HomeDiagramsDatabaseMapsForum
     

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Infraestrutura & Transporte

Reply

 
Thread Tools Display Modes
     
     
  #121  
Old Posted Dec 17, 2011, 1:09 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,402
Infraero projeta aumento de 13% na quantidade de passageiros no fim de ano

A Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero) projeta para dezembro de 2011 um aumento de 13% de passageiros com relação ao mesmo mês do ano passado. A quantidade de pessoas que transitam pelo Aeroporto Internacional de Brasília cresce cerca de 12% no período das festas de fim de ano com relação à média anual, segundo dados da Infraero.

De acordo com a empresa aérea, a expectativa é de que o dia que antecede o natal (23/12) seja o mais movimentado deste ano. O aumento nas viagens coincide com o período de chuvas no Distrito Federal. Com isso, quem pretende viajar deve estar atento para não ser pego de surpresa com a possibilidade de atrasos e cancelamento dos voos.

O número de voos domésticos registrados em Brasília nesta sexta-feira (16/12) chegou em torno de 200, segundo a contabilização feita até as 21h. Foram 58 atrasos ao longo do dia, o que corresponde a cerca de 30% dos voos. Do total, apenas quatro foram cancelados.

Segundo a TAM, nesta sexta houve apenas uma aeronave com atraso superior a uma hora. Os outros aviões sofreram uma espera de menos de 30 minutos. O motivo para os atrasos não foi informado. A Infraero afirma que o aeroporto opera com auxílio de instrumentos desde o início da manhã por conta do tempo chuvoso, mas isso não impede o funcionamento normal.








http://www.correiobraziliense.com.br...m-de-ano.shtml
Reply With Quote
     
     
  #122  
Old Posted Dec 17, 2011, 1:11 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,402
Aumento da demanda+Greve dos funcionarios=Caos
Reply With Quote
     
     
  #123  
Old Posted Dec 18, 2011, 5:51 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 19,464
Piada de mal gosto, a nova concessionária do aeroporto, vai ser obrigada a construir um terminal para 2 milhões de paxs ano. Isso se faz com o famoso puxadinho. e outra, o aeroporto precisa de um terminal para 10 milhões e não 2 milhões. Eita amadorismo do governo federal.
Reply With Quote
     
     
  #124  
Old Posted Dec 18, 2011, 6:07 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 19,464
Delta foca estratégia para 2012 na América Latina


Christophe Didier, Márcia Skaf (gerente de Vendas Brasília) e Luiz Teixeira

A Delta Air Lines reuniu hoje, na churrascaria Porcão, em Brasília, sua diretoria para encontro com agentes de viagens da região Centro-Oeste. O motivo foi a comemoração dos dois anos do voo na Capital Federal, que desde ontem passou a ser diário. O vice-presidente da aérea para América do Sul, Christophe Didier, deixou clara as intenções da empresa em investir pesado no mercado da América Latina e transformar Brasília em um importante hub para a Delta no País. Segundo ele, o momento é especial para companhia, que fechou o ano com aumento de 40% nas vendas no Brasil. A meta para 2012 também continua audaciosa: 18% de crescimento.

“O foco serão os mercados de Brasília e São Paulo”, afirmou. Com o aumento da frequência do voo Brasília-Atlanta e São Paulo-Detroit e a utilização de aeronaves maiores, a Delta ampliará sua capacidade em 30%. “Esse é o momento da Delta e o momento de Brasília”, comemorou Didier. De acordo com o diretor regional e Assuntos Governamentais Brasil, Luiz Henrique Teixeira, a ocupação do voo na Capital Federal está acima de 70% . “É um ótimo produto, que veio atender uma carência de toda a região Centro-Oeste. Fomos os primeiros e chegamos na hora certa.”
“Brasília é hub natural, é um mercado que tem a melhor renda per capta do País e agora tem tamanho crítico para justificar esse voo diário”, completou o vice-presidente. Apesar dos altos investimentos no mercado latino-americano com a compra de 3% da Gol, onde a empresa investiu US$ 100 milhões, além de US$ 65 milhões injetados na Aeroméxico, o vice-presidente descartou “no momento” qualquer interesse na privatização dos aeroportos brasileiros. Para ele, a participação acionária na Gol auxiliará na estratégia da Delta de oferecer maiores possibilidades de conexões aos clientes, oferta de salas vips, entre outros serviços.

Ele não demonstrou preocupação com fusão da Tam e Lan. “Eles têm o plano deles e nós temos o nosso”, comentou. Apesar disso, Didier vê com bons olhos a possibilidade de novas empresas internacionais passarem a atuar no mercado brasileiro com a mudança da legislação, que está em estudo no Congresso Nacional. “Vemos com bons olhos qualquer desregulamentação do mercado.” “Estamos investindo US$ 2 bilhões na melhoria dos nossos serviços”, afirmou. Segundo Didier, dentro de um ano e meio, todos os voos internacionais da Delta terão assentos cama de 180 graus e vídeos individuais.

