HomeDiagramsDatabaseMapsForumSkyscraper Posters
     
Welcome to the SkyscraperPage Forum.

Since 1999, SkyscraperPage.com's forum has been one of the most active skyscraper enthusiast communities on the web.  The global membership discusses development news and construction activity on projects from around the world, alongside discussions on urban design, architecture, transportation and many other topics.  SkyscraperPage.com also features unique skyscraper diagrams, a database of construction activity, and publishes popular skyscraper posters.

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Notícias do Brasil - Imprensa Nacional

Reply

 
Thread Tools Display Modes
     
     
  #341  
Old Posted Jan 19, 2012, 8:42 PM
HLbsb's Avatar
HLbsb HLbsb is offline
Registered User
 
Join Date: Sep 2011
Posts: 368
Governo americano planeja reduzir em 40% tempo de concessão de vistos

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, assinou nesta quinta-feira (19/1) ordem executiva com medidas para estimular o turismo no país. Quem sai ganhando é o turista brasileiro. De olho na classe média do Brasil, da China e Índia, o governo norte-americano prevê simplificar e reduzir em 40% o tempo de concessão de vistos para turistas dos três países, segundo informações divulgadas no site oficial da Casa Branca, sede do governo dos Estados Unidos.

Outra ideia em teste é isentar viajantes brasileiros e chineses da entrevista para concessão do visto, desde que sejam classificados como de “baixo risco” pelo Departamento de Segurança.

Com as iniciativas de estímulo ao turismo, Obama espera movimentar a economia do país, que enfrenta dificuldades. O turismo representa 2,7% do Produto Interno Bruto (PIB) e é responsável por 7,5 milhões de empregos nos Estados Unidos, conforme dados de 2010. Calcula-se a criação de 1 milhão de empregos na próxima década, se mais turistas estrangeiros escolherem os Estados Unidos como destino de viagem.

“A cada ano, 10 milhões de turistas de todo o mundo visitam a América. Quanto mais pessoas visitam a América, mais norte-americanos voltam ao mercado de trabalho”, disse Obama, no parque da Disney World, na Flórida.

Os chineses e brasileiros estão entre os turistas que mais gastam, de US$ 5 mil a US$ 6 mil por viagem. Em 2011, os consulados americanos emitiram 1 milhão de vistos na China e 800 mil no Brasil, crescimento de 34% e 42% respectivamente.

Fonte: http://www.correiobraziliense.com.br...e-vistos.shtml
Reply With Quote
     
     
  #342  
Old Posted Jan 19, 2012, 9:12 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 5,923
Agora o bicho vai pegar, com open skys e mais isso, a ANAC vai ter que precisar agilizar a liberação de vôos de Brasília para os EUA.
Reply With Quote
     
     
  #343  
Old Posted Jan 19, 2012, 11:44 PM
HLbsb's Avatar
HLbsb HLbsb is offline
Registered User
 
Join Date: Sep 2011
Posts: 368


Vi outra matéria dizendo que a estimativa do governo americano é triplicar o número de turistas brasileiros até 2018, chegando a algo próximo a 4 milhões por ano... Detalhe que todo o contingente de turistas que o Brasil recebe atualmente é de 5 milhões por ano e ainda nos julgamos um país receptor.

O déficit de turismo do Brasil está só aumentando, já que a renda sobe para os brasileiros, mas os atrativos do nosso país continuam mal divulgados, mal conservados e mal a estrutura e violência urbana continuam alarmantes!

Continuamos só no campo do potencial turistico. Há 10 anos não há incremento no número de visitantes e só não houve queda porque os sul americanos estão nos visitando mais.. Bom, como Brasília está ganhando muita força emissiva é por aí mesmo, ampliar o aeroporto e liberar dezenas de voos para EUA, Europa, Caribe, México, Oriente... Quem sabe assim o fluxo contrário ganha força e descobrem Brasília como destino turistico alternativo ao padrão praia divulgado por aí
Reply With Quote
     
     
  #344  
Old Posted Jan 20, 2012, 12:34 AM
Colossusdf Colossusdf is offline
Registered User
 
Join Date: Nov 2011
Posts: 10
Quote:
Brasil será julgado na OEA por falta de pagamento de precatórios

Caso é de servidores municipais que reclamam complemento salarial.
Para OEA, não há na lei brasileira meios para assegurar o pagamento.



Débora SantosDo G1, em Brasília


A Organização dos Estados Americanos (OEA) aceitou uma denúncia contra o governo brasileiro e vai julgar se a União viola os direitos humanos com a demora no pagamento dos precatórios, que são dívidas públicas resultantes de condenações judiciais.

