HomeDiagramsDatabaseMapsForum
     

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Regiões Metropolitanas Regionais

Reply

 
Thread Tools Display Modes
     
     
  #21  
Old Posted Jan 26, 2019, 5:05 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is online now
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 20,296
Eu me esqueci do maior problema de VLTs em transitando em curvas.... O que vai ter de mortes não vai estar no gibi. Até na meca da tecnologia e segurança, e Londres, ocorreu um acidente, justamente numa curva, aonde o maquinista barbeiro em vez de reduzir a velocidade, fez foi acelerar, nem vou falar que teve mortos é claro. E só agora, passados anos das mortes, que todos os VLTs londrinos, usam sistema moderno de freios (claro que no Brasil não tem e dificilmente terá tão cedo), são obrigados virem de fábrica. Assim, se ocorrer de um maquinista barbeiro ou mesmo um problema mecânico o VLT na doida acelerar por conta própria, o sistema de segurança, irá acionar os freios... agora no Brasil, quem sabe na virada do século.
Reply With Quote
     
     
  #22  
Old Posted Jan 30, 2019, 8:59 PM
Tondf79 Tondf79 is offline
Registered User
 
Join Date: Apr 2017
Location: Brasília
Posts: 60
Eu achei este vídeo de 2012


https://www.youtube.com/watch?v=vVmN106i7yg
Reply With Quote
     
     
  #23  
Old Posted Jan 30, 2019, 11:24 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is online now
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 20,296
Quote:
Originally Posted by Tondf79 View Post
Eu achei este vídeo de 2012


https://www.youtube.com/watch?v=vVmN106i7yg
O projeto já mudou, em vez do VLT passar por debaixo do viaduto, ele vai passar por um túnel, aí sim, o projeto já aprovado de uma ciclovia ligando o Setor Hospitalar até o Terminal do Metrô seria viabilizada.

E pior, pode mudar ainda mais, pois..... E nas estações, aonde irão ficar as bilheterias? Daqui 120 dias, iremos sabemos de fato, como irá ficar.

Eu acho melhor essa travessia via túnel, assim não teria interferências com as vias já existentes. O mesmo ocorrendo no final da Asa Norte.
Reply With Quote
     
     
  #24  
Old Posted Jan 31, 2019, 11:20 AM
fabiano's Avatar
fabiano fabiano is offline
Registered User
 
Join Date: May 2013
Location: Brasília
Posts: 1,583
Quote:
Originally Posted by pesquisadorbrazil View Post
O projeto já mudou, em vez do VLT passar por debaixo do viaduto, ele vai passar por um túnel, aí sim, o projeto já aprovado de uma ciclovia ligando o Setor Hospitalar até o Terminal do Metrô seria viabilizada.

E pior, pode mudar ainda mais, pois..... E nas estações, aonde irão ficar as bilheterias? Daqui 120 dias, iremos sabemos de fato, como irá ficar.

Eu acho melhor essa travessia via túnel, assim não teria interferências com as vias já existentes. O mesmo ocorrendo no final da Asa Norte.
Vale lembrar que nesse projeto, o VLT passaria pelo canteiro central, no novo a W3 ficaria com 2 faixas e a da esquerda destinada ao VLT.
Reply With Quote
     
     
  #25  
Old Posted Feb 1, 2019, 12:52 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is online now
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 20,296
Quote:
Originally Posted by fabiano View Post
Vale lembrar que nesse projeto, o VLT passaria pelo canteiro central, no novo a W3 ficaria com 2 faixas e a da esquerda destinada ao VLT.
Saiu uma matéria não me lembro de onde, que na verdade, o VLT iria passar no sentido W3 sul para W3 norte, pelo lado direito, aquele do lado do comércio.

Enquanto do lado das casas (700) a via iria continuar a existir. Mas aí criamos um probleminha, pois, as paradas iria ter que ocorrer, sempre no bloco A das quadras 516, 515, 514, 513, 512, 511, 510, 509, 508, 507, 506, 505, 504, 503, 502, SRTVS antes de emergir para estação Pátio Brasil.