Fonte: http://www.panrotas.com.br/noticia-t...tml?pesquisa=1
Reply With Quote
     
     
  #125  
Old Posted Dec 18, 2011, 6:10 PM
Espartano_bsb Espartano_bsb is offline
Registered User
 
Join Date: May 2011
Posts: 483
A própria privatização é um atestado de ineficiência do governo federal.
Reply With Quote
     
     
  #126  
Old Posted Dec 21, 2011, 12:23 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,402
Governo aposta em acordo para evitar greve em aeroportos


Mais de 100 mil trabalhadores podem aderir à paralisação às vésperas do Natal


O governo ainda acredita num acordo para evitar uma greve de trabalhadores do setor aéreo dois dias antes do Natal, disse nesta terça-feira (20) a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann.

reajuste de 10% e prometem uma paralisação de 24 horas a partir das 23h de quinta-feira (22) caso não haja um acordo. A greve pode mobilizar cerca de 100 mil trabalhadores.

- Nós temos conversado com as empresas, acreditamos que as empresas estão com programas para atender as pessoas nos aeroportos. E acreditamos que não teremos problemas.

Na segunda-feira (21), uma audiência no Tribunal Superior do Trabalho entre sindicatos e empresas terminou sem solução para o impasse.

Os aeroviários são aqueles profissionais que operam os serviços em terra, como check-in, e os aeronautas são os que embarcam nas viagens.

A paralisação deverá provocar filas e abarrotar os saguões dos aeroportos brasileiros, sobretudo nos mais movimentados, como os de Guarulhos e Congonhas, em São Paulo; Santos Dumont e Galeão, no Rio de Janeiro; e o de Brasília.

Juntos, esses aeroportos receberam 70,5 milhões de pessoas entre janeiro e outubro deste ano, segundo a Infraero (estatal que administra a maioria dos aeroportos brasileiros). Isso dá uma média de 7 milhões de pessoas por mês ou 235 mil pessoas por dia.















http://noticias.r7.com/economia/noti...-20111220.html
Reply With Quote
     
     
  #127  
Old Posted Dec 21, 2011, 11:13 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,402
Justiça determina que pelo menos 80% dos aeronautas trabalhem


O presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), João Oreste Dalazen, determinou que pelo menos 80% dos aeronautas (funcionários de empresas áereas que trabalham embarcados) e aeroviários (que trabalham em terra) estejam em seus postos de trabalho nos dias que antecedem os feriados de Natal e Ano Novo. Se as duas categorias cumprirem a promessa de entrar em greve a partir das 23h de amanhã (22), apenas 20% dos trabalhadores poderão parar nos dias 23, 24, 29, 30 e 31 de dezembro.



A decisão da Justiça Trabalhista atende, em parte, ao pedido do Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias (Snea), que requereu percentual mínimo de 90% de trabalhadores ativos durante a greve. Nos outros dias, o presidente do TST determinou a presença de 60% dos trabalhadores das duas categorias para garantir as operações nos aeroportos.



Em caso de descumprimento da decisão pelos sindicatos dos trabalhadores, o ministro Dalezan acatou o pedido das companhias aéreas e fixou multa diária de R$ 100 mil.



Inicialmente, os trabalhadores pleiteavam aumento salarial de 13%, mas as empresas ofereceram 3%. Na última sexta-feira (16), o caso foi parar na Justiça do Trabalho. Na primeira audiência de conciliação, que ocorreu na segunda-feira (19), não houve acordo: os trabalhadores reduziram a reivindicação para 8%, enquanto as empresas subiram a oferta para 6,17%, que corresponde à variação da inflação.











http://www.jornaldebrasilia.com.br/s...381453&secao=N
Reply With Quote
     
     
  #128  
Old Posted Dec 22, 2011, 12:56 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 19,464
Eu quero ver se os empregados sacanear a justiça e não ir trabalhar. Com certeza eles vão fazer birrar que nem os funcionários públicos e pior, somente voltarão ao trabalho se retirarem a multa e abonar os dias parados querem apostar?
Reply With Quote
     
     
  #129  
Old Posted Dec 22, 2011, 7:08 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,402
Aeronautas aceitam proposta e desistem de greve; aeroviários mantêm paralisação


Em assembleias realizadas na tarde desta quinta-feira (22), os aeronautas (funcionários que trabalham em voo) aceitaram a proposta das empresas aéreas e decidiram desistir da greve anunciada para começar hoje, às 23h. As assembleias foram realizadas em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Belém. A decisão vale para todos os Estados.

Já os aeroviários (que trabalham em solo) decidiram, em assembleias realizadas ontem (21), manter a paralisação, segundo Selma Balbino, presidente do Sindicato Nacional dos Aeroviários. A sindicalista afirmou que a greve deve atingir os aeroportos do Galeão (Rio de Janeiro), Cofins (Belo Horizonte), Brasília e Fortaleza a partir de 23h.