A decisão foi publicada no dia 31 de outubro de 2011 e divulgada nesta quinta (19) pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), uma das entidades que contestou no Supremo a chamada PEC do Calote, que permite o parcelamento dos precatórios de estados, Distrito Federal e municípios em 15 anos.

O G1 procurou a Advocacia-Geral da União (AGU), mas não obteve resposta até a publicação desta reportagem.

saiba maisNo STF, relator critica PEC que flexibiliza pagamento de precatórios

A denúncia foi feita à OEA em 2006 por um grupo de funcionários da Prefeitura de Santo André (SP), que conseguiu na Justiça o direito ao pagamento de complementação salarial autorizada em lei.

Os funcionários públicos dizem que ainda não receberam o benefício atrasado, que, segundo eles, deveria ter sido pago até o final de 1999, por determinação da judicial.

A denúncia também ressalta que não havia na Justiça brasileira meios para executar o pagamento dos precatórios.

A Prefeitura de Santo André alegou no processo que os funcionários não poderiam ter recorrido ao órgão internacional porque ainda haveria formas de recorrer à Justiça para reverter a decisão sobre o pagamento.

Apesar das alegações do governo, a Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), órgão da OEA que analisa esse tipo de caso, considerou que não existem na legislação brasileira “recursos judiciais efetivos para assegurar o pagamento de precatórios devidos pelo estado”.

Com isso, o governo brasileiro será julgado na OEA pela acusação de violar pontos da Convenção Americana de Direitos Humanos que tratam da garantias e da proteção judiciais e do direito à propriedade privada.

Segundo a convenção, toda pessoa tem direito a ser ouvida, com as devidas garantias e dentro de um prazo razoável, por um juiz ou tribunal competente, para que se determinem seus direitos ou obrigações e tem direito também a um recurso simples e rápido, perante os juízes ou tribunais competentes, para se proteger contra atos que violem direitos fundamentais.

‘Calote’
Tramitam no Supremo Tribunal Federal (STF) quatro ações contra a Emenda Constitucional nº 62, editada em 2009, que ficou conhecida como PEC do Calote por permitir o parcelamento dos precatórios dos estados, Distrito Federal e municípios em 15 anos.

A emenda também alterou a forma de correção monetária desses títulos, permitiu formas de compensação e reservou percentuais mínimos nos orçamentos dos municípios (entre 1% e 1,5%) e dos estados (entre 1,5% e 2%) para quitar as dívidas.

Em outubro do ano passado, dias antes da decisão da OEA, o relator das ações no STF, ministro Ayres Britto, defendeu que sejam derrubados os principais pontos da emenda.

Após o voto do relator, o julgamento foi interrompido pelo pedido de vista do ministro Luiz Fux e não tem data para ser retomado. Em junho de 2011, a análise do caso pelo STF já havia sido adiada por falta de quórum.

Para Ayres Britto, o princípio da moralidade administrativa, previsto na Constituição, pressupõe o pagamento das dívidas do Estado. Segundo ele, a emenda significa que os débitos do estados devem ser pagos "quando e como" o governo quiser e revela "falta de compromisso dos governantes com o cumprimento de decisões judiciais".

"No mais das vezes, parece não faltar dinheiro para o pagamento dos precatórios. (...) O Estado reconhece que não cumpriu durante anos as dívidas que deveria pagar e edita uma lei limitando o valor em pequeno percentual de suas receitas, o que força a levar a um leilão em que o objeto a ser arrematado é o próprio direito à execução de sentença transitada em julgada", afirmou o relator.
http://g1.globo.com/politica/noticia...ecatorios.html
Reply With Quote
     
     
  #345  
Old Posted Jan 20, 2012, 1:50 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 5,640
GM recupera liderança mundial em veículos, Toyota fica em terceira


A marca Chevrolet teve recorde de vendas de 4,76 milhões de veículos


A volta da montadora de Detroit ao topo do ranking acontece depois que a reestruturação financiada por recursos públicos dos Estados Unidos permitiu à empresa reduzir custos


Detroit/Tóquio - A General Motors retomou em 2011 o título de maior montadora do mundo da rival Toyota, mas a companhia norte-americana enfrenta o desafio de ficar no topo este ano diante da recuperação da montadora japonesa após desastres

A GM, que se recuperou de uma situação de concordata menos de três anos atrás, informou na quinta-feira que vendeu 9,026 milhões de veículos no mundo no ano passado, alta de 7,6 por cento sobre 2010. A marca Chevrolet teve recorde de vendas de 4,76 milhões de veículos.

