HomeDiagramsDatabaseMapsForumSkyscraper Posters
     
Welcome to the SkyscraperPage Forum

Since 1999, the SkyscraperPage Forum has been one of the most active skyscraper enthusiast communities on the web. The global membership discusses development news and construction activity on projects from around the world, alongside discussions on urban design, architecture, transportation and many other topics. Welcome!

You are currently browsing as a guest. Register with the SkyscraperPage Forum and join this growing community of skyscraper enthusiasts. Registering has benefits such as fewer ads, the ability to post messages, private messaging and more.

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Notícias do Brasil - Imprensa Nacional

Reply

 
Thread Tools Display Modes
     
     
  #61  
Old Posted Nov 2, 2011, 2:24 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 6,518
Plano Plurianual prevê R$ 18 bi para sedes da copa


A Comissão Mista de Orçamento (CMO) do Congresso Nacional aprovou hoje o parecer preliminar do senador Walter Pinheiro (PT-BA) ao Plano Plurianual 2012-2015. O PPA estabelece os projetos e os programas de longa duração do governo federal. Está no texto a previsão de gastos de R$ 18 bilhões em mobilidade urbana nas 12 cidades-sede da Copa do Mundo e a duplicação da capacidade dos principais aeroportos brasileiros.

Com a aprovação será aberto agora o prazo de emendas ao PPA. Nesta fase as bancadas, as comissões temáticas do Congresso e os deputados e senadores poderão sugerir mudanças no texto. Segundo o vice-líder do governo, Gilmar Machado (PT-MG), o PPA está sendo conduzido de forma conjunta ao Orçamento do próximo ano. Em ambos os casos não há previsão para reajuste de pessoal, como o reivindicado pelo Judiciário, mas está aberta a possibilidade de atender a essas demandas em etapas posteriores da tramitação.


O PPA prevê gastos de R$ 1,4 trilhão na Previdência Social até 2015 e mais R$ 316,7 bilhões no Sistema Único de Saúde. O Plano Brasil sem Miséria deve receber R$ 20 bilhões por ano, considerando-se a ampliação do Bolsa Família para mais 800 mil famílias. Atualmente são 13 milhões de famílias atendidas.

Na área de infraestrutura a maior fatia dos recursos vai para as ações de moradia popular, em especial com o programa Minha Casa, Minha Vida, que receberá R$ 389,7 bilhões. A previsão é construir mais dois milhões de moradias até o fim do atual governo. A área de petróleo e gás receberá R$ 227,7 bilhões, sendo que a estimativa do projeto é de que, nos próximos quatro anos, o País esteja produzindo 3,1 milhão de barris por dia.


O PPA traz ainda como meta para o governo a ampliação do investimento de 18% para 22,4% do PIB. Dos recursos previstos para a organização do Estado, que totalizam R$ 60,5 bilhões, a maior parte vai para a Política Nacional de Defesa, que fica com R$ 52,8 bilhões, destinados à manutenção e ampliação da capacidade de operação das Forças Armadas.












http://www.istoedinheiro.com.br/noti...+SEDES+DA+COPA
Reply With Quote
     
     
  #62  
Old Posted Nov 3, 2011, 1:29 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 8,336
Eu acho hilário nossos politicos começarem a reclamar das regras da FIFA. Quando o Brasil se canditatou, sabia das regras. E agora não quer aceita-las. Isso dá motivos para a FIFA tirar a COPA daqui. É igual um contrato pré-nupcial. Os governos federal, estadual e municipais sabiam das regras e agora não querem cumpri-las?
Reply With Quote
     
     
  #63  
Old Posted Nov 3, 2011, 8:52 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 6,518
Pacote VIP mais caro para ver jogos da Copa sairá por R$ 4 mi



A Fifa divulgou nesta quinta-feira os preços de camarotes e pacotes para a Copa de 2014, que apenas pessoas jurídicas (empresas) poderão adquirir. Estes pacotes voltados aos VIP's já estão sendo comercializados pelo Grupo Águia e pela empresa de marketing esportivo Traffic.

O mais caro da série (denominado 'Aquarela Series' custará US$ 2,3 milhões (equivalente hoje a R$ 4 milhões). Neste plano, a empresa poderá levar de 16 a 26 pessoas para os 19 confrontos (incluindo abertura, semifinais e decisão) que acontecerão no Rio, em São Paulo e em Belo Horizonte.