O mesmo iria ocorrer na Asa Norte também, só que o problema na Asa Norte, iria ficar por conta que todos os estacionamentos virados das quadras 500 para avenida W3 deixariam de existir.

Outro problema, aí já é com Ibaneis, querer liberar uso de kitinetes na Avenida W3 sul.... Aí iremos ver surgir uma nova área de prostituição. O problema do lado sul, é mais prático de resolver, simples, demolir tudo e fazer de novo, com obrigatoriedade de construir estacionamento subterrâneos, fora, fusão de lotes.

Nesse caso, o GDF teria de desapropriar todos os lotes, para depois a Terracap poder vender novamente. Pois do jeito que está, não tem como, pois os empresários estão pouco interessados em investir na W3 (estou falando dos reais donos dos prédios que sequer moram em Brasília), se eles não tiverem interesse, não tem revitalização.
Reply With Quote
     
     
  #26  
Old Posted Feb 1, 2019, 1:34 PM
Tondf79 Tondf79 is offline
Registered User
 
Join Date: Apr 2017
Location: Brasília
Posts: 60
Quote:
Originally Posted by pesquisadorbrazil View Post
Saiu uma matéria não me lembro de onde, que na verdade, o VLT iria passar no sentido W3 sul para W3 norte, pelo lado direito, aquele do lado do comércio.

Enquanto do lado das casas (700) a via iria continuar a existir. Mas aí criamos um probleminha, pois, as paradas iria ter que ocorrer, sempre no bloco A das quadras 516, 515, 514, 513, 512, 511, 510, 509, 508, 507, 506, 505, 504, 503, 502, SRTVS antes de emergir para estação Pátio Brasil.

O mesmo iria ocorrer na Asa Norte também, só que o problema na Asa Norte, iria ficar por conta que todos os estacionamentos virados das quadras 500 para avenida W3 deixariam de existir.

Outro problema, aí já é com Ibaneis, querer liberar uso de kitinetes na Avenida W3 sul.... Aí iremos ver surgir uma nova área de prostituição. O problema do lado sul, é mais prático de resolver, simples, demolir tudo e fazer de novo, com obrigatoriedade de construir estacionamento subterrâneos, fora, fusão de lotes.

Nesse caso, o GDF teria de desapropriar todos os lotes, para depois a Terracap poder vender novamente. Pois do jeito que está, não tem como, pois os empresários estão pouco interessados em investir na W3 (estou falando dos reais donos dos prédios que sequer moram em Brasília), se eles não tiverem interesse, não tem revitalização.


Não seria mais interessante usar o canteiro central como era previsto antes? Na asa sul perde os estacionamentos que não são muitos e na asa norte não nenhum impeditivo.
Reply With Quote
     
     
  #27  
Old Posted Feb 1, 2019, 2:13 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is online now
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 20,296
Quote:
Originally Posted by Tondf79 View Post
Não seria mais interessante usar o canteiro central como era previsto antes? Na asa sul perde os estacionamentos que não são muitos e na asa norte não nenhum impeditivo.
Somente sei que, de um lado seria pista e de outro, um gigantesco calçadão arborizado. O problema é fazer dividir o fluxo, mas vejo que aqueles famosos balões nas quadras 700 sul, deixarão de existir e dando lugar a semáforos.

Pois o sentido da avenida W3, seria mantido, o lado das casas 700 da avenida w3, continua como é atualmente, agora se precisar voltar, terá de utilizar a avenida W4 no sentido contrário.