Ontem, o TST (Tribunal Superior do Trabalho) determinou que, em caso de greve, pelo menos 80% dos funcionários estejam trabalhando. Segundo Balbino, os trabalhadores de cada aeroporto irão decidir se cumprirão a determinação. "Eles vão decidir no aeroporto. Se bancar que todo mundo vai fazer greve, vamos para a greve, com todas as consequências", disse. Balbino ainda criticou a decisão do TST: "a Justiça é muito rápida para punir o trabalhador, mas nem sequer fomos ouvidos."

Negociação

As duas categorias anunciaram a greve no início de dezembro, após não chegarem a um acordo com as empresas aéreas. Incialmente, os trabalhadores reivindicavam 13% de aumento, e as empresas ofereciam 3%. Os sindicatos pediam ainda aumento de 10% no auxílio-alimentação e nas cestas básicas e reajuste do piso das categorias de R$ 1.000 para R$ 1.100.

Após reunião de conciliação no TST, as companhias subiram a proposta para 6,17% --valor equivalente à inflação do último ano, medida pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor)-- e aceitaram as outras exigências. Os trabalhadores rebaixaram para 8% o pedido de reajuste, conforme orientação da juíza do TST que mediou a reunião. Como não houve acordo, a greve foi mantida.

Ontem, as empresas aéreas subiram a proposta para 6,5% de reajuste. Para o secretário-geral do SNA, Sérgio Dias, o avanço na reposição salarial foi pequeno, com margem de apenas 0,33% acima da inflação, mas o sindicalista avalia que houve melhoria importante no aumento de 10% do piso salarial das categorias.

Segundo ele, o acordo beneficia principalmente os funcionários de empresas menores, que têm menos força de reivindicação. “Foi o possível, a expectativa era maior. Poderia ter sido melhor, com um pouco mais de mobilização e sensibilidade dos patrões. Houve crescimento no setor e os trabalhadores contribuíram bastante para isso”, disse Dias.

Paralisação e protestos em Congonhas

Os sindicatos de aeroviários dos aeroportos Santos Dumont (Rio de Janeiro), Manaus e Congonhas (São Paulo) ligados à Força Sindical --o restante é ligado à CUT (Central Única dos Trabalhadores)-- já haviam aceito a proposta de reajuste de 6,17%, além do aumento no valor do piso, cesta básica e auxílio alimentação.


Em Congonhas, porém, um grupo de aeroviários, em sua maioria da TAM, decidiu fazer uma paralisação hoje, o que provocou alto índice de atrasos nos voos. Os funcionários também realizaram um protesto no aeroporto. Segundo a companhia área, parte dos funcionários do setor de rampa, responsáveis pelo manuseio de cargas e bagagens e pelos equipamentos de solo que atendem as aeronaves, cruzaram os braços.

No começo da tarde, a TAM afirmou que a paralisação estava encerrada. Trabalhadores e empresas estão reunidos no TRT (Tribunal Regional do Trabalho) da capital para tentar chegar a um acordo.

A TAM divulgou nota afirmando estar “empenhada para normalizar suas operações” e disse que antecipou o reajuste para os funcionários.












http://noticias.uol.com.br/cotidiano...ralisacao.jhtm
Reply With Quote
     
     
  #130  
Old Posted Dec 24, 2011, 5:06 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,402
Aeroporto de Brasília é recordista de reclamações nos juizados do CNJ


Até novembro, DF teve 7.812 queixas; no Santos Dumont (RJ) foram 6.864.
Juizados do CNJ atuam em conflitos entre empresa aérea e passageiro.



O aeroporto Juscelino Kubitscheck, em Brasília, foi o recordista de reclamações nos juizados especiais do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) entre os meses de janeiro e novembro de 2011. Nos primeiros 11 meses do ano foram registradas 7.812 queixas no Distrito Federal, quase mil a mais do que no segundo colocado, o aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, que teve 6.864 reclamações.

De acordo com o CNJ, a maioria dos problemas são relacionados a overbooking, atrasos e cancelamento de voos, além de extravio, violação e furto de bagagens. Dados do conselho mostram que 16% das queixas registradas no DF resultaram em acordos.

Os juizados funcionam também nos aeroportos do Galeão (RJ), que teve 6.275 reclamações; em Cumbica (SP), que teve 1.782 queixas; Congonhas (SP), com 421 queixas, e em Marechal Rondon (MS), onde 129 passageiros fizeram alguma reclamação.

Criados em 23 de julho de 2010 por meio de uma resolução do CNJ, os juizados funcionam com a presença de um juiz ou um conciliador na busca de acordos entre os passageiros e as companhias aéreas sem a necessidade de um advogado. As salas onde funcionam os juizados foram cedidas pela Infraero sem custos para o Judiciário.