A empresa que adquirir este plano ficará em um camarote central com direito a estacionamento, bebidas e comida.

Para assistir a todos os jogos previstos para uma determinada sede, o comprador pode optar pelo pacote 'Venue Series', que tem preços que variam de R$ 4 mil a R$ 3 milhões (US$ 2.350 a US$ 1,75 milhão).


Outra opção é comprar apenas partidas de uma seleção ('Team Series'). Caso a equipe escolhida seja eliminada, o cliente continuará com os ingressos para os jogos que acontecem onde sua equipe eleita jogaria.

O Team Series tem preços que variam entre R$ 1,2 mil e R$ 53 mil (de US$ 700 a US$ 30.900). É possível também comprar um ou três partidas de uma determinada equipe.

Os jogos do Brasil não são contemplados por esta modalidade. Para ver de perto apenas um jogo do time pentacampeão, é necessário que a empresa adquira um 'Venue Series'. Para os que preferirem assistir apenas os momentos decisivos do Mundial de 2014, há o Final Round (equivalente hoje a R$ 17 mil a R$ 36 mil). O Final Round contempla duas possibilidades: uma semifinal e a final ou as duas semifinais e a finalíssima.

O contato para compra no Brasil é o 11-2770-2014 ou pelo comercial@match-hospitality.com.

2013

A Fifa informou que prevê o início da venda dos ingressos populares (ou avulsos) da Copa-2014 após a Copa das Confederações, no segundo semestre de 2013. O mês provável para a comercialização dos bilhetes é agosto daquele ano.

A expectativa da entidade é que sejam negociados 3,3 milhões de ingressos, embora o número total ainda não esteja fechado porque os estádios não estão prontos.

Como em outros Mundiais, a Fifa começará a primeira fase de venda pela internet, em que os torcedores vão aplicar pelo direito dos bilhetes. Depois, haverá um sorteio de quem tem direito a esses primeiros bilhetes.

Para atender a todos, inclusive os que não tem internet, ainda serão estabelecidas parcerias com entidades a definir para que as pessoas possam fazer as aplicações em locais físicos.

"O jeito que vendemos ingressos é diferente [do que ocorre no Brasil]. Não vendemos em estádios", contou o diretor de marketing e diretor da Agência de Tickets da Fifa, Thiery Weil. "Pretendemos instalar 700, 800 escritórios para a venda pelo país".

As vendas de ingressos para a Copa das Confederações será feito a partir do final de 2012. O objetivo é não misturar as duas comercializações dos bilhetes.
















http://www1.folha.uol.com.br/esporte...r-r-4-mi.shtml
Reply With Quote
     
     
  #64  
Old Posted Nov 5, 2011, 12:35 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 6,518
Fifa garante ingressos a preços populares na Copa-2014



A Fifa planeja vender ingressos para a Copa de 2014 a brasileiros por preços entre US$ 20,00 e US$ 30,00 (R$ 34,60 a R$ 51,90), semelhantes aos que se cobram hoje em alguns jogos do Campeonato Brasileiro. Mas esses valores somente serão válidos para a primeira fase. As informações são do secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, que desembarca no País na segunda-feira para reuniões com o governo que prometem ser decisivas.

Porém, o cartola garantiu ao Estado que a Fifa não vai abrir mão das demais exigências, na defesa de seus parceiros comerciais. Assegura que bebidas alcoólicas serão vendidas nos estádios e alerta: o Brasil não tem chances de vencer uma disputa com a entidade.

Valcke vem ao País para tentar costurar o acordo que estabelece a Lei Geral da Copa, cuja negociação, entende, sofreu atraso por conta da crise no Ministério do Esporte, e participará de audiência pública no Congresso. Insinua que aqueles que estão criticando a Fifa por conta da Lei Geral tentam tirar proveito político da ocasião e admite não saber qual será o custo final do Mundial para o País.







http://espn.estadao.com.br/futebolna...2014+NO+BRASIL
Reply With Quote
     
     
  #65  
Old Posted Nov 6, 2011, 12:31 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 6,518
Câmara aprova uso de FGTS em estádios da Copa



Deputado modificou medida provisória sobre impostos de empresas exportadoras para incluir uso do FGTS



Obras do Mané Garrinha, em Brasília: MP libera uso de FGTS em obras


Uma medida provisória aprovada pela Câmara permite o uso de recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para o financiamento de obras da Copa. A informação foi publicada neste sábado na coluna Radar da revista VEJA.