Aí também adeus aos retornos na avenida, para quem quiser dar a volta, só pela W4 ou mesmo, nas entrequadras residenciais.
Reply With Quote
     
     
  #28  
Old Posted Feb 5, 2019, 7:21 PM
Tondf79 Tondf79 is offline
Registered User
 
Join Date: Apr 2017
Location: Brasília
Posts: 60
E o VLT que viria para fazer o teste? Pelo jeito, pensaram bem e desistiram.
Reply With Quote
     
     
  #29  
Old Posted Feb 5, 2019, 11:41 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is online now
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 20,296
Quote:
Originally Posted by Tondf79 View Post
E o VLT que viria para fazer o teste? Pelo jeito, pensaram bem e desistiram.
Falaram que iria chegar no fim de janeiro, mas ainda não foi divulgado se chegou ou se atrasou.
Reply With Quote
     
     
  #30  
Old Posted Feb 6, 2019, 11:41 AM
fabiano's Avatar
fabiano fabiano is offline
Registered User
 
Join Date: May 2013
Location: Brasília
Posts: 1,583
Quote:
Originally Posted by pesquisadorbrazil View Post
Falaram que iria chegar no fim de janeiro, mas ainda não foi divulgado se chegou ou se atrasou.
Parece que o VLT chegou dia 11 de janeiro.

https://www.facebook.com/leoroddrigu...8914798482337/
Reply With Quote
     
     
  #31  
Old Posted Feb 6, 2019, 12:06 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is online now
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 20,296
Daquele jeito que falei, seria melhor, ainda mais se por ventura a Disney se instalar em Sobradinho.

Colocaria um VLT no lugar do BRT Sul, ligando Luziânia até Formosa e Planaltina de Goiás, assim as pessoas teriam como acessar o parque, digo principalmente os futuros trabalhadores do parque.

Pois desciam ali no Colorado e pegariam um Monotrilho para o Parque.
Reply With Quote
     
     
  #32  
Old Posted Feb 6, 2019, 2:10 PM
Alvinegro's Avatar
Alvinegro Alvinegro is offline
Registered User
 
Join Date: Jan 2018
Posts: 3
Tem um estudo bom sobre essa linha de passageiros para o Entorno, só vou colocar o link pois o post é grande:
http://www.pensemobilidade.com.br/20...volta-aos.html
Reply With Quote
     
     
  #33  
Old Posted Feb 7, 2019, 3:13 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is online now
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 20,296
O problema desse esboço de projeto do VLT de Luziânia até o Setor Noroeste esbarra em algumas coisas sem pé em nem cabeça....

Como a integração desse VLT com VLT do Aeroporto. Nem perto passa a ferrovia do sítio aeroportuário.

Se existe uma proposta de passar pela rodovia até a divisa do DF, porque não fazer-lo todo no leito da rodovia, oras bolas. Até mesmo porque, projetos tem que vir com integração com outros modais, e em certos locais não tem como faze-lo.

Até sugiro, se for fazer uma estação com integração no meio da rodovia, tem uma solução curiosa proposta por min.

Em vez do VLT na estação ser subterrâneo, poderia fazer tuneis para a rodovia passar por baixo da estação. Assim até acabaria com a idiotice do povo não aceitar usar as passarelas aéreas ou subterrâneas, pois as estações seriam no mesmo nível da rua.

Outro ponto, de segregar a ferrovia, não adianta ter leis, se o povo sabe muito bem, que não vai obedece-las. Portanto, vai ser gasto um horror de dinheiro público numa solução que logo em seguida terá de ser abandonada.

Se for para fazer, o projeto tem que ser o definitivo, para não dar margens de fazer algo provisório e depois abandonado.
Reply With Quote
     
     
  #34  
Old Posted Feb 8, 2019, 12:49 PM
Tondf79 Tondf79 is offline
Registered User
 
Join Date: Apr 2017
Location: Brasília
Posts: 60
Quando fizerem investimentos no transporte público de verdade, teremos chance que projetos como o VLT sejam utilizados. Se o transporte for eficiente, mais pessoas usarão. Precisa passar a cobrar por estacionamentos nas regiões centrais do DF, para estimular a se usar menos os automóveis. Mesmo com o preço do combustível nas alturas, as pessoas acabam usando seus automóveis por conta da péssima qualidade do transporte público e falta de opção de outros meios de transporte.