No primeiro ano de funcionamento, os juizados especiais receberam 18.522 queixas de passageiros. O aeroporto de Brasília também liderava o ranking de reclamações nos primeiros 12 meses do serviço – o terminal foi responsável por 45,6% das queixas (8.458 reclamações) registradas em todo o país.

Movimento de fim de ano
Nesta véspera de Natal, os aeroportos brasileiros registram movimento tranquilo, segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). Dos 438 voos domésticos programados até as 7h nos principais aeroportos do país, 36 sofreram atrasos de mais de meia hora (8,2% do total) e 17 foram cancelados (3,9%). Entre os 39 voos internacionais, três atrasaram (2,6%) e um foi cancelado (2,6%).

A Agência Nacional de Aviação Civil adota normas sobre como o passageiro deve proceder diante de problemas com bagagens, uma das queixas mais comuns em todoso os aeroportos. Veja o que fazer nesses casos:

Extravio: procure a empresa aérea preferencialmente ainda na sala de desembarque ou em até 15 dias após a data do desembarque e relate o fato em documento fornecido pela empresa ou em qualquer outro comunicado por escrito. Para fazer sua reclamação, é necessário apresentar o comprovante de despacho da bagagem. Caso seja localizada pela empresa aérea, a bagagem deverá ser devolvida para o endereço informado pelo passageiro. A bagagem poderá permanecer na condição de extraviada por, no máximo, 30 dias (voos nacionais) e 21 dias (voos internacionais). Caso não seja localizada e entregue nesse prazo, a empresa deverá indenizar o passageiro.

Bagagem danificada: procure a empresa aérea para relatar o fato logo que constatar o problema, preferencialmente ainda na sala de desembarque. Esse comunicado por escrito poderá ser registrado na empresa em até sete dias após a data de desembarque.

Furto de bagagem: procure a empresa aérea e comunique o fato, por escrito. A empresa é responsável pela bagagem desde o momento em que ela é despachada até o seu recebimento pelo passageiro. Além disso, registre uma ocorrência na Polícia, autoridade competente para averiguar o fato.




VEJA O NÚMERO DE RECLAMAÇÕES POR AEROPORTO





Aeroporto


Reclamações




Juscelino Kubitscheck (DF)


7.812




Santos Dumont (RJ)


6.864




Galeão (RJ)


6.275




Cumbica (SP)


1.782




Congonhas (SP)


421




Marechal Rondon (MS)


129




Fonte: CNJ














http://g1.globo.com/distrito-federal...os-do-cnj.html
Reply With Quote
     
     
  #131  
Old Posted Dec 26, 2011, 3:16 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,402
Internet gratuita nos aeroportos poderá ser obrigatória


A Câmara analisa o Projeto de Lei 2224/11, do deputado Hugo Motta (PMDB-PB), que torna obrigatória a oferta de acesso gratuito à internet pelas empresas aéreas no interior de terminais aeroportuários. A medida beneficiará os aeroportos das cidades com mais de 500 mil habitantes e a velocidade mínima da conexão será de dois Mbps. As informações são da Agência Câmara de Notícias.

Cartazes serão afixados no aeroporto em locais visíveis, como nas áreas de embarque e desembarque, com a informação da disponibilidade de conexão sem fio gratuita à internet. Pelo descumprimento da medida, as empresas aéreas poderão ter que pagar multas de R$ 10 mil, cobradas em dobro em caso de reincidência.

Hugo Motta ressaltou que é necessário estabelecer meios para que seja ofertado acesso gratuito à internet nos maiores aeroportos do País. "Uma forma eficiente, que representa gasto zero para o contribuinte, é a imposição de obrigatoriedade, às empresas aéreas, de oferta de acesso irrestrito à internet sem fio nos principais aeroportos do País", afirmou. Na avaliação do parlamentar, a medida representará apenas um gasto ínfimo para as empresas aéreas.

"Se, em condições normais, o acesso aos serviços de telecomunicações, em especialmente à internet, é essencial a qualquer cidadão, em algumas situações esse acesso se faz ainda mais importante - por exemplo, nos casos nos quais as pessoas estão em trânsito, longe de familiares e do ambiente de trabalho', afirma o deputado. "É o caso do cidadão que está em um aeroporto, esperando seu voo e que, atualmente, na maior parte do país, fica praticamente impedido de ter acesso à internet, a não ser que se submeta às extorsivas tarifas ainda cobradas por acessos Wi-Fi pagos ou na tecnologia 3G", opina ainda Hugo Motta.

O projeto tramita em caráter conclusivo e será examinado pelas comissões de Viação e Transportes; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.













http://tecnologia.terra.com.br/notic...rigatoria.html
Reply With Quote
     
     
  #132  
Old Posted Dec 26, 2011, 9:15 PM
emblazius emblazius is offline
Flamenguista
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília
Posts: 541
Pesquisador, na boa, respeito você pra caramba aqui é o cara que traz as informações mais novas e talz, mas cara, talvez por desinformação da estrutura do serviço público, você ataca de forma leviana os servidores públicos. Parece a mídia quando mete o pau no serviço público, generalizando comissionados e concursados.