A medida provisória original enviada pelo Palácio do Planalto tratava apenas de impostos para empresas exportadoras. A ideia de modificar o texto original partiu do deputado Renato Molling (PP-RS).

Para entrar em vigor, a medida ainda precisa ser aprovada pelo Senado e sancionada pela presidente Dilma.

Inicialmente, o governo prometia não utilizar recursos públicos nos estádios da Copa. Diversos incentivos, entretanto, já foram aprovados pelo poder público. Sabe-se agora que até o FGTS, um dinheiro que pertence aos trabalhadores formais, pode dar uma força para a construção e reforma dos estádios.




http://exame.abril.com.br/economia/b...tadios-da-copa
Reply With Quote
     
     
  #66  
Old Posted Nov 6, 2011, 3:43 AM
HLbsb's Avatar
HLbsb HLbsb is offline
Registered User
 
Join Date: Sep 2011
Posts: 383
Quote:
Originally Posted by Jota Ferro View Post
Oh rapa, lembra ai onde vc leu essa materia. Mas realmente acho que fica meio longe o Jockey Clube do CO, mesmo com intervenções citadas pelo Pesquisa. Vamos ver.

Para não ficar no disse que me disse:

Quote:
Comitiva da Fisu visita Centro Olímpico da UnB

Agência Brasília
A matéria também fala de outros locais para competições, como Pontão (Triatlo e Maratona Aquatica), Esplanada (Volei de Praia), Parque da Cidade e Centro Poliesportivo.
Reply With Quote
     
     
  #67  
Old Posted Nov 8, 2011, 1:35 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 6,518
Atrasos elevam custos das obras para a Copa-2014


Atrasos nos projetos de estádios e aeroportos farão o país gastar, no mínimo, R$ 720 milhões a mais para realizar a Copa de 2014 –montante suficiente para a construção de um estádio novo. A informação é da reportagem de Dimmi Amora e José Ernesto Credendio, publicada na edição desta segunda-feira da Folha . O valor se deve à despesa com turnos extras de operários para não estourar ainda mais o prazo das obras.

Nove arenas e sete aeroportos já são ou deverão ser erguidos em “regime de urgência”, que inclui expediente noturno e implica gasto adicional de 8%. Entre esses projetos, que somam R$ 9 bilhões –incluído o custo extra–, está o estádio Itaquerão e o aeroporto de Guarulhos.













http://www1.folha.uol.com.br/poder/1...r-720-mi.shtml
Reply With Quote
     
     
  #68  
Old Posted Nov 8, 2011, 1:48 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 6,518
Secretário-geral da Fifa admite meia entrada para estudantes na Copa de 2014



Em um encontro na Câmara dos Deputados nesta terça-feira (8) para discutir a Lei Geral da Copa do Mundo de 2014, o secretário-geral da Fifa, Jerôme Valcke, afirmou que não está descartada a meia-entrada para estudantes no evento. Ele disse ter discutido o assunto com a presidente Dilma Rousseff e o novo ministro do Esporte, Aldo Rebelo.

Valcke admitiu que a Fifa “não gosta da ideia” da meia-entrada. Mas disse que a criação de uma categoria especial, assim como aconteceu na África do Sul, viabilizaria a entrada de estudantes por um preço reduzido em pelo menos 12% dos assentos disponíveis em cada partida. O preço de cada entrada para os 48 jogos da fase de grupos seria de US$ 25 – R$ 43 em valores atuais.

“Não queremos mexer na lei nacional [que garante meia-entrada aos estudantes]. Dissemos à presidente que temos um problema técnico. Em vez de haver diferentes grupos com direito a meia-entrada, propus que implantemos uma categoria 4, especial, reservada apenas para os brasileiros. Trabalharemos com o governo brasileiro para assegurar, inclusive, acesso a estudantes dentro dessa categoria”, disse.