A volta da montadora de Detroit ao topo do ranking acontece depois que a reestruturação financiada por recursos públicos dos Estados Unidos permitiu à empresa reduzir custos.

Acontece também depois que as vendas da Toyota caíram 6 por cento em 2011, para 7,9 milhões de veículos, atingidas por severos cortes de produção após o terremoto e tsunami no Japão e enchentes na Tailândia.

A montadora japonesa está aumentando a produção para reconstituir estoques esvaziados e vai adicionar capacidade em mercados emergentes como Brasil e China este ano. Mas analistas afirmam que a empresa também enfrenta competição mais dura.

"O maior problema da Toyota é que, mesmo antes dos desastres naturais, as vendas não estavam crescendo", disse o analista Kohei Takahashi, do JPMorgan.

"O ranking não é tão importante, mas eles precisam de uma estratégia convincente para ampliar as vendas", afirmou, acrescentando que a Toyota está atrás de rivais como a Nissan no lançamento de carros pequenos para mercados emergentes.

Na tentativa de alcançar as rivais, a Toyota está construindo fábricas no Brasil, China, Tailândia e em outras partes, com meta de vender metade de seus veículos em mercados emergentes até 2015, ante nível de 40 por cento agora.

As vendas globais da Toyota em 2011 incluíram as subsidiárias Daihatsu e Hino Motors e colocaram a montadora atrás da Volkswagen, que vendeu 8,16 milhões de veículos no ano passado.

As vendas da Toyota também ficaram atrás dos 8,03 milhões de veículos vendidos pela Renault com a parceira Nissan, embora este número inclua 638 mil carros vendidos pela russa AvtoVAZ, na qual o grupo francês detém participação de 25 por cento. Excluindo a AvtoVAZ, a Toyota continuou na frente.

A Toyota não deu previsão de vendas para 2012 para o grupo, mas informou que espera que as vendas da controladora cresçam 20 por cento, para um recorde de 8,48 milhões de veículos. Daihatsu e Hino venderam em conjunto cerca de 850 mil unidades em 2011.













http://exame.abril.com.br/negocios/e...ota-fica-em-3o
Reply With Quote
     
     
  #346  
Old Posted Jan 20, 2012, 7:55 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 5,640
Brasil e Ucrânia ratificam lançamento de 1º satélite conjunto


Os ministros das Relações Exteriores do Brasil, Antonio Patriota, e da Ucrânia, Konstantin Grischenko, ratificaram nesta sexta-feira que mantêm previsto para 2013 o lançamento de um primeiro satélite conjunto a partir da base brasileira de Alcântara. "Os principais problemas financeiros que tinha o projeto foram solucionados e o objetivo é fazer o primeiro lançamento em 2013", declarou o ministro ucraniano em entrevista coletiva junto a Patriota, a quem visitou em Brasília.

Ambos os países acertaram há nove anos cooperar no projeto "Cyclone 4 Alcântara", que busca uma "sociedade estratégica" no setor aeroespacial e a colocação em órbita de satélites a partir de Alcântara, base muito próxima à linha do equador. A iniciativa representa investimentos de US$ 588 milhões até 2013, divididos em partes iguais, mas até pouco tempo somente o Brasil estava em dia com suas contribuições, que já alcançaram 40% do que lhe corresponde.

"A Ucrânia, que estava atrasada em seus desembolsos, colocou suas obrigações em dia no fim do ano passado, por isso que o projeto mantém os prazos traçados desde o início", disse Grischenko. O Brasil aposta forte nessa sociedade, já que aspira a entrar no exclusivo "clube" de países com a tecnologia necessária para pôr satélites em órbita, ao qual até agora somente pertencem Estados Unidos, China, França, Índia, Israel, Japão, Rússia e a própria Ucrânia.

Patriota expressou a "satisfação" do Brasil com o andamento do projeto, que "segue o curso esperado", e também o interesse do governo da presidente Dilma Rousseff em ampliar a cooperação com a Ucrânia para outras áreas, como a militar e a naval.