O problema do serviço público não são os servidores ou funcionários concursados. 99% das decisões do Governo Federal são tomadas por CARGOS COMISSIONADOS, e não por servidores de carreira. Infelizmente a mídia desinforma sobre este assunto. me desculpem os petistas, o qual o Lula teve meu voto e Dilma tb, mas as facções do PT e PMDB tomaram de assalto o Governo Federal.

Lembram do Analista de Infra-Estrutura do M. Cidados que condenou o CUSTo da obra do VLT de Campo Grande e teve seu parecer alterado ilegalmente por uma Comissionada. Isso ocorre todo tempo.

Quando o TCU começou a bater em cima e barrar as obras qq o Congresso fez (sendo o TCU órgão consultivo do Legislativo)?? Cagou, vem aprovando as obras superfaturadas e etc.

Quer mais, a maioria dos projetos do Governo Federal, infelizmente, são feitas por COMISSIONADOS indicados de empreiteiras e políticos e só vai pra mào de servidor quando a merda ta feita e vem PF e TCU com multa.

Se você quiser meu caro, te apresento dezenas de engenheiros amigos meus que ficam fazendo inventário de patrimônio enquanto estudante de arquitetura/engenharia gerencia o projeto.

Minha coordenação tem 4 servidores de carreira, 5 comissionados e 1 terceirizado.

Esses comissionados chegam, fazem cursos, viajam, recebem auxílio moradia, celular e depois de 2 ou 4 anos (municipio ou governo estadual) vão embora.

A bomba cai na mão de quem?

Se quiser a gente abre um fórum só para isso. Você deveria se informar melhor!!!
__________________
Podemos escolher o que semear, mas somos obrigados a colher aquilo que plantamos

Last edited by emblazius; Dec 27, 2011 at 11:30 AM.
Reply With Quote
     
     
  #133  
Old Posted Dec 28, 2011, 12:48 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 19,464
Quote:
Originally Posted by emblazius View Post
Pesquisador, na boa, respeito você pra caramba aqui é o cara que traz as informações mais novas e talz, mas cara, talvez por desinformação da estrutura do serviço público, você ataca de forma leviana os servidores públicos. Parece a mídia quando mete o pau no serviço público, generalizando comissionados e concursados.

O problema do serviço público não são os servidores ou funcionários concursados. 99% das decisões do Governo Federal são tomadas por CARGOS COMISSIONADOS, e não por servidores de carreira. Infelizmente a mídia desinforma sobre este assunto. me desculpem os petistas, o qual o Lula teve meu voto e Dilma tb, mas as facções do PT e PMDB tomaram de assalto o Governo Federal.

Lembram do Analista de Infra-Estrutura do M. Cidados que condenou o CUSTo da obra do VLT de Campo Grande e teve seu parecer alterado ilegalmente por uma Comissionada. Isso ocorre todo tempo.

Quando o TCU começou a bater em cima e barrar as obras qq o Congresso fez (sendo o TCU órgão consultivo do Legislativo)?? Cagou, vem aprovando as obras superfaturadas e etc.

Quer mais, a maioria dos projetos do Governo Federal, infelizmente, são feitas por COMISSIONADOS indicados de empreiteiras e políticos e só vai pra mào de servidor quando a merda ta feita e vem PF e TCU com multa.

Se você quiser meu caro, te apresento dezenas de engenheiros amigos meus que ficam fazendo inventário de patrimônio enquanto estudante de arquitetura/engenharia gerencia o projeto.

Minha coordenação tem 4 servidores de carreira, 5 comissionados e 1 terceirizado.

Esses comissionados chegam, fazem cursos, viajam, recebem auxílio moradia, celular e depois de 2 ou 4 anos (municipio ou governo estadual) vão embora.

A bomba cai na mão de quem?

Se quiser a gente abre um fórum só para isso. Você deveria se informar melhor!!!
Que isso, sem problemas, TUDO no serviço público funciona que é uma beleza. Enquanto eu, que tenho alguém dentro do TCU não vê o que você fala.

Já reparou que os aumentos salariais dos serviços públicos são sempre acima da inflação? Acha justo, 99% da sociedade brasileira sustentar um paquiderme estatal?

Vamos aos exemplos.

Quem já viu na vida uma greve politica ou não da rede de hospitais SARAH? Um hospital ESTATAL de EXCELENCIA.

Agora, pegue apenas a INFRAERO, todos os anos tem greve, é greve ANUAL. Eu espero que o governo venha logo implantar o novo regime juridico da administração publica.

Aonde greve depois de um tempo vai ser ilegal e claro com o fim da estabilidade no emprego. Pois é fácil defender uma classe corporativa, que somente pensa no BEM ESTAR DELES, e que a socidade que é quem paga a conta que se LASQUE.

