HomeDiagramsDatabaseMapsForumSkyscraper Posters
     

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Infraestrutura & Transporte

Reply

 
Thread Tools Display Modes
     
     
  #1281  
Old Posted Jan 16, 2018, 11:02 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,248
Modernização do metrô vai diminuir tempo de espera em estações


O repasse do Ministério das Cidades inclui a construção de duas estações em Samambaia



Com o sinal verde do Ministério das Cidades para a liberação de recursos, a Companhia do Metropolitano do DF (Metrô) deve investir R$ 112.645.622,13 para modernizar o sistema de sinalização e controle da Linha 1. O ramal liga a área central de Brasília a Ceilândia e Samambaia. Como contrapartida, o GDF aportará R$ 16.366.468,33 para as melhorias técnicas, que permitirão diminuir o intervalo entre um trem e outro — hoje de 3 minutos e 35 segundos de segunda a sexta em horários de pico.

O investimento abrange a substituição de componentes obsoletos e melhorias de comunicação entre os trens e o centro de controle e do sistema elétrico, como os mecanismos de proteção contra quedas de energia e a revitalização de subestações retificadoras de energia (que recebem a energia em alta tensão e a rebaixam para baixa tensão).

Uma vez licitadas, as alterações serão aplicadas ao longo dos 42 quilômetros de trilhos. Elas serão executadas nas madrugadas, quando os trens não rodam.

Esta será a primeira grande modernização desde o início da construção do Metrô-DF, na década de 1990. “O nosso desafio será a logística de implementação das melhorias, com a linha em operação e sem que o usuário seja afetado”, destaca a diretora técnica da empresa pública, Daniela Diniz.

Ao todo, serão destinados pelo Ministério das Cidades ao DF R$ 289,2 milhões — R$ 275,5 milhões para o Metrô-DF e R$ 13,8 milhões para a construção de um viaduto entre a Estrada Parque Indústria Gráfica (Epig) e o Parque da Cidade.

Expansão

O repasse do Ministério das Cidades inclui a construção de duas estações em Samambaia. Tecnicamente chamadas de Estação 35 e Estação 36, elas custarão R$ 186.562.045,19. Desse total, R$ 162.894.792,05 se referem ao dinheiro da União e R$ 23.667.253,14 à contrapartida do governo de Brasília.

A Estação 35 ficará próximo à Quadra 111 de Samambaia, onde estão uma escola classe e uma feira livre. A Estação 36 será instalada na Quadra 117, nas proximidades da Vila Olímpica Rei Pelé e do Centro de Atenção Integral à Criança (Caic) Ayrton Senna.

Um trecho plano entre a Estação 33, a última construída em Samambaia, e a Estação 35 ficará reservado à implementação da futura Estação 34. Ela não está prevista na expansão anunciada nesta semana e sairá do papel quando houver mais adensamento urbano na região.

As duas estações a serem erguidas contarão com elementos de acessibilidade, como rampas, piso tátil, aviso sonoro, escadas rolantes e elevadores. O projeto também considera estacionamento, paraciclos e ciclovia próximo ao muro de vedação (que separa os trilhos da área pública). A ideia é urbanizar as imediações da linha para evitar, entre outros problemas, a ocupação irregular do espaço.

Para comportar a ampliação do sistema, deverão ser construídas mais três subestações retificadoras de energia em Samambaia. Hoje, o Metrô-DF tem 15 unidades dessas em funcionamento em todos os ramais. O projeto engloba ainda a criação de dois viadutos rodoviários, de um viaduto ferroviário e de passarelas de pedestres.

Liberação de recursos

O aporte dos recursos pelo Ministério das Cidades se iniciou em 2013, com a abertura de carta-consulta pelo governo federal. À época, o DF foi uma das unidades da Federação vencedoras do processo, e o projeto inscrito considerava a ampliação dos três trechos do metrô (Asa Norte, Ceilândia e Samambaia).

No entanto, por questões orçamentárias, o Executivo federal solicitou que a expansão fosse desmembrada. Diante da crise econômica nacional, não seria mais possível destinar recursos suficientes para os três ramais.