Nesse sentido, Grischenko disse que a Ucrânia está em condições de apoiar os planos do Brasil para dar-lhe um maior desenvolvimento a sua indústria bélica e que, especialmente, poderia fornecer o conhecimento tecnológico que adquiriu na fabricação de "tanques e outros objetos militares". "A Ucrânia foi a base do complexo militar da (extinta) União Soviética e, além disso, desenvolveu suas próprias tecnologias, também na área de defesa antiaérea", disse.









http://noticias.terra.com.br/ciencia...+conjunto.html
Reply With Quote
     
     
  #347  
Old Posted Jan 21, 2012, 3:02 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 5,640
Fox Sports comprou Bandsports, diz site; Band e Fox negam


O site "Meio&Mensagem", vinculado ao mercado publicitário, informou nesta sexta-feira que o Fox Sports, canal do Grupo Fox que estreia no próximo dia 5 no país, fechou a compra do Bandsports, do Grupo Band.

"A negociação deverá ser oficializada na coletiva de imprensa que a Fox Sports promoverá em São Paulo na próxima segunda-feira, 23", diz o "Meio&Mensagem". Ao contrário do FS, o Bandsports está disponível hoje em todas as operadoras. A Band negou o negócio, bem como a Fox.





Até ontem, o Grupo Fox enfrentava dificuldades para sua estreia, uma vez que nenhuma das grandes operadoras parece disposta a distribuir o canal nos pacotes básicos, como era a intenção do grupo do magnata australiano Rupert Murdoch.

O FS tem a exclusividade de transmissão da Libertadores e Sul-Americana na TV paga. Por ter exercido sua opção de exclusividade, o FS alijou da transmissão desses torneios os canais SporTV, causando reação da Globosat.

A previsão era que o Fox Sports estreasse no lugar do canal Speed, que é visto hoje em cerca de 3,5 milhões de pontos de assinatura. Mas, segundo o "F5" apurou, as operadoras informaram que não seriam obrigadas a trocar um sinal pelo outro simplesmente, e que poderiam cobrar uma taxa de todos os assinantes que quisessem o novo canal esportivo.

Isso significa que, no caso da compra da Bandsports pela Fox se concretizar, ainda assim não haveria garantia de o FS ser exibido a todos os assinantes do canal esportivo da Band, já que as operadoras poderiam cobrar o novo canal, assim como o fariam no caso da troca do Speed pelo FS.

Procurada, a Sky se recusa a comentar o assunto desde a semana passada, assim como a Net, que alega que "as negociações com os parceiros são sigilosas".









http://f5.folha.uol.com.br/televisao...ox-negam.shtml
Reply With Quote
     
     
  #348  
Old Posted Jan 23, 2012, 3:49 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 5,640
Brasil tem menos de 1% de domicílios na classe E





Pela primeira vez a classe E representa menos de 1% dos 49 milhões de domicílios existentes no Brasil, de acordo com reportagem publicada pelo jornal O Estado de S. Paulo deste domingo. Isso representa que o número de brasileiros em situação de pobreza extrema teve uma drástica redução nos últimos dez anos.



O periódico utiliza cálculos do estudo IPC-Maps, feito pela IPC Marketing, consultoria especializada em avaliar o potencial de consumo, para apontar que 404,9 mil ou 0,8% dos lares são hoje de classe E, a base da pirâmide social. A reportagem diz ainda que a fatia dos domicílios de classe D caiu quase pela metade no período, de 33,6% para 15,1%. Já os estratos C e B cresceram. Em 1998, 17,8% dos domicílios eram da classe B e, em 2011, representavam 30,6%.








http://not.economia.terra.com.br/not...1_TRR_80755396
Reply With Quote
     
     
  #349  
Old Posted Jan 24, 2012, 3:51 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 5,640
Brasileiros têm gasto de US$ 21 bi no exterior


A conta de viagens internacionais apresentou saldo negativo de US$ 14,5 bilhões

Os brasileiros gastaram no exterior cerca de US$21,2 bilhões no ano de 2011, maior valor desde 1947, segundo relatório sobre o Setor Externo divulgado nesta terça-feira pelo Banco Central. De acordo com o documento, a conta de viagens internacionais apresentou saldo negativo de US$ 14,5 bilhões, considerando os US$ 6,8 bilhões que foram gastos por turistas estrangeiros no Brasil.

As transações correntes do Brasil com outros países geraram déficit de US$ 52,612 bilhões em 2011, a maior cifra da série histórica apurada pelo Banco Central, iniciada em 1947.

Por outro lado, como proporção do Produto Interno Bruto (PIB) estimado pelo BC, o déficit caiu de 2,21% em 2010 para 2,12%.

Apesar disso, o resultado global do balanço de pagamemtos externos de 2011 foi superavitário em expressivos US$ 58,637 bilhões, pois o ingresso líquido de capitais cobriu com larga folga a diferença entre despesas e receitas relativas a comércio, serviços, remessas de renda e transferências unilaterais, lista que compõe a conta de transações correntes.