Uma das razões para as restrições, disse Valcke, é o preço dos ingressos de Copa do Mundo no mercado negro. Dirigentes da Fifa, em especial o ex-vice-presidente Jack Warner, são acusados de ganharem milhões de dólares comercializando entradas no mercado negro. Documentos obtidos pela BBC apontam que Warner foi obrigado a restituir a entidade por causa disso.

Críticas ao Brasil

Também presente no encontro, o presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), Ricardo Teixeira, foi sucinto em sua apresentação. Disse apenas que a livre entrada de funcionários da Fifa no Brasil e as isenções fiscais aos patrocinadores da entidade “não fazem parte de uma discussão ideológica ou de soberania, mas sim de flexibilidade para um evento global e único”.

Valcke pediu colaboração do meio político e rejeitou as acusações de que a Fifa está aumentando suas exigências em relação ao Brasil. “Nunca exigimos garantias suplementares às pedidas ao presidente Lula. Não mudamos nada, nem uma palavra”, disse. "Nós decidimos viabilizar que as equipes viajem pelo Brasil, ao contrário do que aconteceu na África do Sul. Não damos declarações pelo prazer de dar declarações. Viajar no Brasil não é fácil.”

O secretário-geral da Fifa também se comprometeu a aplicar princípios transparentes para conceder credenciamento a jornalistas. “Não haverá nenhum sistema diferente de credenciamento”, disse. Em entrevista à revista “Piauí”, Teixeira afirmou que poderia cometer “as maiores maldades” para dificultar o acesso de veículos de comunicação críticos a ele.











http://esporte.uol.com.br/futebol/co...pa-de-2014.htm
Reply With Quote
     
     
  #69  
Old Posted Nov 9, 2011, 6:09 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 8,336
Eu quase morri quando li que a FIFA anda preocupada com a sede de São Paulo, mesmo se decretarem feriado nos dias de jogos em Sampa, vai haver congestionamentos. Enquanto isso em Brasília, com ou sem feriado não tem esse problema na região do Estádio.
Reply With Quote
     
     
  #70  
Old Posted Nov 9, 2011, 7:44 PM
HLbsb's Avatar
HLbsb HLbsb is offline
Registered User
 
Join Date: Sep 2011
Posts: 383


Vi umas plantas lá no outro fórum nos quais os estacionamentos do estádios terão que ser destinados para hospitalidade e transmissão, parte do estacionamento do shopping e outro estacionamento que deve ser construído serão destinados a veículos credenciados. Ou seja, quem quiser ir de carro durante a copa, ainda que chegue, terá de estacionar há quilometros do estádio e ficar perambulando por Itaquera.

Pensando nisso é que SP já começou uma campanha de copa ecológica com o slogan: "vou ao jogo de metrô". Agora, imaginem 65.000 pessoas tentando pegar o metrô ao mesmo tempo.... Os paulistanos não admitem. Falam que tem 50% da malha metroviária do país (contando CTPM, claro). Mas não se dão conta que 300km de trilhos numa região com mais de 20 milhões de pessoas, altamente adensada, chega a ser piada.

Eu já desisti de bater nessa tecla com os paulistanos e receber PMs lá no outro fórum. Ao menos aqui se pode falar desse tipo de assunto.
Reply With Quote
     
     
  #71  
Old Posted Nov 9, 2011, 7:50 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 8,336
Aqui poderemos debater TUDO, aqui não vai ter restrinções. O hilário vai ser obrigar um turista a utilizar o metrô numa zona de guerra com uma belissima cracolândia anexa ao estádio. Acho que eles vão erguer um gigantesco muro ao redor da cracolândia, pois tirar não vão conseguir. Até mesmo porque o DIREITO DO IR E VIR é garantido por LEI, e de se drogar é garantido pelo ECA.
Reply With Quote
     
     
  #72  
Old Posted Nov 9, 2011, 8:45 PM
HLbsb's Avatar
HLbsb HLbsb is offline
Registered User
 
Join Date: Sep 2011
Posts: 383
Por curiosidade, o metrô-SP informa que a capacidade da estação Corinthians/Itaquera, que integra metrô e CPTM, é de 60 mil pax/hora no pico. O projeto que citei acima sugere a utilização da estação Artur Alvim para algumas entradas do estádio. Essa estação é apenas para metrô e comporta 20 mil pax/hora no pico, com o detalhe que se o vagão sai cheio da estação Corinthians/Itaquera ninguém consegue embarcar aí.