Assim, a linha laranja foi priorizada em função de critérios técnicos, como a maior extensão de via, menor custo por quilômetro e localização em área de expansão urbana e imobiliária. A ampliação dos outros dois ramais depende da disponibilidade de recursos do governo federal.

Investimentos

Em 2015, o Metrô-DF conseguiu a aprovação de toda a documentação técnica na Caixa Econômica, agente financeira do governo federal na operação. Essa medida garantiu a destinação ao DF dos recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Mobilidade, do Ministério das Cidades.

Desde 2016, é cumprida uma programação de investimentos no sistema metroviário. No orçamento de 2017, por exemplo, estavam previstos R$ 192,7 milhões, que não se concretizaram pois dependiam de operações de crédito e de repasses da União.

Enquanto o dinheiro federal não é liberado, o governo do DF obteve recursos do Banco do Brasil para a modernização do metrô. Em abril de 2017, foram destinados, aproximadamente, R$ 19 milhões para a execução dos contratos da Linha 1.

O GDF busca recursos para concluir as estações inacabadas e sem atender à população desde 1992 – ano do início da construção.

Ainda neste semestre, as obras de finalização começam nas estações 106 Sul, 110 Sul e Estrada Parque. Também haverá licitação para adequar a Estação Arniqueiras, terceira com o maior fluxo de passageiros e que ainda não tem escadas rolantes.






https://www.metropoles.com/distrito-...ra-em-estacoes
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #1282  
Old Posted Jan 16, 2018, 11:03 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 12,248
Ano eleitoral é muitas promessas, agora veremos se sai algo, ao menos de inicio para enganar os eleitores
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #1283  
Old Posted Jan 22, 2018, 4:31 PM
fortescue fortescue is offline
Registered User
 
Join Date: Mar 2012
Posts: 136
Michel Temer assina decreto liberando verba para a expansão do Metrô DF
Promessa é expandir linhas de Samambaia e revitalizar estações ainda em fase de acabamento. Liberação de recursos federais também servirá para manutenção


O presidente da República Michel Temer participou da solenidade para assinar um decreto que autoriza a abertura de licitação para dar início aos trabalhos de expansão das estações da Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF). A cerimônia aconteceu no Palácio do Planalto, na manhã desta segunda-feira (22/1).

O documento também conta com a assinatura do ministro das Cidades, Alexandre Baldy, que liberou cerca de R$ 333 milhões para as futuras obras na estatal, do governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, e do presidente do Metrô-DF, Marcelo Dourado.

Durante a solenidade, Michel Temer destacou a parceria entre a União com o DF, além da necessidade de aprimoramento do serviço não apenas em Brasília, mas também em todo o país. "O metrô, na verdade, é um dos instrumentos de transporte mais veloz e o que mais atende a população. Trata-se, portanto, de demanda antiga da população brasiliense. É importante para o desenvolvimento da capital", relatou o presidente. "Com o reequilíbrio das contas públicas, vamos renovando as questões governamentais", completou Temer.

Rollemberg relembrou as recentes obras e atividades do GDF, como o fechamento definitivo do Lixão da Estrutural, ocorrido no último sábado (20/1) e a construção de barragens para a captação de água por conta da crise hídrica. "São ações civilizatórias. Agora, temos a oportunidade de expandir o Metrô em outras quadras de Samambaia e ir modernizando o sistema de transporte do DF", explicou.

A promessa governamental é expandir o serviço em duas linhas por Samambaia, com extensão de 3,6 km, além de liberar recursos federais para a renovação de equipamentos e manutenção da estatal. O Metrô-DF conta, hoje, com 24 estações pelo DF e recebe cerca de 170 mil passageiros diariamente. A extensão geral do serviço é de 42 km de área.

Além da licitação para Samambaia, o Ministério das Cidades liberou repasse de R$ 17 milhões para o futuro viaduto de interseção na Estrada Parque Indústrias Gráficas (EPIG) que também faz ligação entre o Parque da Cidade e áreas do Sudoeste.