Só em investimentos estrangeiros diretos (IED), que são parte da conta de capitais, entraram US$ 66,660 bilhões em 2011. Mas isso não deverá se repetir em 2012, período para o qual as projeções do BC indicam IED de US$ 50 bilhões, volume inferior ao do déficit em transações correntes, projetado em US$ 65 bilhões.

Só em dezembro, o déficit corrente alcançou US$ 6,04 bilhões. Por causa do fluxo de capitais, também no mês, o balanço global, por outro lado, apresentou saldo positivo de US$ 525 milhões, já incluídos ajustes relativos a erros e omissões. Sem esses ajustes, o fluxo líquido de capitais mostrou-se positivo em US$ 111,868 bilhões no acumulado do ano, dos quais US$ 6,834 bilhões em dezembro.

Em relação a 2010, as transações correntes também geraram mais despesas líquidas para o país, pois naquele ano o rombo tinha sido de US$ 3,496 bilhões no mês e de US$ 47,323 bilhões em 12 meses.

O que mais pesou em 2011 foram as despesas com remessas de rendas, que atingiram liquidamente US$ 47,319 bilhões no ano, dos quais US$ 6,436 bilhões em dezembro. No ano anterior, o Brasil havia gasto, respectivamente, US$ 39,468 bilhões e US$ 6,232 bilhões. Aí incluídas, só as remessas de lucros e dividendos subiram de US$ 30,375 bilhões para US$ 38,166 bilhões na comparação dos acumulados de cada ano.

Os gastos líquidos da conta de serviços, que também compõem a conta de transações correntes, chegaram a US$ 37,906 bilhões em 2011, ante US$ 30,771 bilhões em 2010. Em dezembro, especificamente, atingiram US$ 3,602 bilhões, também se elevando sobre o último mês de 2010 (US$ 2,916 bilhões).

O comércio exterior impediu que o resultado das transações correntes fosse ainda mais negativo em 2011, gerando saldo de US$ 29,796 bilhões no ano e de US$ 3,815 bilhões em dezembro. Em 2010, esses valores foram respectivamente de US$ 20,147 bilhões e de US$ 5,344 bilhões.











http://www.maisbrasilia.com/mb2011/n..._exterior.html
Reply With Quote
     
     
  #350  
Old Posted Jan 24, 2012, 4:40 PM
ccv ccv is offline
Registered User
 
Join Date: Oct 2011
Posts: 142
Belo Horizonte é a metrópole do País que cresce mais rápido

24 de janeiro de 2012 • 09h54 • atualizado 10h43

Reducir Normal Aumentar Imprimir Noticia

Belo Horizonte é metróple brasileira que cresce mais rápido

Foto: Getty Images


--------------------------------------------------------------------------------
Comentar


Um estudo com as 200 maiores regiões metropolitanas do mundo apontou que Belo Horizonte é a que cresce mais rápido no Brasil, seguida por Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre. De acordo com a pesquisa do instituto americano Brooking, no entanto, as cidades do País estão em ritmo mais lento em comparação a outras capitais da América Latina. Enquanto as brasileiras figuram entre o 28º e o 50º lugar no ranking global, Santiago (Chile) aparece em 9º lugar, Buenos Aires (Argentina) ocupa a 16ª posição, e Lima (Peru) é a 25ª.



Brasília despencou na lista, caindo da 16ª posição no estudo feito entre 2007 e 2010, para a 34ª na pesquisa de 2010-2011. O mesmo aconteceu com o Rio de Janeiro, que foi de 24º para 42º. Por outro lado, Belo Horizonte deixou a capital paulista para trás, subindo do 39º lugar para o 28º, enquanto São Paulo perdeu apenas uma posição em relação ao estudo anterior, para a 37ª. Porto Alegre avançou da 60ª para a 50ª.



A chinesa Xangai lidera o ranking mundial de metrópoles em crescimento - entre as dez primeiras, quatro estão no gigante asiático. Arábia Saudita e Turquia também se destacaram, com duas (Riyadh e Jiddah) e três cidades (Izmir, Ankara e Istambul), respectivamente, no Top 10. O levantamento leva em consideração dados de população, do Produto Interno Bruto (PIB), de emprego e da renda per capita.



Crise
Na outra ponta do ranking aparecem as metrópoles europeias mais afetadas pela crise financeira. Atenas (Grécia) apresentou retrocesso tanto nos índices de emprego, como de renda, e aparece na última posição (200ª). O Mesmo acontece com Lisboa (Portugal), que ocupa o 199º lugar, depois de Dublin (Irlanda) em 198º e Sevilha (Espanha) em 197º.



