HomeDiagramsDatabaseMapsForumSkyscraper Posters
     

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Projetos - Arquitetura

Reply

 
Thread Tools Display Modes
     
     
  #681  
Old Posted Dec 21, 2017, 2:17 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 18,546
Estou com uma suspeita, se esse projeto não for no lugar do antigo Hospital São Lucas na 715/915 sul, acho que ele corre sério risco de se tornar um never built.

Reply With Quote
     
     
  #682  
Old Posted Dec 22, 2017, 7:13 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 18,546
Rezek lança projeto de 18 mil unidades na capital paulista

Verena Balas, diretora: "A civilidade para o ser humano começa na moradia" O grupo Rezek lançou a primeira fase do bairro planejado Reserva Raposo, destinado à baixa renda, desenvolvido na rodovia Raposo Tavares, na capital paulista.

O empreendimento terá seis etapas, ao longo de oito anos, com 17.960 unidades. Trata-se do projeto com o maior volume de unidades já lançado na cidade de São Paulo, segundo a diretora de incorporação do grupo e responsável pelo empreendimento, Verena Balas.

O Valor Geral de Vendas (VGV) do empreendimento, que abrange 124 torres, será de pelo menos R$ 4 bilhões. Haverá condomínios para todas as faixas do programa habitacional Minha Casa, Minha Vida e 500 lojas. De acordo com a executiva, o bairro planejado terá população de 60 mil habitantes e vai gerar mais de 15 mil empregos diretos e indiretos.

O projeto será construído pela Cury (70%) e pela ConstruCompany (30%). A previsão é que as obras de infraestrutura comecem no primeiro trimestre e que as edificações tenham início em junho. O empreendimento está sendo desenvolvido em terreno de 450 mil metros quadrados conhecido como Raposão, comprado pelo grupo Rezek da Viver Incorporadora por R$ 165 milhões em julho de 2014.

Em agosto daquele ano, na sequência de o novo Plano Diretor de São Paulo ter sido aprovado, o grupo submeteu o projeto do bairro planejado à aprovação. "No Brasil, a habitação de interesse social não tem a qualidade que este projeto traz. Vamos utilizar louças Deca e fechaduras La Fonte e Pado ", diz a executiva.

O grupo entregará o projeto com terminal de ônibus, viaduto de entrada e saída do bairro, seis creches, duas unidades básicas de saúde, escola, biblioteca pública, centro para idosos, dois parques públicos, auditório e três quilômetros de ciclovias.

As contrapartidas externas somam R$ 70 milhões, e as internas e os custos com saneamento somam R$ 100 milhões. De acordo com a diretora de incorporação, ainda assim, será possível obter margem bruta de 38%, devido ao adensamento do bairro, às condições favoráveis de negociação com fornecedores decorrentes da escala e à equipe enxuta.

Atualmente, dez pessoas do grupo trabalham no projeto, exclusivamente, mas Verena - arquiteta e urbanista formada pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) Campinas -, conta que passou dois anos e meio cuidando sozinha de todas as atividades relacionadas ao bairro planejado, desde servir café e tirar xerox até protocolar todos os pedidos de licença e ser responsável pelo plano de negócios. "O Reserva Raposo nasceu da alma do grupo. A civilidade para o ser humano começa na moradia." A primeira fase - composta por dois condomínios, cada um com 300 unidades de 44,46 metros quadrados - se enquadra na faixa 2 do Minha Casa, Minha Vida. O VGV dos dois condomínios soma RS 108 milhões. Segundo a executiva, as pré-vendas apontaram demanda pelas unidades por parte de pessoas residentes em todas as regiões de São Paulo e em cidades do entorno, como Carapicuíba, Jandira, Itapevi, Osasco e Cotia.

No início do ano, foi concluída captação do Fundo de Investimento em Participações Nova Raposo, no valor de R$ 300 milhões. O objetivo da captação, coordenada pela Votorantim Asset, foi levantar recursos junto a investidores qualificados para aportes no projeto. O prazo para retorno é de seis anos, e a remuneração, de IPCA mais 14%.

