With Quote
     
     
End
 
 
Reply

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Notícias do Brasil - Imprensa Nacional
Forum Jump


Thread Tools
Display Modes

Forum Jump


All times are GMT. The time now is 1:00 AM.

     

Powered by vBulletin® Version 3.8.7
Copyright ©2000 - 2017, vBulletin Solutions, Inc.