Confira as melhores colocadas e as brasileiras da lista:



1 - Shanghai (China)
2 - Riyadh (Arábia Saudita)
3 - Jiddah (Arábia Saudita)
4 - Izmir (Turquia)
5 - Hangzhou (China)
6 - Ankara (Turquia)
7 - Istanbul (Turquia)
8 - Shenzhen (China)
9 - Santiago (Chile)
10 - Shenyang (China)
28 - Belo Horizonte (Brasil)
34 - Brasília (Brasil)
37 - São Paulo (Brasil)
42 - Rio de Janeiro (Brasil)
50 - Porto Alegre (Brasil)


Fonte:http://not.economia.terra.com.br/not...4_TRR_80763224
Reply With Quote
     
     
  #351  
Old Posted Jan 25, 2012, 12:34 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 5,640
E o que houve com o DF???
Reply With Quote
     
     
  #352  
Old Posted Jan 25, 2012, 12:36 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 5,640
Ligações entre celulares e fixos ficarão mais baratas


As ligações entre celulares e telefones fixos ficarão cerca de 10% mais baratas a partir de fevereiro. A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) homologou ontem à noite o ato que aplica o novo regulamento para as tarifas cobradas nessas chamadas, aprovado em novembro do ano passado. Com uma tabela progressiva para a redução das tarifas nas ligações fixo-móvel, o regulamento prevê uma redução líquida de até 45% no custo das chamadas para os usuários até 2014.

Fonte: Agencia Estado





http://www.jornaldebrasilia.com.br/s...386509&secao=N
Reply With Quote
     
     
  #353  
Old Posted Jan 25, 2012, 3:29 PM
Jota's Avatar
Jota Jota is offline
Registered User
 
Join Date: Sep 2011
Posts: 1,539
Quote:
Originally Posted by ccv View Post
Belo Horizonte é a metrópole do País que cresce mais rápido

24 de janeiro de 2012 • 09h54 • atualizado 10h43

Reducir Normal Aumentar Imprimir Noticia

Belo Horizonte é metróple brasileira que cresce mais rápido

Foto: Getty Images


--------------------------------------------------------------------------------
Comentar


Um estudo com as 200 maiores regiões metropolitanas do mundo apontou que Belo Horizonte é a que cresce mais rápido no Brasil, seguida por Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre. De acordo com a pesquisa do instituto americano Brooking, no entanto, as cidades do País estão em ritmo mais lento em comparação a outras capitais da América Latina. Enquanto as brasileiras figuram entre o 28º e o 50º lugar no ranking global, Santiago (Chile) aparece em 9º lugar, Buenos Aires (Argentina) ocupa a 16ª posição, e Lima (Peru) é a 25ª.

Brasília despencou na lista, caindo da 16ª posição no estudo feito entre 2007 e 2010, para a 34ª na pesquisa de 2010-2011. O mesmo aconteceu com o Rio de Janeiro, que foi de 24º para 42º. Por outro lado, Belo Horizonte deixou a capital paulista para trás, subindo do 39º lugar para o 28º, enquanto São Paulo perdeu apenas uma posição em relação ao estudo anterior, para a 37ª. Porto Alegre avançou da 60ª para a 50ª.

A chinesa Xangai lidera o ranking mundial de metrópoles em crescimento - entre as dez primeiras, quatro estão no gigante asiático. Arábia Saudita e Turquia também se destacaram, com duas (Riyadh e Jiddah) e três cidades (Izmir, Ankara e Istambul), respectivamente, no Top 10. O levantamento leva em consideração dados de população, do Produto Interno Bruto (PIB), de emprego e da renda per capita.

Crise
Na outra ponta do ranking aparecem as metrópoles europeias mais afetadas pela crise financeira. Atenas (Grécia) apresentou retrocesso tanto nos índices de emprego, como de renda, e aparece na última posição (200ª). O Mesmo acontece com Lisboa (Portugal), que ocupa o 199º lugar, depois de Dublin (Irlanda) em 198º e Sevilha (Espanha) em 197º.

