HomeDiagramsDatabaseMapsForumSkyscraper Posters
     

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Infraestrutura & Transporte

Reply

 
Thread Tools Display Modes
     
     
  #1  
Old Posted Jul 14, 2016, 11:56 PM
eloioliveira's Avatar
eloioliveira eloioliveira is offline
Registered User
 
Join Date: Mar 2014
Posts: 23
Região Metropolitana de Ribeirão Preto (SP) | Infraestrutura e Transporte

Retomada dos investimentos em RAO:


O deputado federal Duarte Nogueira se reuniu com o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, com o Secretário interino de Logística e Transportes do Estado de São Paulo, Dr. Alberto Macedo e com o superintendente do DAESP, Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo, Ricardo Volpi, para discutir a viabilidade das obras de expansão do Aeroporto Internacional de Ribeirão Preto.

Hoje, em reunião com o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, junto com o Secretário interino de Logística e Transportes do Estado de São Paulo, Dr. Alberto Macedo e com o superintendente do DAESP, Ricardo Volpi, recebemos uma importante notícia: A expansão do Aeroporto Internacional de Ribeirão Preto está muito próxima de se tornar uma realidade. O ministro confirmou que o Banco do Brasil, responsável por elaborar o projeto de viabilização da expansão do aeroporto, se comprometeu a entregar o anteprojeto no mês de agosto. Feito isso, o processo de licitação desse importante investimento poderá ser iniciado. Da nossa parte, ainda enquanto secretário de Logística e Transportes de São Paulo, fizemos o nosso papel, deixamos todos os projetos de nossa responsabilidade prontos, agora é esperar que essa nova gestão cumpra o que o governo da presidente Dilma não teve capacidade de fazer. Com a expansão do Aeroporto Internacional de Ribeirão Preto e o aumento do seu terminal de 6 mil para 30 mil m², teremos uma projeção para os próximos anos de atender de 4 a 5 milhões de passageiros por ano, isso é sinônimo de desenvolvimento, geração de emprego, renda e novas possibilidades de investimentos, além de colocar Ribeirão Preto no mesmo patamar das grandes metrópoles do país e do mundo.

Last edited by eloioliveira; Jul 15, 2016 at 1:22 AM.
Reply With Quote
     
     
  #2  
Old Posted Jul 15, 2016, 12:00 AM
eloioliveira's Avatar
eloioliveira eloioliveira is offline
Registered User
 
Join Date: Mar 2014
Posts: 23
Na reta final, Governo Dárcy Vera prioriza obras

Antes de descer as escadarias do Palácio Rio Branco, prefeita quer entregar estações e recapear ruas em Ribeirão Preto



A prefeita Dárcy Vera (PSD) elegeu obras, como o recapeamento de ruas e a duplicação da avenida Antônia Mugnatto Marincek, como as principais metas para os últimos seis meses de seu governo. Entregar cinco estações de ônibus e plataformas de embarque e desembarque até dezembro também é prioridade da chefe do Executivo nesta reta final.

A lista com as quatro principais metas do governo, antes de Dárcy descer as escadarias do Palácio Rio Branco, também inclui deixar pronto os projetos básicos de obras do PAC (Programa de Aceleração de Crescimento) da Mobilidade.

“As quatro metas foram traçadas pensando na população e no futuro de Ribeirão Preto. Elas atendem os pedidos e os anseios dos munícipes”, resumiu Dárcy.



Para o especialista em administração pública ouvido pelo A Cidade, as prioridades elencadas por Dárcy são acertadas. “Essas obras realmente são prioridades para o município, não vejo populismo ou ato eleitoreiro na escolha. Por outro lado, por mais importantes que essas obras sejam, são insuficientes para recuperar o desgaste acumulado ao longo dos últimos anos”, avaliou o advogado Marco Aurélio Damião.

Faltando menos de seis meses para o término da atual legislatura, a Câmara tem como principal meta a conclusão da obra de ampliação do prédio do Legislativo, que custará pelo menos R$ 6,8 milhões.
Sem o anexo, a Câmara não teria condições de acomodar mais cinco vereadores, a partir de janeiro de 2017 – quando aumenta de 22 para 27 o número de cadeiras na Casa de Leis.

“A meta é concretizar um sonho que não é meu, porque eu não vou morar lá, mas de todos – vereadores, funcionários e o povo, que querem banheiros e salas descentes”, ressaltou o presidente da Casa, Walter Gomes (PTB).

Para cientista político Fábio Pacano, ampliar o imóvel da Câmara não é prioridade. “Mas já que começou, é importante acabar a obra. Abandoná-la seria um prejuízo ainda maior”, frisou.

Na Câmara, concluir obra

A principal meta da Câmara de Ribeirão Preto para o término da atual legislatura é acabar a obra de ampliação do prédio que foi suspensa liminarmente pela Justiça, há quase um mês.

O TJ-SP (Tribunal de Justiça) foi provocado por ação popular que aponta o desequilíbrio financeiro do município e afirma que os quase R$ 7 milhões que serão gastos na obra deveriam ser destinados a áreas prioritárias – saúde e educação.