O financiamento imobiliário do empreendimento será feito pela Caixa Econômica Federal, e há conversas, em curso, também com o Banco do Brasil. O Reserva Raposo é o primeiro projeto imobiliário desenvolvido pela Rezek na cidade de São Paulo.

Há intenção de replicar o modelo desse projeto para Campinas e Brasília. Fundado por José Ricardo Rezek em 1986, o grupo atua também em agronegócios, tecnologia e serviços. A incorporação representa 30% da receita total, que atingiu R$ 250 milhões neste ano. A intenção é que, futuramente, a fatia chegue a 40%. "Sem dúvida, o setor de incorporação vive momento de retomada", afirma Verena.

Fonte: http://www.gsnoticias.com.br/noticia...-na-capital-pa
Reply With Quote
     
     
  #683  
Old Posted Dec 22, 2017, 7:15 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 18,546
Nossa uma empresa de SP vir investir em Bairros Planejados em Brasília, claro que deve ser fora de Brasília, no entorno, e não estranharia que ela ocupasse o espaço deixado pela Damha..

Link do projeto, e é bem grande por sinal.

https://reservaraposo.com.br/?gclid=...SAAEgIgS_D_BwE
Reply With Quote
     
     
  #684  
Old Posted Dec 22, 2017, 7:15 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 18,546
Reply With Quote
     
     
  #685  
Old Posted Jan 11, 2018, 10:34 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 18,546
Todas as grandes construtoras de Brasília estão QUEBRADAS, tirando a PaulOOctavio e Emplavi, as demais estão passando por apertos. E quando aparece alguém da Ademi falando que o mercado está retomando o ritmo, é pura falácia.

Tanto, que no ano passado, anunciaram que iriam ser lançados uns 10 projetos. Você conta no dedo, quem lançou. PaulOOctavio, Emplavi e Base. Somente eles e mais ninguém lançou nada.
Reply With Quote
     
     
  #686  
Old Posted Jan 12, 2018, 11:08 AM
fabiano's Avatar
fabiano fabiano is offline
Registered User
 
Join Date: May 2013
Location: Brasília
Posts: 1,233
Só assim para o valor absurdo dos imóveis baixarem.
Reply With Quote
     
     
  #687  
Old Posted Jan 12, 2018, 11:57 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 18,546
Quote:
Originally Posted by fabiano View Post
Só assim para o valor absurdo dos imóveis baixarem.
Acho muito dificil, ainda mais que saiu a pouco numa entrevista do presidente da ADEMI, que os valores irão continuar altos, justo pela dificuldade de aprovar projetos, escassez de lotes, aqueles blablabá para enganar o trouxa.
Reply With Quote
     
     
  #688  
Old Posted Jan 17, 2018, 12:21 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 18,546
Pelo que fiquei sabendo, esse empreendimento aqui fica no Tororó, opa o trem está saindo aos poucos...

Reply With Quote
     
     
  #689  
Old Posted Feb 10, 2018, 6:08 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 18,546
Parece que finalmente a retomada dos lançamentos imobiliários irá se iniciar pelo Noroeste e Park Sul... No caso o Noroeste, será um lançamento comercial de Loja e Studio. Na CLNW 2/3 Lote B - Setor Noroeste , e será nada menos que a Faenge que irá lançar e quem vai comercializar é a Cygnus...

E a Base no Park Sul, ao lado do CasaPark...

http://grupocygnus.com/imoveis/breve-lancamento/
Reply With Quote
     
     
End
 
 
Reply

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Projetos - Arquitetura
Forum Jump


Thread Tools
Display Modes

Forum Jump


All times are GMT. The time now is 9:25 PM.

     

Powered by vBulletin® Version 3.8.7
Copyright ©2000 - 2018, vBulletin Solutions, Inc.