Ou vai querer que aqui, ocorra o contrário, a odiada BURGUESIA se vire contra os funcionários públicos, e olha que a paciência está acabando.

Então, somente 1% da área estatal escapa, mas a grande maioria somente pensa no bolso. Até mesmo, aqui mesmo no GDF vai abolir a lei que é crime responder um funcionário público, mesmo que esteja ERRADO.

Mas de boa, não se preocupe, o que ocorre aqui no forum não é nada virtual, em audiências públicas eu expresso a mesma coisa.

E outra, se reparar por exemplo TUDO que a UNB tenta sugerir ao GDF, o GDF não acata? Porque será. Igual o metrô. Será que na década de 1990 fosse implantado o ligeirinho em Brasília o transito seria melhor ou pior do que hoje? E o meio ambiente? E claro, como vimos, depois de décadas de excelência e até copiado no exterior, o ligeirinho de Curitiba vai virar peça de museu, pois, para melhoria do transporte urbano na época ele foi revolucionário, mas hoje em dia, ele é lento, se atrasa e pior, já está saturado, pois daqui a pouco vão inventar ônibus de 2 andares biarticulado, pois os ônibus convencionais não estão dando conta do recado e sem falar no tamanho das estações tubo.

O negócio é VLT mesmo, trem e metrô.
Reply With Quote
     
     
  #134  
Old Posted Dec 28, 2011, 1:54 PM
emblazius emblazius is offline
Flamenguista
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília
Posts: 541
Que bom que você conhece alguém do TCU. Ele deve lhe informar melhor se das auditorias que o TCU faz, quanto que de merda vem de servidor de carreira e quanto é de cargo comissionado.

O que tento lhe explicar é a diferenciação das coisas.

No Poder Executivo, as grandes decisões são políticas e não técnicas. Não são servidores de carreira que fazem as políticas ou até mesmo fiscalizações e projetos, são cargos comissionados, muitos deles indicados por parentes e partidos políticos.

Se achar conveniente para lhe subsidiar de bastante informação da engenharia e dos projetos de engenharia do Poder Executivo, eu posso convidar o presidente e vice da associação dos engenheiros do Executivo Federal e tomar um chopp no Bar Brasília.

Infelizmente o TCU tem muito trabalho, pois a lógica era o TCU não ter trabalho nenhum, pois os projetos báscios e executivos deviam ser feitos sem vícios, mas por tudo que lhe falei, o TCU tem muito a fazer.

Rapaz, tem um projeto do ON para mais um anexo na esplanada, que ficou 2 anos sendo gerenciado por dois cargos comissionados (uma administradora e um estudante de engenharia a distância). Agora que deu a merda, nomearam dois amigos meus, engenheiros de carreira para revisarem o projeto. Nem precisa falar a merda que esta e as apurações de responsabilidades que serão feitas. O recurso para obra já estava no orçamento do ministério e a obra agora nem tem prazo para conclusão.

Sei lá se você vai me entender, mas posso chamar vários engenheiros do Poder Executivo para lhe detalharem onde estão os vícios em obras e etc.
__________________
Podemos escolher o que semear, mas somos obrigados a colher aquilo que plantamos
Reply With Quote
     
     
  #135  
Old Posted Dec 28, 2011, 2:01 PM
emblazius emblazius is offline
Flamenguista
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília
Posts: 541
E a minha chateação é quando generalizam tudo. Obviamente tem os servidores (como em qualquer profissão) que se encostam e não querem trabalhar , como também existem as carreiras que fazem chantagem com a população através das greves (PC-DF, METRO, FISCAIS, PF, SAÚDE). Agora vc não ve carreiras meios, exatamente as que tocam projetos e programas sociais de greve, essas ralam e muito!

Fora isso, existem outros pontos polêmicos como terceirização do serviço público, quebra da estabilidade e etc.

Na boa, não generaliza cara pq o problema é mais complexo do que você imagina.
__________________
Podemos escolher o que semear, mas somos obrigados a colher aquilo que plantamos
Reply With Quote
     
     
  #136  
Old Posted Dec 28, 2011, 2:13 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 19,464
Quote:
Originally Posted by emblazius View Post
E a minha chateação é quando generalizam tudo. Obviamente tem os servidores (como em qualquer profissão) que se encostam e não querem trabalhar , como também existem as carreiras que fazem chantagem com a população através das greves (PC-DF, METRO, FISCAIS, PF, SAÚDE). Agora vc não ve carreiras meios, exatamente as que tocam projetos e programas sociais de greve, essas ralam e muito!

Fora isso, existem outros pontos polêmicos como terceirização do serviço público, quebra da estabilidade e etc.