Last edited by Tondf79; Feb 8, 2019 at 2:43 PM.
Reply With Quote
     
     
  #35  
Old Posted Feb 8, 2019, 3:40 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is online now
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 20,296
Quote:
Originally Posted by Tondf79 View Post
Quando fizerem investimentos no transporte público de verdade, teremos chance que projetos como o VLT sejam utilizados. Se o transporte for eficiente, mais pessoas usarão. Precisa passar a cobrar por estacionamentos nas regiões centrais do DF, para estimular a se usar menos os automóveis. Mesmo com o preço do combustível nas alturas, as pessoas acabam usando seus automóveis por conta da péssima qualidade do transporte público e falta de opção de outros meios de transporte.
Acho pouco provável dar certo em Brasília, até mesmo porque, a sangria começou. Ninguém vai sujeitar a.....

Pagar pela passagem e ter que viajar em pé, pois não pode sentar, pois todos os assentos são preferenciais. Já aconteceu comigo, dentro do bus, com várias cadeiras vazias, alguém que veio do inferno, se sentir no direito de sentar justamente aonde eu estava, e se tiver pessoas no bus dando razão a pessoa, você será obrigado a sair, piada.

O que acontece agora a sangria, principalmente de HOMENS estão abandonando o sistema de transporte e sem volta. Ninguém em Brasília vai largar o carro, ainda mais com uma passagem muito cara e um serviço péssimo.

E nem se Brasília tiver 1.000 km de Metrô, VLT e Trem, o povo vai largar, até mesmo porque, o transporte é precário não, inexistente em regiões ricas de Brasília.

Então o cara vai deixar de ir de carro para o trabalho, que demora minutos no seu deslocamento para demorar horas no sistema de transporte. Nem que o GDF arranque o couro do cara com zona azul, mas o carro vai estar lá, plantado...

O mesmo diz respeito ao Entorno, nem precisa ser matemático para saber que o trajeto hoje de ônibus, mesmo demorado 1h40min da porta da casa do trabalhador para porta de empresa dele.

Agora com o novo sistema, o trabalhador terá de pegar um ônibus para estação do VLT mais próxima e depois outro ônibus para o destino final. E pode ter certeza que vai gastar mais tempo. Umas 3 horas no mínimo.
Reply With Quote
     
     
  #36  
Old Posted Feb 15, 2019, 2:19 PM
fortescue fortescue is offline
Registered User
 
Join Date: Mar 2012
Posts: 173
VLT entre Valparaíso e Distrito Federal pode ser ampliado até Luziânia

Com testes programados para as próximas semanas, a nova linha de Veículo Leve Sobre Trilhos – VLT que ligará Brasília e Valparaíso, em Goiás, pode ganhar uma nova parada. Os governos querem ampliar a ferrovia até a cidade de Luziânia (GO) acrescentando aproximadamente 60 km ao trajeto.

O secretário de Desenvolvimento da Região Metropolitana do DF, Paulo Roriz, e o secretário de Indústria, Comércio e Serviços de Goiás, Wilder Morais, em reunião no Palácio das Esmeraldas, na capital goiana, fizeram a solicitação. Estiveram presentes também integrantes do Ministério de Desenvolvimento Regional e da Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT.

“É um trecho pequeno e que, se autorizado, vai beneficiar ainda mais a população que necessita de transporte seguro e barato para fazer esse trajeto”, disse Roriz.

O VLT deve ser operado pela Companhia Brasileira de Trens Urbanos – CBTU, que já administra sistemas de média e alta capacidade em Belo Horizonte, João Pessoa, Maceió, Natal e Recife.

Fonte: ViaTrolebus
Reply With Quote
     
     
  #37  
Old Posted Feb 15, 2019, 8:04 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is online now
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 20,296
Não vai dar certo, em vez de fazer um serviço provisório e cheio de curvas, porque não implantar algo definitivo.... Vão gastar dinheiro por nada. E o povo não vai abandonar os carros e ônibus.
Reply With Quote
     
     
  #38  
Old Posted Feb 17, 2019, 2:14 PM
Tondf79 Tondf79 is offline
Registered User
 
Join Date: Apr 2017
Location: Brasília
Posts: 60
“A viagem será realizada nesse tempo, considerando a necessidade de redução de velocidade por motivos operacionais”, diz trecho do documento. O estudo se refere às curvas sinuosas registradas em trechos do percurso que, por motivos de segurança, vão reduzir a capacidade máxima do motor. Movido a diesel, o trem será abastecido pela própria CBTU, em Brasília.