Ceilândia e Asa Norte à espera

Com a liberação assinada nesta segunda-feira, o governo ainda aguarda o aval para ampliar em 3,2 km de via do transporte que percorre Ceilândia, além de construir a primeira estação por toda Asa Norte. Segundo projeções do Executivo do DF, a construção requer 354,4 milhões para a União e mais de R$ 50 milhões ao governo do Distrito Federal. As promessas para a ampliação do serviço nas regiões se arrasta desde 2009.

Fonte: Correio Braziliense
Reply With Quote
     
     
  #1284  
Old Posted Jan 22, 2018, 7:11 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 18,561
E por falar em novas obras do metrô, cadê aquelas famosas barreiras de vidro, que falaram que iriam implantar no metrô brasiliense. O tal governador afirmou que iria implantar aqui..

Reply With Quote
     
     
  #1285  
Old Posted Jan 25, 2018, 5:29 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 18,561
Olhando no mapa, sei que tem uma extensa área para o futuro terminal norte, mas, eu quero ver, como será a logística.

Agora é a dúvida, vai projetar o lugar, já adequado para receber, BRT, VLT, Metrô e Ônibus? E como se dará o trajeto do metrô até a região, pois o único lugar que vejo, seria naquele estreito trecho entre o Boulevard Shopping e ex-Câmara Legislativa. Ai na W3 norte, poderia ser apenas para o VLT e Metrô...



Last edited by pesquisadorbrazil; Jan 25, 2018 at 5:49 AM.
Reply With Quote
     
     
  #1286  
Old Posted Jan 25, 2018, 1:53 PM
Mineiro Mineiro is offline
Registered User
 
Join Date: Dec 2016
Location: Brasília
Posts: 104
Quote:
Originally Posted by pesquisadorbrazil View Post
E por falar em novas obras do metrô, cadê aquelas famosas barreiras de vidro, que falaram que iriam implantar no metrô brasiliense. O tal governador afirmou que iria implantar aqui..

cara ponto importante bem lembrado, aquela área aberta me dá agonia, ainda mais quando está lotado e começa o empurra-empurra, fora que dá margem pra qualquer louco suicida querer se jogar ou causar um acidente...isso deveria ter sido implantado pelo menos em todas as estações subterrâneas.
Reply With Quote
     
     
  #1287  
Old Posted Jan 26, 2018, 2:58 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 18,561
^^^ Olha se tem grana para colocar nas subterrâneas, tem que arrumar para todas.
Reply With Quote
     
     
  #1288  
Old Posted Feb 15, 2018, 1:00 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 18,561
Próxima estação


O governador Rodrigo Rollemberg assinou, nesta quinta-feira, 15, a ordem de serviço para concluir as obras da Estação 110 Sul do metrô de Brasília, iniciadas e paralisadas na década de 1990. Orçadas em R$ 23 milhões, as intervenções no local compreendem a finalização da estação e a construção de passagem para pedestres (sob os Eixinhos e o Eixão) e de acessos em superfície. “A obra tem todo um cronograma: tem a parte de acabamento, a de sinalização e a construção de duas passarelas. A previsão é que até dezembro tudo esteja pronto”, disse o diretor-presidente da Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF), Marcelo Dourado. Será que finalmente vai sair?!

Fonte: http://paulasantana.gpsbrasilia.com....oxima-estacao/
Reply With Quote
     
     
  #1289  
Old Posted Feb 15, 2018, 1:01 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 18,561
Uai uma empreiteira ficha suja venceu a licitação.......... Acho que essa estação não vai sair tão cedo do papel.

E o mesmo engraçado de tudo a Via ainda insiste trabalhar com GDF depois de vários calotes que levou.
Reply With Quote
     
     
End
 
 
Reply

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Infraestrutura & Transporte
Forum Jump


Thread Tools
Display Modes

Forum Jump


All times are GMT. The time now is 10:49 PM.

     

Powered by vBulletin® Version 3.8.7
Copyright ©2000 - 2018, vBulletin Solutions, Inc.