Na boa, não generaliza cara pq o problema é mais complexo do que você imagina.
Claro que eu sei, mas se você perceber, os caras que rolam sai sacaneados. Eu fico olhando a imprensa falando que os servidores ganham bem e tal. Eu tiro pela minha familia enquanto um parente do TCU ganha 16 mil outro do MF ganha 1,6 mil então dá para comprar? Enquanto 1% ganha muito bem os outros 99% ganham menos de 4 mil reais.
Reply With Quote
     
     
  #137  
Old Posted Dec 28, 2011, 3:06 PM
HLbsb's Avatar
HLbsb HLbsb is offline
Registered User
 
Join Date: Sep 2011
Posts: 402
Quote:
Originally Posted by pesquisadorbrazil View Post
Estive na sexta-feira no aeroporto, verificando as obras na praça de alimentação, e tenho novidades. No lugar, aonde funcionava as salas de cinema, vai se transforma numa mega SALA VIP.

Eu acho um absurdo, um aeroporto do porte de Brasília não disponibilizar uma SALA VIP para os paxs. A única sala vip que existe no aeroporto, eu nem preciso falar de quem é, dos POLITICOS.

E também novidades de novos vôos, conversando com a tripulação da AVIANCA, eles confirmaram para março, o vôo da BRITISH AIRWAYS para LONDRES, vai ser por enquanto, apenas um vôo semana.

E a mesma AVIANCA, vai começar no 1o trimestre de 2012 um vôo para BOGOTÁ, direto de Brasília.

Estive ontem no aeroporto e tiraram os tapumes, revelando qual é o empreendimento na praça de alimentação, onde ficavam os cinemas.

Fiquei pasmo, pois é um Cyber Café!!! Isso mesmo, um cyber

De toda forma, o cyber ocupa apenas a área que correspondia à entrada dos cinemas. A Sala VIP deve realmente ocupar o local das salas do antigo cinema, mas a entrada deve ser pelo mezanino e não pela praça de alimentação!
Reply With Quote
     
     
  #138  
Old Posted Dec 28, 2011, 5:09 PM
emblazius emblazius is offline
Flamenguista
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília
Posts: 541
Parece brincadeira, mas está ai a matéria abaixo corroborando o que eu havia dito. Esse é o problema, esses safados entram pra dentro do Governo para roubar e fazer merda. Não são os servidores da casa que travam os projetos e obras e sim esses políticos e cargos comissionados. Esses, são uma PRAGA dentro do serviço público.

E os atuais diretores da infraero, que são indicações políticas vão fazer um sindicância muito da vagabunda para livrar a cara do ex-diretor. Infelizmente é assim, Pesquisador e foristas, é assim que a banda toca dentro do Executivo Federal no que tange projetos e obras públicas


TCU condena espólio de ex-senador a devolver R$ 19,5 milhões
Ex-presidente da Infraero, Wilson Campos morreu em abril de 2009

Fábio Fabrini
Publicado: 28/12/11 - 8h31
Atualizado: 28/12/11 - 9h23

Envios por mail: 0

BRASÍLIA - O Tribunal de Contas da União (TCU) condenou o espólio do ex-senador e ex-presidente da Infraero Carlos Wilson Rocha de Queiroz Campos (morto em abril de 2009) e o ex-diretor comercial da estatal Fernando Brendaglia de Almeida a devolverem R$ 19,5 milhões aos cofres públicos, a título de prejuízos causados por gestão temerária e "ruinosa". Em Tomada de Contas Especial (TCE), o órgão constatou que os dois favoreceram uma empresa com contrato firmado, injustificadamente, sem licitação e que não produziu resultados.


A parceria com a FS3 Comunicação e Sistemas Ltda, de dezembro de 2003, previa o fornecimento e instalação do Media Plus Advantage v.2, um sistema para gerenciar e comercializar espaços publicitários em aeroportos. A promessa era que a tecnologia alavancaria os lucros da estatal na área, mas, implantada em maio de 2005, ela só operou até dezembro daquele ano. O contrato foi suspenso por conta de irregularidades. O Ministério Público Federal apurou que havia "vícios graves" e vantagens excessivas à empresa contratada. Além do pagamento pelo software, ela receberia da Infraero bônus de 25% sobre o incremento da receita publicitária.

Conforme a auditoria do TCU, a estatal não realizou estudos que justificassem a inexigibilidade da licitação e que demonstrassem, por exemplo, se havia sistemas similares no mercado e os reais benefícios da contratação. Em seu parecer, o procurador-geral do Ministério Público de Contas, Lucas Rocha Furtado, lembrou que vários softwares, com funcionalidades semelhantes, foram encontrados em aeroportos mundo afora. E que o conhecimento da Infraero sobre a tecnologia se deu por simples consulta à internet. "A busca de um sistema como o pretendido somente pela rede mundial de computadores configura incúria dos responsáveis", escreveu.

O TCU constatou que a Infraero não obteve os resultados financeiros esperados do projeto e não tinha em seu patrimônio o banco de dados elaborado pela FS3, produto esperado do trabalho. Para os auditores, como o contrato não previa condições de continuidade para uso do software após seu encerramento, a estatal ficou refém da empresa como fornecedora exclusiva.