Com destino a Brasília, o trem com três vagões sairá de Recife (PE) até o próximo dia 20 e deve chegar antes do dia 30 de janeiro. A decisão transfere vagões do sistema ferroviário da capital pernambucana para Brasília.

Antes, a ideia era retirar vagões de Maceió, mas houve resistência por parte da população municipal, fato que levou o governo federal a rever a decisão. O projeto já foi licitado e aprovado pela Companhia Brasileira de Trens Urbanos e terá um custo anual de R$ 1 milhão.

“A linha férrea existente foi amplamente estudada pelos técnicos da CBTU e aprovada para operação. De toda sorte, foram constatados alguns pontos que precisam ser adequados para uma melhor utilização. Ao Governo do Distrito Federal, caberá a contrapartida de providenciar os espaços físicos e gerenciar os transportes de passageiros em ônibus até a Rodoferroviária, possibilitando a migração de passageiros entre os modais”, registra o relatório obtido pelo Metrópoles.


Atualmente, de ônibus, um cidadão precisa desembolsar R$ 4,65 de Brasília até Valparaíso (GO) por viagem. Para Luziânia, o valor aumenta para R$ 6,45 por trecho. Na linha férrea de Maceió (AL), que tem distância semelhante, a tarifa é de R$ 1, com valor atualizado em maio de 2018.

O secretário de Desenvolvimento da Região Metropolitana, Paulo Roriz, afirmou que a equipe da pasta passa a se debruçar sobre os estudos para determinar o preço futuro da passagem. O coordenador do projeto garante que a experiência dos próximos meses servirá, também, para avaliar a aceitação dos passageiros do DF quanto ao novo modal.

Nesta primeira fase, vamos aproveitar a ferrovia já existente até Valparaíso, mas nada impede que estendamos o trecho até Luziânia futuramente. Como o transporte público não é feito para dar lucro, fixaremos o valor da tarifa de forma que fique mais atraente do que a dos ônibus“

Paulo Roriz, secretário de Desenvolvimento da Região Metropolitana
Sem paradas
Diferentemente do transporte coletivo sobre rodas, o trajeto do VLT não possui paradas: o vagão só para quando chega ao destino final. “Isso não significa que a proposta não possa ser alterada para melhorar o percurso. Existem estações desativadas que poderiam passar por reformas e, a depender da demanda, servirem de ponto de embarque e desembarque”, completou Roriz. Ele se refere a localidades como Guará e Bernardo Sayão (Núcleo Bandeirante).

Nas duas viagens programadas por dia (uma pela manhã, partindo de Valparaíso para Brasília, e outra à noite, no trajeto inverso), os passageiros utilizarão a Rodoferroviária de Brasília como estação principal.

Está prevista uma estação tubular em Valparaíso para abrigar os usuários do transporte que moram na região do município goiano. O formato tem construção rápida e custo inferior se comparado com as de alvenaria. Procurado, o governo de Goiás não confirmou o valor do investimento.

Atualmente, o prédio da parada de Brasília tem sido usado em parte para abrigar a Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento do Distrito Federal (Adasa-DF) e a Secretaria de Justiça. O projeto do atual governo contempla revitalizar parte do prédio e adaptar uma sala de embarque.
Reply With Quote
     
     
  #39  
Old Posted Feb 17, 2019, 11:30 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is online now
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 20,296
Como eu falei, para ser viável, o VLT tem que passar no canteiro central da BR, agora colocar estações de integração no meio do mato, não vai ter ganho de tempo coisa alguma.
Reply With Quote
     
     
End
 
 
Reply

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Regiões Metropolitanas Regionais
Forum Jump


Thread Tools
Display Modes

Forum Jump


All times are GMT. The time now is 2:52 AM.

     

Powered by vBulletin® Version 3.8.7
Copyright ©2000 - 2019, vBulletin Solutions, Inc.