Ou seja, a capacidade de escoamento no horário lata de sardinha é 60 mil pax/hora, sendo que no sentido centro/resto da cidade é ainda menor já que a linha da CPTM faz viagens dessa estação para a zona leste.

Preparem-se para passar mais de uma hora só pra pegar o metrô, lotado....
Reply With Quote
     
     
  #73  
Old Posted Nov 9, 2011, 9:00 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 6,518
Sem sacanagem, vai ser uma vergonha isso, o local do estádio é bem longe do centro o metrô não vai comportar a demanda em horários de pico (saída do estádio) a região e bem periferia, tem a cracolandia logo alí, sem desmerecer a cidade...
O estádio e bem simples, sem nenhuma inovação, vai ter muitos assentos descobertos e por ai vai...
Só rolando uma grana preta pra ser escolhido para abertura esse estádio, essa abertura podia ser em BH, SSA, POA ou BSB que ao meu ver são bem mais estruturadas para a abertura, mas já passou, agora vamos mostrar o quanto Brasília merecia ter ficado com a abertura da copa, mostrando o sucesso da copa das confederações
Reply With Quote
     
     
  #74  
Old Posted Nov 10, 2011, 8:50 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 6,518
Pacotes para Copa custam até US$ 2,3 milhões


Opção mais cara cobre 19 partidas, incluindo jogo de abertura e final



Projeto do estádio do Corinthians: pacotes para a Copa custam até US$ 2,3 milhões

A Copa no Brasil acontece só em 2014, mas para quem pode desembolsar alguns milhões, a corrida para garantir um lugar já começou. O preço dos ingressos comuns de cada jogo ainda não foi definido pela Fifa, mas os pacotes mais luxuosos para a competição já começaram a ser vendidos. Os preços variam entre 700 dólares e inacreditáveis 2,3 milhões de dólares.


Os ingressos normais de arquibancada ainda não estão à venda e não tem preços definidos. Já os pacotes premium estão sendo comercializados por parceira da Fifa chamada Match Hospitality, com sede na Suíça. No Brasil, os representantes de vendas são a Traffic Sports, do Grupo Traffic, e a Top Service, do Grupo Águia.

No mundo todo, estarão disponíveis 450.000 pacotes, segundo Andreas Herren, porta-voz da empresa em Zurique. Boa parte desse total virá para as mãos de torcedores da seleção canarinho. “Estamos trabalhando com 100.000 pacotes no mercado brasileiro, mas esse número pode aumentar de acordo com a demanda”, afirma Gilmar Pinto Caldeira, da Top Service.

O foco principal será vender os pacotes para empresas, que devem oferecer as vagas em programas de relacionamento para clientes. Herren, de Zurique, explica, porém, que os programas da série Match Premier, com desenho simplificado, foram pensados também para serem adquiridos diretamente por torcedores. Para esses casos, é necessário comprar ao menos quatro pacotes.

Os clientes terão direito de assistir as partidas dentro de espaços exclusivos, similares a grandes camarotes. São cinco opções de pacotes de partidas e cinco espaços diferentes de acomodação nos estádios. O pacote mais caro, de 2,3 milhões de dólares, dá acesso a 19 partidas distribuídas entre São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, incluindo o jogo de abertura, as duas semifinais e a final.

Aqui no Brasil, para os pacotes comprados até maio de 2012, o pagamento poderá ser feito com uma entrada de 10% do valor, e outras três parcelas anuais até 2014. No país, os pacotes serão vendidos em reais, com cotação fixada no dia da compra.