"A presente tomada de contas especial reflete uma sequência de atos de gestão praticados no âmbito da Infraero que culminaram com a celebração de um contrato extremamente ruinoso aos cofres da empresa", concluiu o relator do caso no tribunal, ministro Raimundo Carreiro.

Conforme a decisão aprovada em plenário, o valor já pago pela Infraero, de R$ 19,5 milhões, terá de ser acrescido de correção monetária e juros a partir de 28 de dezembro de 2005. Para o espólio de Carlos Wilson, no entanto, a cifra a ser paga não pode exceder o valor do patrimônio transferido. Além de condenado a arcar a dívida, Fernando Brendaglia foi multado em R$ 105 mil e ficará proibido de exercer cargos em comissão na administração pública pelo período máximo (oito anos). Cabem recursos ao acórdão.

O TCU também cobrou da Infraero informações sobre o resultado de medidas administrativas e judiciais tomadas a respeito. Procurada ontem, a estatal não se pronunciou, justificando não ter sido notificada pelo tribunal.

O advogado do espólio de Carlos Wilson, Antônio Renato Rocha, informou que o recurso contra a decisão está sendo preparado. Segundo ele, o ex-presidente tomou todas as decisões sobre o contrato em conjunto com a diretoria da Infraero, levando em conta pareceres da comissão de licitação e da procuradoria da estatal:

— Embora fosse ordenador de despesas, ele não fez nada isoladamente. Nem tinha conhecimento técnico e jurídico para isso.

O advogado acrescentou que, com base no mesmo argumento, Carlos Wilson foi absolvido de processos na Justiça e no próprio TCU por superfaturamento em obras de aeroportos.

O GLOBO não localizou Fernando Brendaglia até o fechamento desta reportagem.

http://oglobo.globo.com/pais/tcu-con...#ixzz1hql9DdWr
© 1996 - 2011. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Fonte:
__________________
Podemos escolher o que semear, mas somos obrigados a colher aquilo que plantamos

Last edited by emblazius; Dec 28, 2011 at 5:31 PM.
Reply With Quote
     
     
  #139  
Old Posted Dec 29, 2011, 8:34 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,402
Atrasos nos aeroportos neste Natal caíram 65% em relação a 2010


BRASÍLIA - Apesar do aumento do número de passageiros, os aeroportos brasileiros registraram um índice menor de atrasos de voos neste Natal, em relação ao mesmo período de 2010.

De acordo com informações enviadas ao Valor pela Infraero, nos dias 24 e 25 de dezembro foram registrados 339 voos (6,39% do total) com atraso acima de 30 minutos. Houve redução de 65,4% em relação ao número de voos que tiveram atraso no Natal do ano passado.

Em 2010, de um total de 5.258 partidas programadas, 981 (18,6% do total) registraram atrasos acima de 30 minutos. No Natal deste ano, o total de partidas programadas nos aeroportos da Infraero atingiu 5.302 voos.

A estimativa da estatal é de que o número de passageiros ultrapasse a marca de 16 milhões neste mês, movimento 12% superior à média do ano, e 13,6% maior que o mesmo mês do ano passado.

Para minimizar os problemas causados à população, a Infraero contratou, por meio de concurso público, 321 empregados para as áreas de segurança aeroportuária, operações, navegação aérea e manutenção.

Durante os turnos de maior movimento, a empresa fez ajustes na escala de serviço para reforçar a equipe de trabalho nos aeroportos. Ao todo, cerca de 200 funcionários estão atuando nos principais aeroportos da rede, auxiliando principalmente quem viaja pela primeira vez.

Atualmente, sete aeroportos da rede também contam com os “módulos operacionais”, terminais remotos instalados em Viracopos (SP), Guarulhos (SP), Vitória (ES), Goiânia (GO), Cuiabá (MT), Brasília (DF) e Florianópolis (SC). “Módulos operacionais também já estão sendo instalados em Porto Alegre (RS) e Imperatriz (MA), além do segundo módulo no aeroporto de Brasília”, informou a Infraero.












http://www.valor.com.br/empresas/115...m-relacao-2010
Reply With Quote
     
     
  #140  
Old Posted Dec 30, 2011, 1:51 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 19,464
Sinceramente, com a Globo maqueando as notícias, aonde está o apagão aéreo que a Globo falou. O mesmo falando dos atrasos em Brasília? Levei meu filho para embarcar para Belém, e não teve nenhum atraso na segunda passada. Tudo marketing da Globo.
Reply With Quote
     
     
This discussion thread continues

Use the page links to the lower-right to go to the next page for additional posts
 
 
Reply

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Infraestrutura & Transporte
Forum Jump


Thread Tools
Display Modes

Forum Jump


All times are GMT. The time now is 8:01 PM.

     

Powered by vBulletin® Version 3.8.7
Copyright ©2000 - 2018, vBulletin Solutions, Inc.