Confira as melhores colocadas e as brasileiras da lista:

1 - Shanghai (China)
2 - Riyadh (Arábia Saudita)
3 - Jiddah (Arábia Saudita)
4 - Izmir (Turquia)
5 - Hangzhou (China)
6 - Ankara (Turquia)
7 - Istanbul (Turquia)
8 - Shenzhen (China)
9 - Santiago (Chile)
10 - Shenyang (China)
28 - Belo Horizonte (Brasil)
34 - Brasília (Brasil)
37 - São Paulo (Brasil)
42 - Rio de Janeiro (Brasil)
50 - Porto Alegre (Brasil)


Fonte:http://not.economia.terra.com.br/not...4_TRR_80763224
Que diabo de reportagem mal escrita, estudo de crescimento, mais crescimento do que? área, população, pib? E ainda diz que leva em consideração dados de população, do Produto Interno Bruto (PIB), de emprego e da renda per capita. Que diabos é isso? Qual afinal é o parametro de comparação?

Se para Brasília caiu o crescimento da população de 16ª para 34ª, excelente, agora se foi o PIB ou renda per capita é pessimo.....
Reply With Quote
     
     
  #354  
Old Posted Jan 25, 2012, 7:49 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 5,640
Aposentados com mais de 75 anos poderão ser isentos do Imposto de Renda


Aposentados com mais de 75 anos poderão ser isentos do Imposto de Renda. Projeto que prevê medida será analisado pela Câmara e visa dar melhores oportunidades de lazer, esporte, cultura e saúde aos idosos.

A medida está prevista na PEC (Proposta de Emenda à Constituição) 69/11, do deputado Vitor Paulo (PRB-RJ). Paulo entende que os mais velhos têm gastos mais elevados do que os mais jovens, sobretudo com saúde. Assim, seus desembolsos com procedimentos médicos e remédios, além de gastos com alimentação e transporte especial justificam a isenção.

Pequeno impacto para o governo
De acordo com a Agência Câmara, o deputado afirmou que a situação dos aposentados não é fácil e muitos ainda precisam complementar a renda para arcar com suas necessidades.

Não existe estimativa sobre o impacto orçamentário da medida, mas os custos possivelmente serão pequenos para o governo. “O impacto deverá ser pequeno, já que há poucas pessoas nessas condições e a renda média mensal dessa parcela da população é de R$ 866, portanto, bem abaixo da faixa de isenção do Imposto de Renda”, afirma Vitor Paulo.

A PEC será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania. Se aprovada, será analisada por uma comissão especial, antes de ser votada em dois turnos pelo Plenário.











http://economia.uol.com.br/ultimas-n...-de-renda.jhtm
Reply With Quote
     
     
  #355  
Old Posted Jan 25, 2012, 11:40 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 5,640
Prédio comercial desaba no centro do Rio e outro ameaça cair



Câmera da CETRio mostra movimentação de ambulâncias na região do desabamento


Um prédio comercial desabou na rua 13 de Maio, centro do Rio de Janeiro, por volta das 20h30 desta quarta-feira. Ele fica próximo da sede da Caixa Econômica Federal, e duas obras estariam em andamento. Os bombeiros foram ao local, e havia forte cheiro de gás. A área foi isolada e outro prédio vizinho ameaçava cair.

De acordo com o analista de sistemas Fernando Amaro, que trabalha na construção, que teria entre 10 e 15 andares que caiu, as atividades no edifício encerrariam às 21h, então ele acredita que muitas pessoas já teriam ido embora. Ele disse que trabalha no quarto andar, ouviu um barulho e viu o prédio desabar. "Foi tudo muito rápido. Vi o porteiro sair correndo gritando e daí o prédio começou a ruir. Foi muita sorte ele ter se salvado", afirmou, empoeirado.

Segundo a GloboNews, haveria feridos entre o acidente, embora o número não estivesse precisado. Por causa de vazamento de gás, as avenidas Rio Branco chegou a ficar interditada, mas foi liberada. Já a rua Evaristo da Veiga e avenidas Chile e Almirante Barroso seguiam bloqueadas.











http://noticias.terra.com.br/brasil/...io+no+Rio.html
Reply With Quote
     
     
  #356  
Old Posted Jan 26, 2012, 1:25 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 5,640
Copom estima que não haverá reajuste nos preços da gasolina e do gás este ano



O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) manteve a estimativa de que não haverá reajuste nos preços da gasolina e do botijão de gás este ano.



Também foram mantidas as projeções de reajuste das tarifas de telefonia fixa e de eletricidade, este ano, em 1,5% e 2,3%, respectivamente.