Os pacotes incluem entrada para assistir aos jogos em espaços exclusivos, serviço de alimentação, bebida e estacionamento especial. Para viajar de uma cidade a outra, porém, será preciso desembolsar mais alguns milhares de reais, já que passagens e hospedagens não estão incluídas.















http://exame.abril.com.br/seu-dinhei...us-2-3-milhoes
Reply With Quote
     
     
  #75  
Old Posted Nov 10, 2011, 8:53 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 6,518
Tá muito barato!!!!!!! Só US$ 2,3 Milhões
Reply With Quote
     
     
  #76  
Old Posted Nov 13, 2011, 6:44 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 6,518
Investimentos para a Copa são considerados positivos por brasilienses



A maioria dos brasilienses acredita que valerão a pena os altos investimentos do governo local para sediar a Copa do Mundo em 2014. Pesquisa realizada pela O&P Brasil entrevistou 900 brasilienses sobre a questão e 54,9% consideraram a participação do Distrito Federal positiva. Os mais animados são os moradores de Taguatinga, Ceilândia e Vicente Pires, com 62,6% de aprovação. Por outro lado, os residentes em Águas Claras, Núcleo Bandeirante, Park Way, Sobradinho, Planaltina, Brazlândia e Gama não estão tão convencidos. Menos da metade, 46,5%, acredita que os investimentos valerão a pena.



A pergunta, respondida entre 4 e 7 de novembro, transpareceu um pouco da expectativa do País para a realização dos jogos. O policial civil aposentado Enoque Venâncio, 49 anos, está nesse time. Se conseguir, pretende assistir aos sete jogos que serão sediados na capital. Fanático por futebol, ele não deixa de acompanhar os jogos do time do coração, mas concorda que durante a Copa do Mundo o sentimento é ainda mais forte.



Enoque não esquece o primeiro Mundial que acompanhou. “Em 70, eu era muito novinho, mas lembro das pessoas comemorando nas ruas”, conta. Também por esse motivo, de quatro em quatro anos, o mês de junho tem um clima de torcida constante para todos os seus familiares. “Não deixamos de receber os amigos e parentes para assistir aos jogos da seleção.”



Ele ressalta que, como em todos os outros países que receberam o evento, o Brasil terá muitos investimentos privados, além do público. “Ainda precisamos saber quais seleções jogarão aqui. Se tivermos Itália ou Inglaterra, com certeza o número de turistas será imenso, o que movimenta todos os setores da economia”, acredita. Um dos pontos principais para o policial aposentado é que a população poderá usufruir dos investimentos por muito tempo depois do evento. “Na Copa do Mundo, o país anfitrião vira uma vitrine para o mundo. Isso chama a atenção dos investidores também”, argumenta.



Final

Se a seleção canarinho for para a final, Enoque tentará assistir ao jogo no Maracanã. “Com certeza, não só Brasília, como o País inteiro tem muito trabalho pela frente”, diz, com esperança. Morador do Guará, ele está em uma das regiões administrativas mais positivas quanto aos investimentos.



A faixa etária que aguarda com maior ansiedade a realização da Copa e acredita que os gastos são justificáveis está entre 16 e 24 anos. A escolaridade também influenciou na decisão sobre os gastos. A maioria daqueles com menor escolaridade, 1º grau incompleto, não se mostraram felizes com os altos investimentos.



De acordo com a Secretaria de Governo do DF, o GDF está investindo R$ 671 milhões na obra do Estádio Nacional de Brasília. Ele foi idealizado como uma arena multiuso, exatamente para que não se torne obsoleto após a realização dos jogos. Uma licitação internacional definirá uma empresa especializada em entretenimento para administrar o espaço. A empresa que vencer deverá oferecer o melhor preço de aluguel e ainda uma agenda de shows nacionais e internacionais, que insiram Brasília em um calendário intenso e internacional de eventos.















http://www.jornaldebrasilia.com.br/s....php?id=375036
Reply With Quote
     
     
  #77  
Old Posted Nov 15, 2011, 4:09 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 6,518
Obras para a Copa receberam apenas 1,3% do previsto


As obras de mobilidade urbana são parte importante do legado que ficará para os brasileiros depois da Copa do Mundo de 2014. Mesmo com tamanha importância e relevância para o bom andamento do megaevento, em termos orçamentários, o setor não deu o ponta pé inicial. A rubrica “mobilidade urbana”, administrada pelo Ministério das Cidades (MC), desembolsou apenas 1,3%, dos quase R$ 650,2 milhões previstos para serem aplicados este ano. Desconsiderando os dispêndios com os “restos a pagar”, compromissos assumidos em gestões anteriores, apenas 0,02% foram realmente pagos



O objetivo do programa é promover a melhoria da mobilidade urbana, de forma sustentável, favorecendo os deslocamentos não-motorizados e o transporte coletivo, na tentativa para reduzir os efeitos negativos da circulação urbana que assolam as principais capitais brasileiras.