O presidente da Câmara, Walter Gomes (PTB), acredita que a Justiça irá liberar a conclusão da obra nos próximos dias e enfatiza que o anexo é fundamental para acomodar 27 gabinetes – a partir de janeiro de 2017, o Legislativo terá cinco vereadores a mais. “Se a obra não terminar até lá teremos que improvisar gabinetes no salão nobre”, argumentou.

O chefe do Legislativo ainda lembra que o imóvel atual foi inaugurado em 1988 e conta com problemas na rede elétrica, ventilação, telhado e espaço. “É vergonhoso ter um prédio nas condições atuais. Em dia de sessão solene, tem fila para ir ao banheiro. No novo prédio teremos banheiros e salas decentes”, frisou.

Para o cientista político Fábio Pacano, a obra não é prioridade, mas deve ser concluída para não se tornar um elefante branco abandonado com dinheiro público. “A Câmara deveria gastar parte de seu orçamento com educação política e criando mecanismos de participação popular, como plebiscitos e consultas públicas”, avalia.

FONTE: http://www.acidadeon.com/ribeiraopre...iza+obras.aspx
Reply With Quote
     
     
  #3  
Old Posted Jul 15, 2016, 12:02 AM
eloioliveira's Avatar
eloioliveira eloioliveira is offline
Registered User
 
Join Date: Mar 2014
Posts: 23
Estação Catedral: obra aguarda estruturas para continuar


Obras de implantação de plataformas na Praça das Bandeiras estão paradas; Secretaria de Obras explica que aguarda estruturas metálicas



Após luta pela implantação das plataformas para embarque e desembarque de passageiros na Praça das Bandeiras, a administração municipal de Ribeirão Preto paralisou as obras do ponto na rua Visconde de Inhaúma.

Em nota, a Secretaria de Obras Públicas de Ribeirão Preto explica que aguarda as estruturas metálicas que, segundo a pasta, estão sendo fabricadas para serem implantadas na fundação da obra.

Comerciantes da região afirmam que as obras estão paralisadas há alguns dias. A equipe do Portal Revide tomou ciência da paralisação nesta terça-feira, 28, e desde então, nos momentos em que esteve no local, não avistou nenhum funcionário. Procurada, a assessoria de imprensa do consórcio PróUrbano, responsável pela obra, não retornou os contatos feitos por e-mail e em ligações telefônicas.

Acordo

No início de junho, no dia 3, uma reunião entre representantes do Executivo, do Legislativo e do Ministério Público pôs fim à polêmica com a elaboração de um acordo.

Antes disso, a obra já havia sido iniciada na primeira semana de abril, mas foi suspensa pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico (Condephaat). Na semana seguinte, ainda em abril, ela foi retomada. Porém, para continuar, agora a obra precisa que as estruturas metálicas fiquem prontas.

FONTE: http://www.revide.com.br/noticias/es...ara-continuar/
Reply With Quote
     
     
  #4  
Old Posted Jul 15, 2016, 1:19 AM
eloioliveira's Avatar
eloioliveira eloioliveira is offline
Registered User
 
Join Date: Mar 2014
Posts: 23
Bairro São José, enfim, ganha nova estação de ônibus

Após um ano e oito meses do prazo, atendimento aos usuários começa neste sábado (2) a partir das 5h


Terminal no bairro São José foi inaugurado nesta sexta-feira (1) após um ano e oito meses do prazo estipulado (Foto: Weber Sian/ A Cidade)


A estação de ônibus do bairro São José, na zona Leste de Ribeirão Preto, entra em operação às 5h deste sábado (2).

Com 206 m² de área construída, o terminal tem capacidade para atender 1,5 mil passageiros por dia e tem infraestrutura, com sanitários, fraldário, refeitório para motoristas e fiscais, além de posto de recarga de cartões do transporte.

A estação fica na rua Professor Garibaldi Biassoli, 320, no Jardim São José. O investimento do Consórcio PróUrbano na construção foi de R$ 1 milhão.


Terminal tem infraestrutura, com sanitários e fraldário, além de posto de recarga de cartões do transporte (Foto: Weber Sian/ A Cidade)

A Estação São José é o primeiro terminal de ônibus nos bairros dentro do contrato de concessão do transporte coletivo.

Até o final do ano, mais quatro estações devem ser inauguradas: Vila Abranches, Ribeirão Verde, José Sampaio e parte da Estação Catedral (uma plataforma na rua Visconde de Inhaúma e outras duas na rua Américo Brasiliense).

Linhas atendidas na Estação São José

236: São José – Adão do Carmo
403: Jardim Manoel Penna – Centro
503: Recreio das Acácias – Centro
Alimentadora 53 Recreio Anhanguera







FONTE: http://www.acidadeon.com/ribeiraopre...de+onibus.aspx
Reply With Quote
     
     
  #5  
Old Posted Jul 15, 2016, 12:37 PM
fabiano's Avatar
fabiano fabiano is offline
Registered User
 
Join Date: May 2013
Location: Brasília
Posts: 1,238
Gostei do estilo das estações. Lembram as paradas de ônibus da Via W3 Sul em Brasília.
Reply With Quote
     
     
End
 
 
Reply

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Infraestrutura & Transporte
Forum Jump


Thread Tools
Display Modes

Forum Jump


All times are GMT. The time now is 2:03 PM.

     

Powered by vBulletin® Version 3.8.7
Copyright ©2000 - 2018, vBulletin Solutions, Inc.