A estimativa para os preços administrados por contrato e monitorados em 2012 foi mantida em 4%. Para 2013, houve elevação para 4,6%, ante 4,5% considerados em novembro no ano passado.





http://www.jornaldebrasilia.com.br/s....php?id=386731
Reply With Quote
     
     
  #357  
Old Posted Jan 26, 2012, 1:26 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 5,640
Será??? Não creio!!!
Reply With Quote
     
     
  #358  
Old Posted Jan 26, 2012, 5:01 PM
HLbsb's Avatar
HLbsb HLbsb is offline
Registered User
 
Join Date: Sep 2011
Posts: 368
Quote:
Originally Posted by MAMUTE View Post
E o que houve com o DF???
^^

A pesquisa em que o DF caiu foi de 2011 em relação a 2010. Querendo ou não, cortes do governo federal impactam no crescimento do DF. Ainda assim, ficou a frente do crescimento de SP, RJ e POA, as outras brasileiras pequisadas, sinal de que o incremento do comércio e transportes dos últimos anos está surtindo efeito na diversificação econômica.

Gradualmente o GF e o mercado imobiliário do DF estão voltando a movimentar a economia, então é natural que o crescimento aumente. Só espero que o parque tecnológico também saia logo para diversificar ainda mais a economia.
Reply With Quote
     
     
  #359  
Old Posted Jan 26, 2012, 5:16 PM
HLbsb's Avatar
HLbsb HLbsb is offline
Registered User
 
Join Date: Sep 2011
Posts: 368
Quote:
Originally Posted by Jota Ferro View Post
Que diabo de reportagem mal escrita, estudo de crescimento, mais crescimento do que? área, população, pib? E ainda diz que leva em consideração dados de população, do Produto Interno Bruto (PIB), de emprego e da renda per capita. Que diabos é isso? Qual afinal é o parametro de comparação?

Se para Brasília caiu o crescimento da população de 16ª para 34ª, excelente, agora se foi o PIB ou renda per capita é pessimo.....
Pois é, mais uma notícia em que a única preocupação foi difundir uma informação ininteligível!

Como o IBGE já divulgou dados populacionais de 2010 e 2011 e BSB teve crescimento acima das outras, o que também me desagrada, então o parâmetro só pode ser econômico. Especulo que tenha relação com minha resposta anterior.

É importante ressaltar ainda que é um ranking de um ano, ou seja, muito mais relacionado com uma conjuntura específica do que com fatores estruturantes. Além disso, BSB continuou bem no ranking, no meu ponto de vista.

Sobre as cidades brasileiras, é natural esperar que tenham crescimento menor do que as chinesas, ao contrário do que o tom da reportagem faz pensar. Shanghai tem a população de SP, mas o PIB do RJ. Associa-se ainda o perfil que está se delineando para a economia chinesa, de fábrica do mundo, com crescimento na casa dos 8% há décadas, então é natural supor que essas cidades estão saindo lá de trás para assumir o topo, crescendo num ritmo alucinante.

O Brasil é exportador primário, mas tem um mercado grande e ainda pouco explorado.
Reply With Quote
     
     
  #360  
Old Posted Jan 27, 2012, 2:52 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 5,640
Grupo Pão de Açúcar pode comprar rede DB, diz jornal


Aquisição da maior varejista do Amazonas seria estratégico para o grupo de Abilio Diniz, que ainda não tem operações na região


Pão de Açúcar: grupo estaria interessado em comprar rede do Amazonas

O grupo Pão de Açúcar (GPA) nunca escondeu o interesse de expandir suas operações no país e por isso estaria interessado em comprar a rede DB, maior varejista do Amazonas, segundo reportagem do jornal Valor Econômico, desta sexta-feira.

Apesar de a rede negar que esteja à venda, fontes ouvidas pelo Valor afirmaram que a família que controla a DB atualmente tem interesse de se desfazer do negócio.

Recentemente, Enéas Pestana, presidente do GPA, chegou a afirmar a jornalistas que o grupo ainda tinha muito espaço para crescer no Brasil e principalmente nas regiões Norte e Nordeste do país.

A DB seria interessante para o grupo, uma vez que o GPA ainda não tem operações na região. A varejista do Amazonas possui 20 lojas em operação e disputa mercado com a rede francesa Carrefour.






http://exame.abril.com.br/negocios/e...-db-diz-jornal
Reply With Quote
     
     
This discussion thread continues

Use the page links to the lower-right to go to the next page for additional posts
 
 
Reply

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Notícias do Brasil - Imprensa Nacional
Forum Jump


Thread Tools
Display Modes

Forum Jump


All times are GMT. The time now is 5:03 PM.

     

Powered by vBulletin® Version 3.8.7
Copyright ©2000 - 2014, vBulletin Solutions, Inc.