Além disso, as obras devem contribuir para a melhoria da prestação de serviços de transporte metro-ferroviários, por meio da modernização e expansão dos sistemas vinculados ao transporte público. Passados dez meses, o Ministério afirma que vai gastar todos os recursos previstos para o ano.

No mês de outubro o Contas Abertas entrou em contato com o Ministério das Cidades para questionar sobre o ritmo de investimentos do programa de mobilidade urbana. Na época, a Pasta informou que da dotação prevista, 92%, equivalente a R$ 597,5 milhões referiam-se a emendas parlamentares, que estavam contingenciadas, mas que o desembolso tradicionalmente ocorreria nos últimos meses do exercício.

Questionados sobre a preocupação em relação ao possível atraso das obras do setor, a Pasta afirmou que o cumprimento aos prazos estabelecidos é a maior preocupação do GECOPA, Grupo Executivo de acompanhamento das ações relativas à Preparação e à Realização da Copa do Mundo de 2014, lançado pela Advocacia-Geral da União e o Ministério dos Esportes. A equipe trata das diversas questões jurídicas que possam afetar as atividades relacionadas à Copa do Mundo.

A Federação Internacional de Futebol (Fifa) vem criticando a atual infraestrutura de mobilidade urbana das cidades-sede da Copa. No começo da semana o secretário-geral da entidade, Jérôme Valcke, em debate na Comissão Especial que discute a Lei Geral da Copa na Câmara dos Deputados, resumiu a situação: “Estamos atrasados e não podemos perder mais um dia. Nós, da Fifa, viajamos para as 12 cidades-sede e se deslocar em São Paulo, por exemplo, é um pesadelo”. Além disso, Valcke ressaltou que a Copa das Confederações de 2013 será um grande teste para a Fifa, mas será tarde para fazer alguma mudança fundamental.













http://www.alo.com.br/noticias/ultim...Noticia=146527
Reply With Quote
     
     
  #78  
Old Posted Nov 16, 2011, 3:46 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 8,336
Medida da Fifa faz com que comércio perto dos estádios da Copa deixe de lucrar

Quem tem comércio perto de umas das arenas que receberão jogos da Copa do Mundo de 2014 já pode começar a se preocupar. Se pensou que poderia lucrar com alto fluxo turístico se enganou. Como parte das exigências impostas pela Fifa, o comércio nas proximidades dos estádios será proibido, ficando restrito às lojas oficiais e patrocinadores do Mundial.

De acordo com a Lei Geral da Copa cabe, às cidades-sede definirem o tamanho dessa zona de exclusão, como foi denominado o artigo 11 do projeto que está em tramitação na Câmara. No entanto, estima-se que a solicitação da Fifa seja para comandar uma área de cerca de dois quilômetros ao redor das arenas.

Com a medida, a Fifa pretende evitar que grandes marcas, principalmente de concorrentes de seus patrocinadores, se aproveitem do evento para aumentar seus ganhos.

Preocupados, representantes de entidades ligadas ao comércio e serviços estão preocupados e pedem solução ao Congresso, como informou o Estado de S. Paulo nesta segunda-feira. A ideia é que os lojistas não tenham de fechar as portas, ou então, que recebam uma indenização pelo tempo em que deixarão de lucrar.

Para se ter uma ideia, estudos realizados na Arena das Dunas, em Natal, indicam que cerca de 80 vias públicas seriam atingidas pela zona de exclusão. Nessas ruas, além do comércio, que também afeta o vendedor ambulante, a norma também proibiria as publicidades. Assim, qualquer anúncio que não seja dos patrocinadores oficiais teria que ser retirado ou coberto.

A discussão deve se arrastar ainda por muito tempo até que Fifa e lojistas sintam-se beneficiados com o que for decidido. Na última Copa do Mundo, na África do Sul, as regras de restrição de comércio e publicidade próximo aos estádios só foram definidas menos de um ano antes do início da competição. Se o prazo se repetir, só devemos ter uma definição em 2013.

Se comércio pode ser prejudicado, os cofres das cidades sofrerão um grande impacto econômico. De acordo com um estudo feito pela consultoria SportBusiness, São Paulo será a cidade com maior movimentação financeira, cerca de R$ 12 bilhões. O número representa 30% a mais do que o fluxo no Rio de Janeiro, que abrigará a final da Copa do Mundo.

A pesquisa revela ainda que Brasília é a terceira em possibilidades de lucro, chegando a R$ 4 bilhões, enquanto Curitiba, Cuiabá e Natal sofrerão um impacto de R$ 2 bilhões. Porto Alegre é a única que terá um fluxo abaixo desse valor.

Fonte: http://www.pefutebol.com/nosacrescimos/?p=3388
Reply With Quote
     
     
  #79  
Old Posted Nov 16, 2011, 3:48 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 8,336
E tem gente falando mal da COPA em Brasília, que será um gasto desnecessário. Com certeza deve ser um maluco do PSUT e PSOL que não tem o que fazer, se CUBA fosse tão boa, porque não buscam moradia lá? Igual aquele vereador do Rio de Janeiro, já viram um militante do PSOL com medo da bandidagem. Eu não sei quem é pior, os bandidos ou os militantes do PSOL e PSTU, detalhe, andam com medo do próprio povo marginalizado que tanto defendem.
Reply With Quote
     
     
  #80  
Old Posted Nov 21, 2011, 7:41 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 6,518
Programa Transporte na Copa começa a preparar profissionais


Mais de 380 mil profissionais do setor de transporte das 12 cidades-sede da Copa do Mundo de 2014 deverão receber qualificação profissional por meio do programa Transporte na Copa, lançado hoje (21), em Brasília. O objetivo é desenvolver e reforçar conceitos de direção segura, qualidade na prestação de serviços, cidadania, meio ambiente, turismo, marketing pessoal e profissional, conversão de moedas e comunicação eficaz em português, inglês e espanhol.



O programa é uma iniciativa do sistema Sest Senat (Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte), vinculado à Confederação Nacional do Transporte (CNT). Em Brasília, serão beneficiados 19 mil trabalhadores, entre taxistas, motoristas de ônibus urbano e de turismo, cobradores, agentes de bordo e de turismo e atendentes do setor de transporte em geral.



Para a presidente do Sindicato dos Taxistas de Brasília, Maria Bonfim, conhecida como Mariazinha, o programa dará uma grande contribuição para o aprimoramento profissional da categoria. “O taxista é o cartão de visitas de uma capital, já que recebe os primeiros turistas que chegam a Brasília”, destacou. “Eles também são formadores de opinião: com o conhecimento que têm, vão mostrando e divulgando tudo de bom que Brasília tem. Com isso o turista vai embora satisfeito, com uma boa imagem da cidade”, acrescentou.



Segundo Mariazinha, os cursos de inglês e espanhol são os mais importantes para os taxistas, que participaram de outros cursos de aperfeiçoamento profissional por meio de uma parceria do sindicato com o sistema Sest Senat. Ela acredita que, dos 7 mil profissionais do setor, pelo menos 70% (4.900) devem participar da capacitação oferecida pelo Transporte na Copa.



Os cursos serão realizados durante os próximos três anos. Além de Brasília, as atividades do programa estão previstas para as cidades do Rio de Janeiro, de Natal, Recife, Fortaleza, de Belo Horizonte, Cuiabá, Porto Alegre, Curitiba, São Paulo, Manaus e Salvador.



O Transporte na Copa oferece materiais didáticos aos participantes, sendo variáveis a carga horária e a modalidade – presencial ou a distância – conforme a área de formação. Todos os cursos são gratuitos e em Brasília as inscrições devem ser feitas na unidade Sest Senat em Samambaia. Outras informações podem ser obtidas no portal www.sestsenat.org.br/transportena copa.









http://www.jornaldebrasilia.com.br/s....php?id=376289
Reply With Quote
     
     
This discussion thread continues

Use the page links to the lower-right to go to the next page for additional posts
   
Reply

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Notícias do Brasil - Imprensa Nacional
Forum Jump


Thread Tools
Display Modes

Forum Jump


All times are GMT. The time now is 4:30 PM.

     

Powered by vBulletin® Version 3.8.7
Copyright ©2000 - 2014, vBulletin Solutions, Inc.